Skip to content

Acekard2 Posts

7 motivos para começar no marketing digital

Profissionais de marketing digital estão em demanda

Cada vez mais empregos estão online e exigem pelo menos algumas habilidades básicas de computação e digital, como gerenciamento de e-mail, habilidades da Microsoft, etc. Além disso, mais pessoas estão optando por se tornar seus próprios patrões em 2021, claro que a procura de competências digitais no mercado de trabalho e no domínio do trabalho independente aumenta. A era digital chegou há muito tempo e permanecerá no futuro próximo.

1. Boas perspectivas de carreira

Como as habilidades de marketing online continuam em alta demanda, mais e mais novas tecnologias estão mudando como vivemos e trabalhamos, a economia digital está crescendo dez vezes mais rápido do que a economia offline.

As empresas conhecem o valor das redes digitais e da Internet e entendem o papel crítico que o marketing digital desempenha para alcançar públicos mais amplos, desenvolver um negócio e aumentar os lucros. Planejar e gerenciar um negócio online, executar campanhas publicitárias e gerenciar estratégias de publicidade são atividades de especialistas em marketing online que podem trabalhar em uma agência de marketing digital ou até como freelancer para alcançar próprio crescimento. Portanto, a demanda por essas habilidades continuará crescendo.

2. Melhores oportunidades de carreira para freelancers

Você mesmo pode começar um negócio online se aprender as habilidades de marketing digital. Eles permitirão que qualquer pessoa crie projetos autônomos por meio do portfólio de trabalho e dos sucessos alcançados no espaço digital. Com um certificado de marketing digital ou SEO em mãos, é possível ganhar a confiança do cliente muito rapidamente.

3. Melhor pagamento

O tempo investido no aprendizado de habilidades de marketing digital é recompensado com uma renda maior. Os empregadores estão dispostos a pagar mais por profissionais certificados e bem treinados. Dependendo da sua experiência, você obterá melhores posições em uma empresa ou desenvolverá seu próprio negócio online, o que aumentará seu salário ou suas vendas. É certamente um campo atraente que oferece a vários profissionais de marketing digital oportunidades incríveis.

4. É fácil começar uma carreira

Assim que você aprender as táticas essenciais de marketing online, criar um portfólio e estiver pronto para começar, é relativamente fácil entrar no campo do marketing e estabelecer-se em uma agência de marketing digital ou por conta própria. Basta verificar quantos empregos online estão disponíveis e você verá as possibilidades infinitas.

5. Combine habilidades técnicas e criativas

A rara combinação de criatividade e know-how técnico é essencial para o marketing digital. Você escreve manchetes cativantes para campanhas de marketing e também verifica as análises da campanha com a ajuda de ferramentas de análise? Isso lhe dá a oportunidade de reunir duas áreas que se acredita estarem muito distantes, mas que podem ser muito bem-sucedidas quando combinadas.

6. Mantenha-se atualizado com a tecnologia

Novas tecnologias com novos produtos, serviços e redes que estão constantemente surgindo são uma grande parte da indústria. Os profissionais de marketing estão atualmente sob pressão para capturar e reatribuir seus objetivos para inteligência artificial e realidade virtual e aplicá-los no marketing online.

7. Oportunidades de networking

Expandir sua carreira através das redes sociais nunca foi tão fácil. Você não está limitado a uma promoção de gerente ou a um novo emprego. Em vez disso, cabe a você fortalecer a rede profissional ao mesmo tempo em que conhece e interage com pessoas importantes em sua área profissional. Também é fácil se comunicar com especialistas e colegas com um grande portfólio em mídias sociais e plataformas de trabalho. Isso pode trazer conexões benéficas e melhorar efetivamente sua reputação. Por exemplo, no LinkedIn você pode se conectar com pessoas que podem validar seus conhecimentos e habilidades.

Convencido? Comece o seu próprio negócio digital com um site, blog e marketing online.

Leave a Comment

O que é aromaterapia e óleos essenciais

Aromaterapia significa promover a saúde e o bem-estar mental por meio da utilização de óleos essenciais. Alguns até chamam a aromaterapia de terapia temperada com óleos essenciais.

Os óleos essenciais são líquidos concentrados extraídos das plantas e de suas partes, como folhas, frutos, sementes, cascas, resinas, madeira, frutas e flores. Eles têm muitas propriedades curativas diferentes e cada um tem seu próprio aroma encantador. 

O que é especial sobre os óleos essenciais é que eles evaporam rapidamente em temperatura ambiente e suas partículas são pequenas o suficiente para penetrar efetivamente em nossas membranas celulares. Seus fortes efeitos terapêuticos também são baseados nesses fatores.

Como óleos essenciais são feitos 

Os óleos essenciais podem ser extraídos por destilação a vapor ou prensagem a frio.

Destilação a vapor: o método de preparação mais comumente usado

A destilação a vapor é usada há muito tempo como método de extração de óleos essenciais e é o processo que melhor preserva as propriedades dos extratos vegetais. 

Utilizando o método de destilação, é possível separar partes da planta em temperaturas abaixo do ponto de ebulição e, assim, preservar a estrutura básica do óleo. Além disso, os óleos essenciais são mais fáceis de separar da água no final do processo.

Processo:

1. O vapor é passado através do material vegetal em um recipiente de vidro fechado;

2. O vapor evapora os produtos químicos mais leves encontrados no material vegetal;

3. O vapor é coletado através de um tubo para um condensador que resfria o vapor de volta a um líquido formulário;

4. O processo produz dois produtos – óleo essencial e água;

5. Como a água e o óleo não se misturam, o óleo essencial pode ser facilmente separado da água.

Prensagem a frio: Método de preparação para óleos cítricos

Outro método de extração comumente usado é a prensagem a frio. É usado para extrair óleos essenciais de frutas cítricas como limão, tangerina, lima e laranja. Isso ocorre porque os óleos cítricos são danificados se o calor for usado em seu processo de extração.

Primeiro, as cascas são separadas do resto da fruta e picadas. Eles são então misturados e comprimidos para dar uma mistura aquosa pastosa que se separa após algumas horas quando deixada em repouso. O óleo essencial é então separado da porção aquosa da base.

Lembre-se de que os óleos prensados ​​a frio geralmente têm uma vida útil curta, então não os compre em grandes quantidades.

História dos óleos essenciais 

Acredita-se que os antigos egípcios usavam oleos essenciais e aromaterapia como a primeira civilização do mundo há cerca de 3.500 anos. Os óleos essenciais eram usados ​​em cosméticos, rituais religiosos e finalidades médicas, entre outras coisas. 

Os egípcios produziam a maior parte de seu óleo por destilação é um método chamado enfleurage. Isso envolvia colocar folhas e pétalas entre camadas de gordura animal, que eram então misturadas com óleos vegetais.

Os chineses e indianos também usaram diligentemente ervas aromáticas e outras plantas. Na Índia, seu uso se tornou uma parte importante da medicina ayurvédica.

Os antigos gregos aprenderam muito de seus conhecimentos médicos com os egípcios. O próprio Hipócrates usava a massagem de aromaterapia como parte de seus tratamentos.

Os romanos, por sua vez, aprenderam seus conhecimentos com os gregos. Eles reconheceram a importante ligação entre saúde e higiene e usaram a aromaterapia como parte dessa filosofia.

Com o colapso do Império Romano e o início da Idade das Trevas, os fitoterapeutas e monges monásticos das aldeias mantiveram o conhecimento da fitoterapia e da aromaterapia vivas. 

No entanto, a Igreja não encorajou tais práticas, e muitos desses curandeiros foram queimados na fogueira como bruxos. A igreja também condenou o banho como pecado, por exemplo, então ervas e outras plantas aromáticas foram usadas para mascarar odores corporais e repelir parasitas.

Durante o renascimento que se seguiu, o nível de conhecimento geral aumentou e os médicos começaram a usar tratamentos mais holísticos, como remédios à base de ervas, cada vez mais amplamente.

A aromaterapia moderna começou a surgir por volta de 1937, quando foi popularizada por um químico francês e fabricante de perfumes, Gattefossé. Ele estava convencido do potencial dos óleos essenciais enquanto queimava as mãos e os tratava com sucesso com óleo essencial de lavanda. 

Na década de 1950, durante a Segunda Guerra Mundial, os óleos essenciais foram usados ​​para tratar soldados feridos. Hoje, a aromaterapia é considerada uma arte e uma ciência. 

Nos últimos anos, tem recebido atenção crescente de pesquisadores e outros círculos científicos. Quando inalados, os óleos essenciais afetam os nervos do nariz de maneiras diferentes. 

Esses nervos estão intimamente relacionados ao centro da memória e das emoções do cérebro. Portanto, a aromaterapia pode ser usada efetivamente para evocar ou reforçar emoções e memórias positivas. Isso pode ter efeitos reconfortantes e de promoção da saúde.

Os aromaterapeutas modernos podem usar óleos essenciais na pele em uma massagem de aromaterapia quando misturados com um óleo carreador, como o óleo de amêndoa. O uso de difusor de aroma para refrescar o ar ambiente também é comum.

 

Leave a Comment

Como ser bom em Geografia

Ser bom em geografia é uma habilidade útil e desejável, além de fascinante por si só. Veja como mergulhar nas informações geográficas para se tornar um mestre em geografia.

Continue lendo para aprender a ser bom em Geografia e ter sucesso quando for estudar para concurso militar.

Leia jornais e revistas de notícia

Ao ler um ou dois artigos por semana, você aprenderá sobre culturas e acompanhará as novidades. Isso o ajudará a lembrar a localização geral dos lugares. 

Se um país está tendo problemas com enchentes, por exemplo, provavelmente está localizado em uma costa.

Use mapas 

Arranja um bom atlas. Algumas das maiores redes de livrarias oferecem atlas de qualidade a preços razoáveis. Se você deseja memorizar os países ou apenas se familiarizar com as principais montanhas, os mapas são um bom lugar para começar.

Poste um mapa mundi em sua parede e consulte sempre que necessário

Se sua mãe lhe disser que você tem um primo em Mumbai, vá até o mapa e veja onde fica. 

Se acabou de acontecer um terremoto de 6,5 no Havaí, verifique o mapa para encontrar a localização do epicentro. Localizar lugares dessa maneira os ajudará a ficar gravados em sua mente.

Teste a si mesmo ou peça para um amigo 

Para tornar mais complicado, teste os valores populacionais das capitais de cada estado.

Jogue jogos

Suponha que você diga “Brasilia”. “Brasília” termina com a letra “A”, então seu amigo diz o nome de um lugar que começa com “A”. Diga “Amapa”. Então você diz o nome de algum lugar que começa com “M”. Diga “Mato Grosso” e assim por diante … Assim você pode se divertir e ao mesmo tempo aprender com os outros também!

Faça e coma alimentos de outros lugares

Experimente a cozinha estrangeira pois ajuda a estudar geografia. 

Viajar

Até mesmo viajar localmente pode ajudar a expandir sua compreensão de como a geografia moldou o mundo. Por exemplo, se você visitar uma cidade histórica próxima, poderá aprender em um museu ou centro de visitantes quais características geográficas atraíram os líderes da cidade a construir ali.

Quando você estiver viajando para outros lugares, você pode aprender sobre agricultura e quais tipos de safras e frutas são cultivadas na estação.

Outras dicas

  • Estude gabaritos e faça perguntas.
  • Uma maneira divertida de aprender geografia é descascar o adesivo da fruta que você compra no supermercado e colocá-lo no país correspondente.
  • Outra ferramenta útil pode ser encontrar alguém (um membro da família ou amigo) que tenha um interesse semelhante e conversar sobre isso. Por exemplo, quantas cidades do Brasil ele já visitou, o que mais gostou, qual é o primeiro lugar que gostaria de ir, etc.
  • Mantenha uma ficha contendo uma lista de 5 países, com nomes de suas capitais e idiomas. Revise-o de vez em quando durante a semana. Em seguida, pegue outro cartão (que deve conter os nomes de 5 outros países). Eventualmente, você perceberá que sabe muito mais do que sabia originalmente.

Conclusão

Com essas dicas, estudar Geografia se tornará um prazer e quando você menos esperar já vai saber tudo sobre o tema. 

Gostou das dicas? Tem novas sugestões de temas ou ficou com alguma dúvida? Deixe abaixo nos comentários pois sempre respondemos.

Leave a Comment

Como se tornar um redator

Quer pretenda trabalhar para uma empresa específica ou tornar-se freelancer, existem muitas formas de se tornar um excelente redator. Crie um portfólio forte que mostre suas habilidades de redação e esteja aberto a qualquer trabalho que surgir em seu caminho.

Continue lendo para aprender como se tornar um redator e ter um ótimo resultado no trabalho e na redação do Enem.

Leia livros de direitos autorais completamente

Existem inúmeros livros para escolher quando se trata do tópico de direitos autorais. Procure livros escritos por redatores profissionais ou livros que tenham excelentes críticas e contenham o material que você gostaria de aprender. 


Considere investir em um curso de redação

Existem toneladas de cursos de redação online que você pode fazer no conforto da sua casa, e muitos deles são gratuitos. 

Se você preferir aprender redação em uma sala de aula real ou em espaços comunitários, pergunte às bibliotecas, faculdades ou centros comunitários locais se eles têm cursos de redação que você poderia fazer gratuitos ou até mesmo pagos que sejam mais em conta. 


Visite blogs que falam sobre as experiências das pessoas com direitos autorais

Muitos redatores de redação de sucesso criam seus próprios blogs, postando artigos sobre dicas e truques de direitos autorais, como ganhar clientes ou depoimentos, bem como muitos outros tópicos. 

Procure blogs sobre direitos autorais online para ouvir conselhos mais personalizados de especialistas.

Veja exemplos de direitos autorais onde quer que você vá.

Existe diversos exemplos de direitos que  estão ao seu redor – no supermercado, em outdoors, em seus e-mails e em comerciais. Procure prestar mais atenção a quaisquer anúncios que você vê ao longo do dia, pensando se eles fazem você querer comprar o produto ou não e por quê.

Por exemplo, leia um e-mail de uma loja que vende roupas, joias, arte ou outro tipo de produto. Observe as táticas que eles usam para tentar chamar a atenção do leitor.

Olhe um anúncio que você recebeu pelo correio para analisar o que o faz se destacar como uma cópia boa ou ruim.

Se há algo que você viu recentemente em um anúncio e está animado para comprar, pense no motivo pelo qual você está animado para comprar e se isso tem algo a ver com os direitos autorais.

Aprenda sobre os campos relacionados a direitos autorais para ideias de trabalho

Um ótimo redator não é apenas bom em gramática e ortografia, ele precisa de conhecimento das outras áreas em que o redator é predominante. Tente aprender dicas sobre vendas e marketing, narração de histórias e psicologia do consumidor lendo livros e artigos online sobre cada tópico.

Embora você não precise ser um especialista nesses assuntos, ter um conhecimento geral sobre eles o ajudará como redator.

Por exemplo, se você deseja escrever anúncios, saber um pouco sobre marketing e como chamar a atenção do consumidor ajudará na sua escrita.

Considere fazer um curso online ou presencial gratuito sobre um dos tópicos também.

Responda às perguntas importantes em sua escrita

Quando você está escrevendo uma cópia, seu cliente ou chefe provavelmente deseja que as informações importantes sejam respondidas.

Tente transformar cópias existentes em algo melhor

 Esta é uma maneira divertida de testar sua criatividade e habilidades de redação. Encontre um exemplo de direitos autorais escrito por outra pessoa, lendo-o várias vezes antes de tentar reescrevê-lo para torná-lo melhor. Concentre-se em chamar a atenção do leitor enquanto mantém a redação condensada.

Por exemplo, compre uma sacola de batatas fritas e leia a cópia no verso da sacola. Agora tente reescrever a cópia, usando os fatos importantes enquanto faz a sua própria escrita.

Aprimore a cópia que você encontra em sua caixa de entrada de e-mail, tentando condensá-la em algumas frases que chamam a atenção.

Incentive as pessoas a agirem em sua escrita

 Redação tem tudo a ver com persuadir alguém a fazer algo, como comprar o produto ou conhecer sobre o qual você está escrevendo. Tente resumir os detalhes importantes do assunto de sua escrita de uma forma interessante e informativa, tornando sua cópia um apelo à ação.

Mantenha-o curto e direto ao ponto

Poucas pessoas querem ler longos artigos sobre algo que ainda não têm certeza de que se importam, como um e-mail de uma empresa de calçados ou um blog incentivando as pessoas a se voluntariaram. Mantenha sua escrita curta e doce, dando ao público os detalhes necessários de uma forma condensada.

Existem exemplos de cópias concisas e bem escritas ao seu redor, como em revistas, em outdoors e em inscrições de e-mail.

Pratique escrever cópias de todos os comprimentos diferentes, como um parágrafo curto, algumas frases ou mesmo apenas algumas palavras.

Dicas extras 

Obtenha dicas de profissionais fazendo um curso de redação ou lendo livros e blogs escritos por profissionais.

Adquira o hábito de notar textos que você encontra ao longo do dia e preste atenção no que os torna bons ou ruins.

Aprimore suas habilidades gastando de 10 a 30 minutos por dia escrevendo ou editando textos e manchetes.

A melhor cópia é curta e rápida – e não se esqueça de incluir uma frase de chamariz!

Conclusão

Com essas dicas tenho certeza que você irá conseguir se tornar um ótimo redator e ter muito sucesso nesse trabalho.

Se gostou ou tem novas sugestões de temas deixe abaixo nos comentários.

Leave a Comment

15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira

Quais são as profissões que lidam com madeira?

Há bastante dúvida em relação às profissões que utilizam a madeira como instrumento essencial para o trabalho. No entanto, este conteúdo contém informações muito interessantes sobre essas áreas. Então, fique ligado!

 

Engenharia Florestal

Sendo a primeira do quadro de profissões que lidam com madeira, a Engenharia Florestal é um segmento da engenharia. Nesse segmento, é abordado muitas questões em relação à florestas, indo desde o entendimento sobre ecologia, passando pela conservação de recursos, como água, solo, até o uso destes.

Antes de entrar, de fato, na especialização para ser engenheiro florestal, a pessoa fará um ciclo básico que vai conter disciplinas básicas, porém, se diferenciando de outros tipos de Engenharia, a Engenharia Florestal apresenta a biologia como uma de suas matérias.

O Engenheiro Florestal pode atuar na área de gestão ambiental, silvicultura, tecnologia de produtos florestais, entre outras áreas. Esse tipo de engenheiro influencia bastante a sociedade, principalmente em produtos de origem florestal.

A Carpintaria

A carpintaria é uma técnica que utiliza madeira maciça, estado natural. Em construções civis e navais, o uso de madeiras em estado natural é muito recorrente. 

Por isso, a carpintaria é uma área difícil, pois os carpinteiros precisam ter conhecimentos geométricos e bastantes técnicas. Além disso, precisam saber sobre os tipos de materiais específicos para cada tipo de madeira.

A Marcenaria

Sendo derivado da carpintaria, o marceneiro trabalha com fabricação, reparação e conservação de móveis. Além disso, ele pode trabalhar na área de decorações de objetos a base de madeira.  

Devido a isso, a área de marcenaria é atribuída mais para o lado artesanal e delicado, quando comparado a carpintaria. Como dito anteriormente, a marcenaria se derivou da carpintaria. O que resultou em novas adaptações de técnicas para a melhoria do tratamento e desenvolvimento do trabalho. 

Conheça as 15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira

1. Graminho

O Graminho só pode ser usado em função de produções de linhas paralelas as extremidades e bordas das peças. O que o torna uma das ferramentas mais precisas para marcar a superfície da madeira.

2. Esquadro

O esquadro tem o formato igual ao da letra “L”, sua função é medir e averiguar os aspectos verticais dos objetos. Para conferir ângulos, sua utilização é essencial.

3. Trena e régua

A trena e a régua não poderiam ficar de fora dessa lista. Com a trena é possível conferir e comparar medidas de áreas e peças, o que possibilita, também, a verificação e medição de distâncias. 

Basicamente, ela é uma fita métrica, enquanto a régua é um outro instrumento de medição, muito utilizado na escola. Além disso, traçar traços com a régua é bem simples e prático.

4. Riscadores

Os riscadores realizam marcações na madeira, sem ser necessária a utilização de canetas ou lápis para isso, o que deixará a madeira limpa e livre de tinta.

5. Plaina

Na hora de dar um bom acabamento à madeira, utilizar a plaina é essencial. Pois, ela retira rebarbas e realiza desbastes, dando um melhor alinhamento a madeira.

6. Formões

A função do formão é recortar e aparar pedaços de madeiras. Além disso, suas lâminas podem variar de tamanho e formato, tudo isso dependerá da extensão do corte a ser feito.

7. Grampos

Esta ferramenta pode prensar, firmar ou proteger objetos. Tal ação, vai impedir o movimento ou a separação das peças durante o trabalho.

8. Serras

A serra é um equipamento essencial para quem trabalha com madeira, ela possui diversos tipos.

A serra bancada, por exemplo, tem como objetivo o corte de materiais resistentes, como madeiras maciças e estratificadas.

Já, a serra circular é muito versátil, pois apresenta 4 versões, sendo indicada para diversos tipos de cortes, dependendo, somente, da lâmina que será usada.

A serra tico-tico é indicada para ser utilizada em cortes de madeira, metais, azulejos e plásticos. Essas serras são pequenas, porém isso abre a possibilidade de alcance de diversos detalhes durante o seu uso.

Compondo a lista de tipos de serras, a serra mármore é destinada a cortes de mármore, pisos, pedras, azulejos, entre outros materiais.

9. Lixadeira

Assim como a Plaina, a lixadeira é uma ótima ferramenta para a finalização do trabalho. Sua função é suavizar a madeira, em especial, suas bordas. O seu uso, também, pode proporcionar uma aparência mais “jovem” ao objeto que está em processo de restauração.

10. Furadeira

A furadeira é uma ferramenta extremamente precisa e faz o seu trabalho de forma excelente. Com certeza, tê-la como equipamento será essencial para um bom trabalho.

11. Malho

Sendo ótima para quebrar objetos, o malho é um martelo produzido com cabeça em ferro fundido, preso, normalmente, em um cabo de madeira.  

12. tupia

 Utilizando a Tupia, cortes arredondados e retos, entre outros detalhes, vão poder ser realizados de forma prática e precisa.

13. Nível

O nível é um instrumento utilizado para avaliar e ajustar o nivelamento das madeiras. Sendo uma ferramenta indispensável para qualquer marceneiro

14. Martelo

Podendo ter diversos tipos de tamanhos e formatos, o martelo é uma ferramenta utilizada para golpear objetos.

15. Parafusadeiras

Por último, porém tão importante quanto todas as outras ferramentas apresentadas. A parafusadeira tem a capacidade de fixar, apertar e desenroscar parafusos. Sendo, também, um equipamento essencial para quem trabalha com madeira. 

Neste artigo mostramos 15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira, se ficou com dúvidas,comente abaixo, responderemos em breve.

Leave a Comment

Unha encravada: o que é e como cuidar

Uma unha encravada ocorre com mais frequência no dedão do pé, é dolorosa e pode inflamar. Abaixo, você aprenderá mais sobre os sintomas, as causas e os possíveis tratamentos para uma unha encravada.

O que é uma unha encravada?

A pressão da unha encravada no tecido circundante geralmente resulta em uma inflamação dolorosa. As bactérias podem entrar no tecido irritado com mais facilidade e piorar a inflamação. O chamado tecido de granulação ou também denominado carne selvagem começa a proliferar durante o processo de cicatrização.

Por causa da dor incômoda, as pessoas afetadas costumam cortar as unhas dos pés ainda mais curtas. Se o sapato pressionar, mesmo que ligeiramente, pressionar a ponta da unha no tecido pode resultar em uma nova unha encravada. Isso cria um círculo vicioso do qual as pessoas afetadas não podem sair sem ajuda médica ou de outro especialista.

Quais são os sintomas?

Uma unha encravada é realmente muito fácil de detectar. Os seguintes sintomas podem ser observados:

  • Inflamação
  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Dores
  • Sangrando
  • Feridas purulentas ou purulentas
  • Odor desagradável das bactérias
  • Carne selvagem sobre a unha

Como é formada uma unha encravada?

A causa mais comum de uma unha encravada é que a borda lateral da unha é empurrada para o tecido e a unha continua a crescer. Isso fere a pele, o que leva à inflamação. Mas o que faz com que a unha seja pressionada contra o tecido? Isso pode ter as seguintes causas:

  • Sapatos que são muito apertados
  • Unhas cortadas incorretamente – curtas ou arredondadas nos cantos
  • Pés suados
  • Obesidade
  • Diabetes
  • Fraqueza crônica nas pernas
  • Insuficiência cardíaca
  • Fraqueza renal
  • Medicamentos usados ​​para tratar o câncer

Como é o tratamento de unha encravada

No tratamento conservador da unha encravada, a primeira coisa a fazer é remover o tecido da unha. Ao empurrar uma tira de gesso acolchoada entre a pele e a unha, mais ar entra no meio e o paciente sente imediatamente o alívio da dor.

Como a unha encravada geralmente causa inflamação, o tratamento com iodo é recomendado. Para que a pomada antiinflamatória também funcione, pedilúvios são aconselhados com antecedência.

O amolecimento do tecido facilita o tratamento com pomada e gesso.Se a unha for muito arredondada nas laterais, também pode ser tratada com uma cinta de correção de unha. Este consiste em plástico ou fio de aço e é preso às bordas do prego e fixado no meio. 

A pessoa afetada deve usar o aparelho de correção da unha por 6 a 12 meses para puxar a unha encravada para fora do leito ungueal. Portanto, esse processo é muito tedioso porque a unha praticamente ganha uma nova forma.

Cirurgia, em casos mais graves, no entanto, as medidas conservadoras são insuficientes para tratar a unha encravada. Em seguida, os cantos encravados da unha e o tecido de granulação devem ser removidos cirurgicamente sob anestesia local.

Após a operação, um pequeno curativo ou gesso é aplicado na ferida, que deve ser verificado regularmente pelo médico. Caso contrário, a unha pode crescer novamente. 

Se isso acontecer, é aconselhável a redução do leito ungueal por meio de novo procedimento cirúrgico. O médico remove a unha afetada e a parede lateral da unha em forma de cunha, o que torna a unha mais estreita e evita que ela cresça novamente. A pessoa afetada deve usar um adesivo por um tempo e trocá-lo regularmente.

Para unhas encravadas, o tratamento precoce desempenha um papel particularmente importante. Os métodos conservadores são promissores, mesmo que as pessoas afetadas tenham que ser pacientes. Mas mesmo nos casos piores e após uma operação, os sintomas desaparecem rapidamente.

O que posso fazer preventivamente e para obter alívio?

Pode ajudar a aparar as unhas retas, não ovais. Pessoas mais velhas são frequentemente afetadas por unhas encravadas porque não podem mais cuidar adequadamente de seus pés e unhas devido à dificuldade de mobilidade. 

Nesses casos, faz sentido procurar atendimento médico para os pés. Além disso, sapatos masculinos muito apertados e pequenos devem ser evitados. Em vez disso, é aconselhável escolher sapatos respiráveis ​​no tamanho certo.

Se uma unha encravada se desenvolver , um banho de pés para limpar a área dolorida pode ajudar. Simplesmente molhe os pés por 10 a 20 minutos e empurre a pele para longe da ponta da unha encravada. Não se esqueça de secar bem os pés após o banho. Em seguida, trate a ferida com pomadas, óleos, géis ou tinturas antissépticos e anti-inflamatórios.

Leave a Comment

Como escolher um Coworking em Ribeirão Preto para sua startup de tecnologia

É um desafio encontrar um espaço de escritório com preços razoáveis. Obviamente, isso não é uma vantagem para startups de tecnologia com orçamentos apertados.

No entanto, os benefícios de construir sua empresa em Ribeirão Preto superam os custos. Portanto, não deixe que o alto nível de imóveis comerciais o afaste. Com mais de 30 instalações de coworking na cidade, é fácil encontrar um espaço de escritório acessível – se você estiver disposto a compartilhar.

Algumas pessoas, que não estão familiarizadas com o coworking, presumem que o ambiente pode produzir distrações indesejáveis. Embora isso possa ser verdade em alguns casos, cercar-se de pessoas com ideias semelhantes provavelmente levará a inovações, mentores e conexões benéficas.

Embora muitos fatores, sem dúvida, influenciem sua decisão final, aqui estão sete que ajudarão a orientá-lo na escolha da melhor opção de co-working para as necessidades de sua startup.

Como escolher um Coworking em Ribeirão Preto para sua startup de tecnologia

1. Avalie as necessidades de espaço + orçamento

Quantas pessoas estão em sua equipe agora?

Se for só você, ou duas ou três outras pessoas, você pode se dar bem com uma associação de assentos geral ou mesas dedicadas nas proximidades. Considerando o número de equipes de trabalho remoto na existência hoje, sentado à direita ao lado do outro pode não ser necessário. Por outro lado, se sua startup já tem vários membros da equipe a bordo, você pode querer investir em um espaço de escritório privado.

Para empresas que estão começando, é importante garantir uma opção flexível de associação. Verifique com o seu Coworking Ribeirão Preto preferido para ter certeza de que pode adicionar ou subtrair o espaço da mesa conforme necessário, mês a mês. A maioria dos espaços de coworking incluem hot desks (ou surf desks), mesas dedicadas e opções de escritórios particulares, permitindo que as equipes se misturem, combinem e se movimentem conforme necessário.

Os preços podem variar, mas geralmente você pode esperar pagar o seguinte:

  • Assentos livres de assinaturas entre R$ 300 e R$ 600 por mês
  • Associações de desktops pessoais entre R600- R1.000 por mês
  • As associações de escritórios privados geralmente custam R$ 2.000 ou mais

2. Determine a sua localização ideal

A localização é complicada – especialmente em uma cidade tão diversa como Ribeirão Preto. Com tantos bairros excelentes, escolher um local de trabalho é um desafio.

A média de deslocamento diário em Ribeirão Preto? Cerca de 25 minutos. Qualquer coisa a mais e você estará diante de um sério problema de qualidade de vida. Conclusão: Seja dirigindo você mesmo, viajando com um amigo ou usando transporte público, experimente o trajeto antes de se comprometer com qualquer coisa por mais de um mês.

3. Busque compatibilidade cultural

Enquanto você está construindo sua startup, é importante considerar a cultura desejada desde o início:

  • Pelo que você quer ser conhecido?
  • Como os membros da equipe se comunicarão?
  • Como as pessoas se sentirão trabalhando para sua empresa?

A cultura da empresa é essencialmente cultivar uma equipe de pessoas que compartilham valores semelhantes e se divertem trabalhando juntas. Trata-se de contratar os funcionários certos e tomar a iniciativa de conectar todos além das tarefas rotineiras.

Você pode fazer a mesma coisa em uma escala menor, escolhendo uma comunidade de coworking com uma cultura que deseja emular.

Além das diferenças físicas óbvias – esquemas de cores, estilos de móveis e plantas baixas – há uma diferença palpável de sentimento entre os espaços de coworking. Muito disso se resume à personalidade, atenção e disponibilidade dos membros da equipe e colegas de trabalho.

4. Ambiente Físico

Se você está vindo de um ambiente de trabalho tradicional e não está acostumado a um espaço colaborativo, o coworking pode parecer estranho. Onde estão as paredes? Não vou ouvir meus vizinhos?

Nos últimos anos, muito foi escrito sobre os prós e os contras dos espaços de trabalho abertos. Do nosso ponto de vista, não se trata tanto de trabalhar em um espaço aberto, mas de cultivar um ambiente de profissionais atenciosos.

Os melhores espaços de coworking levam em conta as diferentes necessidades do projeto, com recantos de privacidade, espaços de descanso, cabines telefônicas e salas de reunião reserváveis. Idealmente, seu Coworking em Ribeirão Preto não deve ter falta de opções de local de trabalho. Na verdade, estudos mostram que a flexibilidade do local de trabalho resulta em funcionários mais felizes e produtivos.

Mais qualidades para priorizar

Boa iluminação: a qualidade da luz desempenha um papel importante em um ambiente de trabalho. Escolha um espaço com iluminação que o faça se sentir confortável e produtivo.

Qualidade do ar: O espaço de trabalho parece abafado? Respire profundamente, limpe sua mente. O local de coworking de sua escolha deve trocar os filtros de ar regularmente e, possivelmente, fornecer instalações de purificação de ar.

Conforto: As cadeiras são ergonomicamente agradáveis? Eles podem ser ajustados para acomodar seu quadro? A colocação dos monitores e do teclado deve garantir que os pulsos, pescoços e ombros fiquem confortáveis ​​durante todo o dia.

Impressionante: esse espaço impressionará investidores, clientes e funcionários em potencial? Procure recursos modernos que pareçam um lounge mais sofisticado do que corporativo desbotado.

5. Avalie as comodidades

As comodidades são um ótimo bônus para o coworking. Os melhores ambientes de coworking têm um objetivo: criar um espaço de trabalho que o ajude a atingir seus objetivos. Para fazer isso, eles podem fornecer serviços úteis, cafés ou até aulas de ioga. As comodidades variam de acordo com o preço do espaço, o tamanho e o nicho.

Alguns dos itens normalmente oferecidos:

  • Internet sem fio ultrarrápida
  • Espaço Reservável para Eventos
  • Acesso ao escritório 24 horas por dia, 7 dias por semana
  • Serviços de Recepção
  • Distribuição de Correio
  • Cozinhas completas
  • Impressão ilimitada

Existem comodidades para que você possa evitar lidar com detalhes demorados. Portanto, você deve se perguntar: “O que realmente me ajudaria a ser mais produtivo?”

Se você é alguém que realiza muitas reuniões, isso pode significar sempre ter uma sala de conferências pronta para funcionar. Se você é um adepto da noite, isso pode significar priorizar planos de associação com acesso ilimitado.

6. Oportunidades de aprendizagem + networking

Por fim, priorize os espaços de coworking que atendam às suas metas de networking e comunidade. Se você deseja aprender mais por meio de eventos regulares, interagir com outros colegas de trabalho ou participar de cursos e palestras, observe os acontecimentos da comunidade em seus espaços de perspectiva.

As startups de tecnologia podem se beneficiar de espaços de coworking que têm:

1. Cursos e palestras educacionais

2. Uma rede e comunidade de VC robustas

3. Mentores e ex-alunos proeminentes

4. Redes regulares e eventos sociais

Encontre o que funciona para você

O que funciona para uma inicialização pode não funcionar para outra.

Se você deseja escalar rapidamente, escolha um Coworking em Ribeirão Preto que entenda suas necessidades exclusivas como empresa de tecnologia. Encontre um espaço que ofereça uma comunidade rica, opções de trabalho flexíveis e comodidades adequadas às necessidades da sua empresa.

Esperamos que este artigo tenha dado a você uma ideia melhor do que esperar ao avaliar os espaços de coworking em Ribeirão Preto.

Mais em: https://beeworkrp.com.br/escritorio-virtual/

Leave a Comment

Difusor ultrassônico de aroma: vantagens e desvantagens

Com difusores ultrassônicos de aroma, as oscilações elétricas são convertidas em vibrações mecânicas. Estes então quebram o óleo em micropartículas. Há um recipiente no dispositivo, que é enchido com água e algumas gotas do óleo desejado antes da operação.

Normalmente, um disco é feito para girar dentro do tanque de água. Isso quebra o óleo e cria uma névoa que é liberada para o exterior. As substâncias aromáticas podem então ser distribuídas na sala por meio desse fluxo de ar.

Como a maioria dos difusores de fragrâncias disponíveis hoje em dia usa essa tecnologia ultrassônica, você pode escolher entre uma ampla variedade de designs, materiais e designs.

A maioria dos nebulizadores ultrassônicos, por exemplo, ilumina sua sala com luzes LED coloridas, se desejar. Os dispositivos estão disponíveis em várias faixas de preço, mas principalmente mais baratos do que os difusores sem água.

Como os óleos são diluídos em água, os aromas não se distribuem de forma concentrada, mas sim dentro de uma névoa úmida no ambiente. Isso às vezes é visto como uma desvantagem para os efeitos terapêuticos dos óleos essenciais.

No entanto, o uso da água oferece uma função adicional. Você também pode usar o nebulizador ultrassônico de fragrância como umidificador. Esta função é particularmente útil na estação fria e em ambientes aquecidos. Você pode usá-lo para prevenir secura das membranas mucosas ou olhos secos.

A diluição tem a vantagem adicional de que você só precisa de algumas gotas de óleo por vez e, portanto, pode usá-lo por mais tempo. Isso ajudará você a economizar dinheiro a longo prazo.

Como funciona um difusor de aroma sem água e quais são suas vantagens e desvantagens?

Os difusores de aroma sem água, ainda não tão difundidos na área alemã, caracterizam-se por espalharem os óleos essenciais de forma rápida e eficaz na forma pura e não diluída. Isso lhes dá um efeito mais intenso, razão pela qual muitas vezes são preferidos para uso terapêutico.

Frequentemente, esses são os chamados difusores de nebulização. Funcionam de maneira semelhante aos atomizadores de perfume. Você usa uma bomba para dividir o óleo em micropartículas usando ar comprimido e soprá-lo no ar como um spray fino ou névoa.

Com esta tecnologia de spray frio, é possível distribuir rapidamente as essências do óleo essencial de uma forma altamente concentrada na sala. Alguns fabricantes também usam bicos nano especiais.

Vantagens

  • Operação fácil sem água
  • Alta concentração de óleo
  • Principalmente mais barato
  • Disponível em muitas variantes
  • Também atua como umidificador
  • Ajuda a economizar óleo

Desvantagens

  • Um pouco caro
  • Menos modelos disponíveis
  • Maior consumo de óleo
  • Água é necessária
  • Diluição dos óleos essenciais

Em difusores sem água, o óleo geralmente está em pequenos frascos que são simplesmente rosqueados no dispositivo antes da operação. Com alguns modelos, os óleos mais espessos podem causar entupimentos incômodos, outros só podem ser usados ​​com óleos essenciais 100% e não com outros óleos de fragrâncias.

Visto que nenhuma água é usada, você não pode usar os dispositivos para aumentar a umidade. No entanto, dependendo das suas necessidades, isso também pode ser uma vantagem.

Você pode usar esses fatores para comparar e classificar os difusores de aroma

A seguir, gostaríamos de mostrar quais fatores você pode usar para comparar e avaliar os purificadores de ar . Isso tornará mais fácil decidir se um determinado dispositivo é adequado para você ou não.

Em resumo, são:

  • altura e peso
  • Consumo de energia e volume
  • Capacidade
  • Funções adicionais
  • LEDs de design / controláveis

Nos parágrafos a seguir, você pode ler sobre quais são os critérios de compra individuais e como classificá-los.

Altura e peso

Os difusores de aroma são geralmente dispositivos muito pequenos que podem ser colocados idealmente em cômodas e secretárias. Devido ao seu pequeno tamanho, podem ser facilmente movidos e, portanto, podem desenvolver o seu efeito em toda a casa. Eles também combinam bem com qualquer decoração e são tudo menos desajeitados.

O tamanho pequeno é obviamente acompanhado por um peso reduzido, apenas a água com que são enchidos desempenha aqui um papel importante, de modo que não devem ser posicionados em superfícies instáveis.

Consumo de energia e volume

Os difusores de aroma convencionais funcionam com uma potência de aproximadamente 10-15 watts. Como a água que contém evapora lenta e suavemente, não é necessária muita eletricidade.

Mesmo se você tiver seu dispositivo em operação o dia todo, os custos de eletricidade são muito baixos e insignificantes. Como já mencionado, os difusores de aroma atuam com muito cuidado para não danificar as fragrâncias e óleos que se espalham.

Capacidade

Se você não fica em casa o tempo todo e não pode reabastecer o dispositivo, a capacidade pode ser decisiva para você. Quanto mais água caber, mais tempo o dispositivo pode funcionar de uma só vez.

No entanto, você também deve prestar atenção à rapidez com que o respectivo dispositivo vaporiza seu conteúdo. Se você mora sozinho e/ou trabalha, deve procurar um difusor de aromas que possa conter várias centenas de mililitros de água para funcionar enquanto você estiver fora.

  • 150 ml até 3 horas de 5-8 gotas
  • 300ml até 6 horas de 10-15 gotas
  • 400 ml até 10 horas de 10-15 gotas
  • 500 ml até 12 horas de 20-25 gotas

A capacidade não só determina o tempo de funcionamento, mas também o tamanho da sala para a qual o difusor é adequado. Você também deve observar que quanto mais capacidade seu difusor tiver, mais óleo de aroma você deve usar.

Funções adicionais

Além da difusão de fragrâncias, os difusores de aromas do nosso lado são sempre umidificadores de ar. Como já foi explicado com os purificadores de ar, eles garantem que a umidade em sua casa seja aumentada.

Você pode achar isso particularmente interessante se você ou seus colegas de quarto tiverem problemas como pele seca, coceira ou dor de garganta. Além disso, alguns dispositivos oferecem a função de um ionizador de ar e, assim, aumentam o bem-estar geral na sala. Aqui, também, você pode ler nosso guia de purificadores de ar novamente para saber mais sobre ele.

LEDs de design/controláveis

Os fabricantes de difusores de aroma estão definitivamente em uma competição de design bacana. Em contraste com os purificadores de ar, é dada atenção a uma aparência atraente para cada dispositivo.

Formas curvas, ótica de madeira, não há limites para a imaginação. Em qualquer caso, poderá desfrutar de um design moderno, que chamará a atenção da sua casa. Além disso, LEDs coloridos são integrados em todos os dispositivos que examinamos, com os quais você pode criar confortavelmente o clima certo em sua casa. Aliás, os difusores também podem ser usados ​​como luz noturna.

Fatos difusores de aroma

Como os óleos essenciais têm um efeito positivo na saúde?

Vários estudos internacionais confirmaram os efeitos positivos dos óleos essenciais em diferentes áreas da saúde pessoal. Diz-se que óleos específicos têm efeitos precisos.

Como os óleos essenciais são totalmente naturais e feitos de plantas, os efeitos negativos quase podem ser descartados, mas uma alergia sempre pode existir. Antes de usar esses óleos, você deve descobrir exatamente quais são seus efeitos e como eles podem beneficiá-lo.

Leave a Comment

Como estudar para concurso

Passar em um concurso público é, nos dias de hoje, a meta de muita gente que deseja. Isso porque essa modalidade de trabalho pode proporcionar para quem é concursado uma melhor condição de vida, um salário fixo e boas condições de trabalho. No entanto, estudar para concurso é uma tarefa muito difícil e que fica ainda mais complicada devido a falta de preparo que muita gente apresenta no início da jornada.

Nesse contexto, se você tem interesse em aprender dicas sobre como potencializar o seu estudo e como você deve se preparar da maneira certa para conseguir a tão sonhada aprovação, abaixo, te ensinaremos algumas delas.

Assim, ao fim deste artigo, o nosso objetivo é te mostrar um caminho que você pode traçar para atingir a tão sonhada aprovação no fim dessa jornada. Confira abaixo!

Veja também: Provas anteriores do IDIB.

Tenha foco

Antes de começar essa lista com dicas, precisamos falar sobre foco e determinação, pois essas duas qualidades são essenciais em um concurseiro. Isso porque a maioria das pessoas que decidem fazer a prova de concurso desistem nos primeiros meses devido a falta de determinação. Sendo assim, antes de iniciar essa nova jornada, tenha em mente os seguintes tópicos:

  1. Qual é o seu objetivo?
  2. Onde você quer chegar fazendo o concurso?
  3. Como eu me vejo depois que passar nesse concurso?
  4. Eu me identifico com a área de atuação que estou desejando?
  5. O que me motiva a chegar até lá?

Lembre-se de que, por vezes, esse não será um caminho fácil e que talvez precise de algumas abdicações ao longo do trajeto. No entanto, com garra e determinação, é possível passar por tudo isso e conseguir a tão sonhada aprovação.

Leia o edital do seu concurso

Pode parecer óbvio dizer isso, mas muita gente, quando está iniciando a jornada de concurseiro, não tem a mínima ideia de que é preciso ler o edital do concurso para entender como ele vai funcionar. Nesse contexto, entre outros motivos, você precisa ler o edital para saber quais assuntos devem dar mais atenção na hora de estudar, quais você pode apenas pincelar, além de descobrir informações sobre a banca que irá aplicar a prova.

Direcione o seu estudo

Um concurso público, normalmente, cobra que os aprovados tenham uma boa bagagem de conhecimento acumulado, mas o tempo entre a publicação do edital e a aplicação da prova, normalmente, é muito curto.

Nesse contexto, se você for estudar de maneira intensa exatamente todos os assuntos que podem cair na prova, provavelmente, além de perder muito tempo, você vai acumular muito conteúdo que não é necessário.

Sendo assim, uma ótima dica para que você estude de maneira eficiente é direcionando o seu estudo. Isso significa, por exemplo, que o seu estudo deve ser direcionado para te permitir responder questões fáceis e médias de todos os assuntos, mas que também te permite acertar a resposta de questões consideradas difíceis de alguns assuntos selecionados (o ideal é consultar alguém que já tem conhecimento prévio sobre o assunto para que vocês possam identificar, juntos, quais são os assuntos mais importantes).

Planeje sua rotina

Estudar é um hábito que se constrói e que, com a rotina de cada dia, pode ficar cada vez mais forte e mais difícil de ser desfeito. Sendo assim, especialmente no início da jornada de estudo, é muito importante que você tenha uma rotina sólida pré-determinada, especialmente se você tem pouco tempo para estudar ou se possui outros compromissos (por exemplo, ir para a academia). 

O ideal, por exemplo, é que você mantenha um “quadro” onde possa anotar os seus horários e o tempo que você pode estudar todos os dias. Além disso, é muito importante que você já separe antecipadamente quais são os assuntos que você vai estudar quando for sentar na cadeira, pois assim, evita perder tempo. No entanto, não se preocupe caso você não consiga cumprir rigidamente o que foi determinado, apenas tente fazer a sua parte.

Conheça o tipo de aluno que você é

No mundo, existem diversos tipos de alunos. Alguns, por exemplo, gostam de aprender através da sala de aula, ouvindo o professor e fazendo anotações; já outros, preferem ler livros e tentar desenvolver um raciocínio lógico por trás; ainda, há quem seja extremamente visual e que, por isso, prefira fazer desenhos, flashcards, entre outras coisas. Nesse contexto, antes de começar a estudar, é muito interessante que você veja qual é o tipo de aluno que você é e como potencializar a sua aprendizagem.

Não mascare os seus erros

Um dos maiores erros que concurseiros e alunos em geral cometem é o de se enganar. Isso porque é bem mais cômodo para a maioria das pessoas empurrar para debaixo do tapete tudo aquilo que incomoda. Por exemplo, existem pessoas que, quando se deparam com um conteúdo muito difícil para estudar, ao invés de tentar outra abordagem ou de pedir ajuda, prefere fingir que não precisam daquele assunto ou que o que aprendeu foi o suficiente.

No entanto, é preciso lembrar que esse tipo de abordagem é extremamente prejudicial. Isso porque mascarar os erros faz com que sejam criadas lacunas no aprendizado, o que pode sabotar tanto a sua prova quanto te desestimulando a continuar estudando. Sendo assim, quando tiver um erro ou uma dificuldade, ao invés de esconder ou desistir, exponha esse erro e peça ajuda.

Esteja cercado de pessoas que te motivem

Estudar sozinho, por mais que tenha suas vantagens, às vezes, pode ser um pouco complicado. Nesse contexto, para manter a motivação, conseguir dicas de como estudar, trocar materiais com outras pessoas e diversas outras coisas, existem grupos de WhatsApp, Facebook e Telegram que você pode participar para entrar em contato com pessoas que estão vivendo a mesma jornada que você e que entendem suas dores.

Monte um ambiente de estudo confortável

O ambiente de estudo pode ser decisivo na qualidade do seu aprendizado. No entanto, isso não significa que você precisa montar um setup extremamente caro, com uma mesa reclinável e cadeira gamer de última geração, você só precisa seguir algumas regras de ergonomia:

  • Tenha uma cadeira confortável, de preferência que apoie o seu pescoço e braços da melhor maneira o possível;
  • Tenha uma mesa na altura correta para o seu corpo;
  • Se possível, deixe o monitor do seu computador na altura dos olhos;
  • Faça uma decoração bonita, que te motive de sentar na mesa (pode ser com foto da sua família, dos seus amigos, com frases feitas em post its, quadros bonitos ou o que te agradar);

Arrume tempo para descansar

Se você estiver cansado(a), não adianta nada você estudar 10 horas por dia, pois esse volume de estudos, em termos de rendimento, pode ser inferior ao que você teria se tivesse estudado 2 horas em um dia bom. Sendo assim, escute o seu corpo: está cansado?

Descanse!

E lembre-se: descansar não é apenas dormir, pois, às vezes, é muito mais revigorante, por exemplo, sair para passear ao ar livre ou ver um filme. 

Leave a Comment

Como os relacionamentos se beneficiam do sexo

Além dos benefícios individuais para você e seu parceiro, o sexo regular apoia um relacionamento saudável de várias maneiras. Por exemplo, a oxitocina liberada durante o sexo aumenta a sensação de união e melhora a intimidade emocional.

Sexo em um relacionamento monogâmico aumenta seu nível de compromisso e conexão emocional com a outra pessoa. Expressar amor por meio do sexo aumenta a probabilidade de casais permanecerem juntos. Como resultado, o sexo está positivamente associado a uma menor taxa de divórcio.

Desafios de fazer sexo regular

Os humanos são programados para ansiar pela intimidade do sexo. A falta de sexo pode levar os indivíduos em um relacionamento a se distanciarem e, talvez, procurarem outro lugar. Trabalhar com um terapeuta de casais licenciado pode ajudar a resolver essa lacuna e evitar que problemas se espalhem por todo o casamento.

Às vezes, manter uma vida sexual ativa é difícil ou impossível devido às condições físicas ou psicológicas. Os casais podem manter um relacionamento forte e saudável, apesar dessas barreiras, procurando maneiras não sexuais de melhorar a intimidade .

Iniciando sua vida sexual

A frequência do sexo pode mudar, e frequentemente muda, com o tempo. Mas, isso não significa que a frequência do sexo tenha que ser um declínio progressivo. 

Se você está se perguntando se é possível que o sexo seja tão bom quanto quando você se apaixonou, a resposta é sim. Sexo e intimidade podem melhorar à medida que seu relacionamento amadurece. Só pode exigir um pouco de trabalho extra.

Existem várias maneiras de apimentar sua vida sexual. Olhar para as partes não sexuais de seu relacionamento pode ajudar. Costuma-se afirmar que o maior órgão sexual está entre as orelhas.

Aumentar a frequência do sexo sem se conectar emocionalmente ou aumentar a comunicação provavelmente não produzirá melhorias duradouras em seu relacionamento. Gerenciar o estresse é outro fator chave para uma vida sexual saudável.

Em seu livro, “The Sex-Starved Marriage: Boosting Your Marriage Libido, a Couple’s Guide”, a terapeuta Michele Weiner-Davis sugere uma abordagem “apenas faça”:

“No início, muitos estavam compreensivelmente cautelosos sobre minha abordagem ao estilo Nike em relação à vida sexual; o conselho ‘Just Do It’ ia contra tudo o que eles acreditavam sobre como o desejo sexual se desenvolve. 

Muitas vezes eu podia ver o alívio no rosto das pessoas quando souberam que a falta de impulsos sexuais inesperados não significava necessariamente um problema. Não significava que havia algo de errado com eles ou que faltava algo em seus casamentos. Apenas significava que eles experimentaram desejo de forma diferente.”

Se você sempre espera que seu nível de desejo se iguale ao de seu parceiro, pode ficar esperando por um longo tempo. Em vez disso, comunique suas necessidades e trabalhe em conjunto para encontrar um meio-termo.

Uma palavra de um especialista

Fazer sexo com mais frequência (ou pelo menos uma vez por semana) oferece vários benefícios para um relacionamento amoroso e de apoio. Dito isso, aumentar a intimidade ainda é possível se você não puder fazer sexo.

Se você não faz sexo regularmente, pergunte-se por quê. Às vezes, consultar um terapeuta sexual pode ser a melhor maneira de trabalhar seu relacionamento e seus problemas pessoais. A terapia beneficia indivíduos e casais.

Leia mais em: Sexy it sexshop

Leave a Comment