Skip to content

SAIBA QUAIS SÃO AS MELHORES CIDADES BRASILEIRAS PARA VIVER APÓS A APOSENTADORIA

Você está prestes a se aposentar mas ainda não escolheu em qual cidade deseja viver? Sabia que há diversos lugares no Brasil que acolhem bem os aposentados, de forma a proporcionar bons tratamentos de saúde e extensos polos de lazer?

Para te ajudar, decidimos separar as sete melhores cidades brasileiras para viver após aposentadoria. Assim, você diminuirá consideravelmente as suas horas no trânsito e o seu nível de stress. Confira!

Santos – SP

A cidade de Santos foi considerada uma das melhores cidades brasileiras para viver após aposentadoria por conta dos pontos culturais, das praias e pelo elevado número de casamentos entre idosos.

Além de apresentar uma boa qualidade de vida, a cidade de Santos possui um PIB elevado, fazendo com que, na maioria das vezes, os idosos tenham mais condições financeiras de realizar as suas atividades.

Florianópolis – SC

Floripa foi eleita a segunda melhor cidade para morar após a aposentadoria e os motivos são vários: desde a facilidade de acesso à TV a cabo e internet até os lugares incríveis e tranquilos para lazer proporcionados pela cidade.

Porto Alegre – RS

Porto Alegre conseguiu o terceiro lugar por um fator bastante importante: nessa cidade há diversos condomínios que são dedicados e adaptados à moradia de idosos.

Sem falar que Porto Alegre apresenta uma boa estrutura quando o assunto é oferecer tratamentos de saúde para os idosos e aposentados.

Além disso, há uma curiosidade interessante: os idosos desta cidade são conhecidos por serem bastante independentes da sua família por conta da vitalidade e da qualidade de vida dos mesmos.

Niterói – RJ

A cidade de Niterói no Rio de Janeiro obteve o quarto lugar devido à facilidade de acesso a bons tratamentos de saúde e por conta da quantidade de atividades existentes na cidade que são atrativas para os idosos, principalmente no quesito cultural.

Além de tudo isso, a cidade de Niterói possui um elevado número de médicos, sendo esse índice um dos maiores do país. Esse aparato faz com que os idosos sintam-se mais seguros e bem protegidos em viver na cidade fluminense.

São José do Rio Preto – SP

A cidade de São José do Rio Preto é conhecida por ser uma cidade bastante segura devido aos seus baixos índices de homicídio na região, tornando-se um lugar tranquilo para viver após a aposentadoria.

Além disso, o número de profissionais que proporcionam assistência à saúde dos idosos é bastante elevado em São José do Rio Preto, já que essa é uma das cidades que mais contém enfermeiras no país, o que faz dela uma das melhores cidades brasileiras para se viver após a aposentadoria

Ribeirão Preto – SP

A cidade de Ribeirão Preto é a sexta melhor cidade para se viver depois de estar aposentado, e não é à toa. Nela há diversas instituições que abrigam idosos por um longo período e que são conhecidas por possuir uma boa estrutura.

Nessa cidade, há também diversas praças e pólos de lazer para o aposentado passear e se divertir, além de uma imensa quantidade de cinemas.

Jundiaí – SP

Em Jundiaí há diversos centros de convivência para idosos, o que torna a cidade um bom lugar para os aposentados realizarem suas atividades de lazer e se sociabilizarem.

Isso fez com que Jundiaí ficasse em sétimo lugar no ranking das melhores cidades para se viver depois de conquistar a aposentadoria.  

De maneira geral, na hora da aposentadoria é importante preservar a sua qualidade de vida morando numa casa em Fazenda Rio Grande, próximo a uma capital com boa infra-estrutura de clínicas, hospitais e áreas de lazer.

Estar perto da família é outro fator importante a considerar. Não deixe de cultivar ótimos momentos e guardar as melhores recordações da sua vida.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *