Skip to content

Categoria: Curiosidades

Como incentivar uma criança a comer mais legumes e verduras?

Conseguir fazer com que as crianças comam verduras e legumes, muitas vezes parece ser uma missão impossível para os papais e, até mesmo, para as professoras da escolinha. O número de crianças que comem esse tipo de alimento tranquilamente é bem menor que as que não comem, isso faz com que os pais se desesperem e percam a paciência em vários momentos.

Tentar fazer com que seu filho coma os alimentos saudáveis pode parecer uma guerra sem fim. Então, se você enfrenta esse tipo de situação com seu pequeno, fique calma, pois ao longo deste artigo vamos te dar várias dicas de como fazer com que o seu filho comece a comer mais legumes e verduras.

Muitas mamães já testam essas dicas, e muitas delas obtiveram muito sucesso, quem sabe você pode ser a próxima a alcançar esse milagre aí na sua casa. 

Nos primeiros anos de vida do pequeno essa tarefa parece ainda ser um pouco mais complicada, pois é o período em que as crianças estão descobrindo novos paladares, mas é essencial que ela prove novos sabores para conseguir formar melhor seu paladar e, claro, se manter saudável. 

Os adultos já estão habituados a comer alimentos como verduras e legumes, então tenha em mente que tudo é uma questão de criar hábitos e isso vai se construindo com o tempo. 

As crianças trocam facilmente uma alimentação saudável com verduras e legumes por um chocolate e muitas vezes os pais e mães acabam sendo vencidos pelo cansaço, e é por isso que no início pode parecer bem complicado fazer com que os filhos comam os alimentos ricos em vitaminas e que fazem bem para sua saúde.

Então, tenha um pouco de calma e, com a ajuda de alguns truques, gradualmente você pode ir introduzindo estes alimentos na rotina alimentar do seu filho, sem que pareça que vocês estão em uma guerra infinita.

Logo abaixo, listamos uma série de sugestões que você pode ir tentando aí na sua casa até que uma delas dê certo, e sua criança comece a comer alimentos saudáveis sem espernear e chorar.

Utilize os temperos corretos

As pessoas têm paladares diferentes, então não tem como saber de qual tempero as crianças gostam mais. Então a única maneira de saber, é testando vários temperos diferentes, e cabe aos pais prestarem mais atenção em qual será o mais aceito pelos pequeninos. 

Algumas combinações geralmente fazem muito sucesso entre as crianças, como por exemplo, brócolis com alho, salada de folhas com tempero de limão ou gengibre com cenoura.

Faça com que a criança prove o alimento mais de uma vez

Pesquisas feitas apontam que quando a criança experimenta um alimento e não gosta, normalmente começa a aceitar esse alimento depois de ter experimentado de 7 a 10 vezes.

Isso acontece porque é um alimento novo com sabor novo e, depois de algumas vezes que ela experimentou, o gosto começa a ficar mais familiar e ela passa a comer sem problema algum.  

Faça receitas assadas

Assar os legumes e vegetais, além de ser uma maneira bem prática de prepará-los, pode tornar esses alimentos mais atrativos para as crianças, isso porque o cheiro fica mais gostoso e a textura também muda, fazendo com que a criança tenha mais aceitação. 

Leve a criança ao supermercado

Calma, sabemos que muitas vezes não é nada fácil levar uma criança ao supermercado, mas por outro lado, pode ser uma solução para os seus problemas, você pode deixá-la escolher as verduras e legumes que ela gostaria de comer.

Fora que isso pode ser um bom incentivo para a criança ser independente. E quando você for colocar os alimentos em seu prato, a criança vai se lembrar que foram aqueles que ela escolheu, dando mais possibilidade dela comer os alimentos sem chororô.

Faça um espaguete de vegetais

Essa é mais uma incrível forma de tentar fazer com que seu filho coma os alimentos que fazem bem para sua saúde e desenvolvimento. 

As crianças gostam muito de macarrão, isso é fato, então, porque não ralar os vegetais em formato de macarrão? Você pode cortar com a própria faca ou usar algum equipamento que dê esse aspecto para o vegetal. 

Cenoura, abobrinha e beterraba são alguns alimentos que você pode fazer de macarrão.

Disfarce os vegetais em outros alimentos

Caso seu filho goste bastante de alguns alimentos que são mais gordurosos e pouco saudáveis, você pode esconder alguns legumes e vegetais nesses alimentos. Por exemplo, você pode fazer uma omelete de queijo com legumes e ainda colocar alguns pedacinhos de bacon por cima.

Dessa forma a criança vai estar comendo o que ela gosta de uma forma mais saudável. Quer outro exemplo? Se o seu filho é um pouco relutante em comer grãos, você pode preparar um delicioso mingau de fubá de milho e dar para ele comer, com certeza ele vai adorar.

Convide a criança para cozinhar com você

Quando os adultos inserem as crianças em atividades culinárias elas se sentem mais motivadas a provar, e a comer os pratos que elas mesmas prepararam, o que significa que convidá-las para preparar alguns pratos mais saudáveis com legumes e verduras, pode motivá-las a comê-los. 

Por exemplo, você pode convidá-las para preparar uma torta de vegetais bem colorida, permitindo que elas escolham os vegetais que querem colocar na torta e deixando que elas misturem a massa.

Frutas também se enquadram aqui, e você pode chamar as crianças para fazer uma deliciosa salada de frutas, ou então picolés de frutas frescas. 

A verdade é que não importa muito o que você vai escolher preparar com os seus filhos, o mais importante mesmo é fazer com que eles participem, pois acredite, isso vai incentivá-los muito a comer mais legumes, verduras e todos os tipos de alimentos mais saudáveis que são extremamente importantes para o crescimento e desenvolvimento das crianças.

Essas são ótimas maneiras para fazer seus filhos irem se acostumando com os legumes, frutas, verduras e grãos e, gradualmente, tenha a certeza de que eles vão esquecer os alimentos menos saudáveis.

Leave a Comment

Como fortalecer o cabelo?

O cuidado envolve tanto o uso de produtos quanto dar atenção à alimentação e evitar o estresse

Manter as madeixas saudáveis é um processo que começa na alimentação e continua nos cuidados diários. O uso de químicas, chapinha e secador já é parte do dia a dia de muitas pessoas, mas, mesmo assim, é possível manter os cabelos sempre bonitos. Confira agora dicas simples e fáceis de seguir para fortalecer seus fios.

Use produtos com colágeno

Produtos com colágeno ajudam a fortalecer os fios e protegê-los das agressões rotineiras. O ativo deve estar presente na fórmula e o melhor é evitar as receitas caseiras. Inclusive, o colágeno aliado com queratina costuma apresentar um resultado muito positivo.

Traga a queratina para os cuidados capilares

Quando se fala em tratamentos capilares, a queratina é uma das principais substâncias utilizadas. Ela age recuperando a fibra capilar e ajuda a tratar os danos causados por químicas ou pelo uso de chapinha e secador. Pode ser encontrada líquida ou aliada a outros produtos, como shampoos, condicionadores e máscaras.

Cuide da sua alimentação

A alimentação também interfere na saúde das madeixas. Assim, ter um cardápio equilibrado e beber bastante água vai resultar em cabelos mais bonitos. Inclua em sua dieta alimentos ricos em vitamina A, B e C. Além disso, traga também frutas para sua rotina.

Prefira deixar o cabelo solto

Penteados que tracionam os fios podem machucar o couro cabeludo e deixar o cabelo mais fraco. Isso significa que, você pode, sim, usar uma trança ou rabo de cavalo, mas evite fazer isso todos os dias. Sempre que possível, prefira deixar os fios soltos naturalmente.

Siga um cronograma capilar

O cronograma capilar é a salvação dos fios danificados. Ainda assim, mesmo madeixas saudáveis devem fazer o tratamento. O ideal é organizar as 4 semanas do mês e dividir 3 dias da semana para hidratação, nutrição e reconstrução. A hidratação é a etapa mais importante e a que mais se repete.

Lave os cabelos com frequência

Lavar os cabelos em excesso, assim como não lavá-los com frequência, faz mal, assim, é preciso buscar um equilíbrio. Tente adotar a rotina do dia sim, dia não, para dar tempo do couro cabeludo se recuperar. Dessa forma, os fios ficam limpos e recebem os produtos necessários para fortalecê-los.

Não durma com o cabelo molhado

Um erro grave e muito cometido pelas mulheres, dormir com o cabelo molhado favorece o surgimento de fungos e outras infecções, além de danificar os fios. Caso tenha lavado o cabelo perto da hora de dormir, o ideal é passar um protetor térmico e usar o secador.

Evite procedimentos químicos seguidos

Mudar a cor do cabelo, alisar e passar por procedimentos químicos enfraquece os fios. Você até pode investir nessas mudanças, mas evite fazê-las com muita frequência. Dê um tempo para as madeixas se recuperarem e não se esqueça de hidratar, nutrir e reconstruir.

Lave os cabelos com água morna

A dica pode parecer desafiadora no inverno, porém, seus fios agradecem. O ideal é lavar os cabelos sempre em água morna ou fria, para não danificá-los. No verão isso é fácil, mas, nos dias mais frios, vale aquecer o banheiro e baixar a temperatura do chuveiro para o morno.

Cuidado com o estresse

Além da alimentação, outro fator externo que interfere na saúde dos cabelos é o estresse. Procure não levar trabalho para casa e inclua em sua rotina atividades que ajudem a distrair a mente. Vale sair para caminhar, andar de bicicleta, meditar, fazer ioga ou pilates. Até dançar está permitido.

Use produtos para o seu tipo de fio

Usar os produtos errados também é prejudicial para as madeixas. Antes de comprar, verifique qual a curvatura dos fios, que vai de 1A a 4C. Se possível, também dê preferência para shampoos e condicionadores livres de sulfatos e parabenos. Seus fios agradecem o cuidado!

Leave a Comment

1 em cada 4 cervejas vendidas no mundo é AB InBev

Transnacional também é dona da maioria das marcas cervejeiras no Brasil

Seja em festa de aniversário, no happy hour com os colegas depois do trabalho, no churrasco de domingo, na feijoada com a família ou ainda enquanto se assiste a um jogo de futebol, não importa o evento, ela vai estar presente. Estamos falando de uma das bebidas alcoólicas mais consumidas no mundo.

Você acertou se pensou na cerveja. Aqui no Brasil, há uma diversidade de marcas, cada uma com um sabor diferenciado — Brahma, Original, Skol, Bohemia, Caracu, etc. Só que, além dos ingredientes para sua produção (como cevada, malte e lúpulo), elas compartilham também o selo da AB Inbev.

Essa transnacional é dona de mais de 100 rótulos presentes em diversos lugares do planeta, incluindo o Brasil. Basta dizer que, de cada 4 cervejas vendidas no mundo, 1 é da AB Inbev. Hoje você vai conhecer esta que é uma das gigantes no mercado de cervejas e quais de suas marcas podem ser adquiridas em solo brasileiro.

Um pouco mais sobre a história da cerveja

Homem bebendo cerveja

Não é segredo nenhum que a cerveja é uma bebida superpopular no mundo inteiro, mas você sabe como e quando ela surgiu? O processo de fermentação, indispensável para a produção da bebida, surgiu há mais ou menos 10 mil anos. É nesse período que surgem as primeiras bebidas alcoólicas.

O detalhe é que, no caso da cerveja, sua produção foi iniciada em um ambiente um tanto quanto peculiar: as padarias. Foram os padeiros que, usando, de forma artesanal, leveduras e cereais para a fabricação de bolos e pães, que acabaram dando um pontapé inicial na criação da cerveja.

Evidências indicam que o surgimento dessa bebida está associado aos povos sumérios, há 6 mil anos, na antiga Mesopotâmia — que hoje corresponde aos territórios do Irã, Iraque e Jordânia. Os egípcios também adotaram a cerveja como parte da sua dieta, sendo muito escura e forte.

A expansão da bebida pelo mundo acontece, porém, com o Império Romano sob o governo de Júlio César. O nome “cerveja” está associado a Ceres, tida como a deusa da fertilidade e da agricultura.

Com o passar do tempo e com o desenvolvimento de novas tecnologias, a bebida foi se tornando cada vez mais aprimorada, ganhando a textura e o sabor que hoje é tão conhecido e apreciado por milhares de pessoas.

Mais sobre a AB InBev

Em 1989, os empresários Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Herrmann Telles se uniram para comprar a cervejaria Brahma. Uma década se passou até que a Antarctica também fosse adquirida pelo grupo. Surge, então, a empresa brasileira de nome Ambev.

No ano de 2004, uma nova expansão fez com que a Interbrew, da Bélgica, fosse fundida, criando a Inbev. Ela já era a maior cervejaria do planeta em volume produzido. Em seguida, é comprada a cervejaria norte-americana Anheuser-Busch, formando-se, então, a AB Inbev.

A transnacional é dona de uma fatia imensa do mercado de bebidas alcoólicas no mundo inteiro, sendo, atualmente, considerada em nível internacional a maior tanto no volume produzido quanto nas vendas.

A AB Inbev investe pesado em marketing e publicidade, além de buscar adquirir marcas que agregam enorme valor à empresa. Hoje, a transnacional não se limita à produção de cervejas, produzindo bebidas engarrafadas ou enlatadas, como refrigerante, sucos, bebidas mistas e até chás, como você verá a seguir.

Cervejas

  • Adriática
  • Andes
  • Antarctica
  • Beck’s
  • Berrió do Piauí
  • Bohemia
  • Brahma
  • Budweiser
  • Caracu
  • Cervejaria Colorado
  • Corona
  • Esmera de Goiás
  • Franzizkaner
  • Goose Island
  • Hoegaarden
  • Kona
  • Nossa de Pernambuco
  • Original
  • Patagonia
  • Polar
  • Serramalte
  • Serrana
  • Skol
  • Spaten Munich
  • Stella Artois
  • Três Fidalgas
  • Walls

Refrigerantes e sucos

  • Baré
  • Citrus
  • Do Bem
  • Ginger Ale
  • Guaraná Antarctica
  • H2OH!
  • Pepsi
  • Soda
  • Sukita
  • Tônica Antarctica

Bebidas mistas

  • Beats
  • Isla
  • Mike’s

Vinhos

  • Blasfemia
  • Dante Robino
  • Somm

Energéticos

  • Fusion



Isotônicos

  • Gatorade

Água e chás

  • Ama
  • Lipton
Leave a Comment

Qual a importância de ter um blog para o seu ecommerce? 

A importância de se ter uma loja virtual já não é mais uma situação desconhecida. Você não só encontra hoje vários estabelecimentos que tradicionalmente investiam em vendas presenciais migrando pela internet, mas também alguns que já iniciaram nesta modalidade.

Entretanto, com o aumento da concorrência há sempre a necessidade de se criar um ambiente ainda mais interessante para os negócios. Principalmente no que diz respeito a métodos que façam com que a sua loja apareça primeiro nas indicações do Google.

Este tipo de técnica é chamada de SEO, e para obter estes resultados com certeza é importante investir um tempo aprendendo com bons cursos online.

E uma das dúvidas que as pessoas realmente mais comentam hoje é sobre a importância de ter um blog para o seu ecommerce. Afinal de contas, o que você quer é ganhar dinheiro com vendas, e não criando conteúdos para anunciar algo.

Esta dúvida é bem razoável, e mostra que a pessoa em si está pensando na melhor maneira de investir em seu negócio pessoal. Entretanto, para que você saiba todas as vantagens e a melhor maneira de trabalhar este tipo de informação, eu resolvi trazer um pequeno guia sobre o assunto hoje.

Assim você pode se manter informado e colher benefícios de verdade ao mesmo tempo, vamos conferir?

Qual a importância de ter um blog para o seu ecommerce?

Primeiramente é crucial dizer que existem vários motivos para adotar esta prática, todos eles possuem seus pontos fortes e fracos. Assim, se você realmente quiser garantir um bom resultado, verifique toda a lista que eu vou trazer aqui para você, ok?

Em geral também estou à disposição para te ajudar nos comentários com dicas adicionais ou mesmo respostas para algo que não ficou muito claro aqui, ok?

1 – Ajuda no SEO

O primeiro ponto é de longe melhorar o seu relacionamento com o Google, mostrando que o seu site é completo, possui conteúdo, e tem como objetivo ajudar o consumidor final a encontrar exatamente o objetivo que ele deseja.

Isto acontece tanto por conta do número de páginas que falam sobre alguns assuntos específicos, como também pelo fato de que você pode receber backlinks e compartilhamentos em redes sociais.

Em geral isso afeta a autoridade do seu domínio, que é quando o Google entende que seu site deve receber a preferência na ordem dos resultados de busca.

Claro, criar um blog por criar não resolve muita coisa. É necessário que você tenha uma dedicação especial para fazer uma seleção cuidadosa dos conteúdos que irão aparecer lá.

2 – Possibilita a captura de leads

Um dos pontos mais interessantes desta ação é a criação do marketing de conteúdo. Marketing de conteúdo é uma das maneiras mais importantes que você tem para atrair pessoas interessadas no nicho de sua loja para o seu site.

Digamos que você tenha uma loja de roupas sociais, ao publicar um artigo viral sobre como se vestir em determinadas ocasiões importantes, provavelmente terá como ganhar alguns pontos positivos para formar uma lista de pessoas interessadas.

Capture estes contatos através de uma isca digital, como por exemplo um cupom de desconto ou mesmo um ebook mostrando as melhores maneiras de se combinar uma camisa e uma gravata.

Depois, basta você se comunicar com a pessoa através da forma que ela escolheu para entregar o contato. Seja por email marketing ou whatsapp, são todas opções interessantes que rendem bastante no longo prazo, caso você crie uma estratégia inteligente.

3 – Permite engajar seus leitores

Algumas pessoas podem entrar em contato diretamente com o seu blog ao invés de sua loja. E isso não necessariamente é ruim.

Se você está sempre postando conteúdos relevantes, e que provavelmente irão ajudar a pessoa a resolver algum tipo específico de problema, o que você está fazendo é cativar o seu possível comprador.

Com uma orientação bem feita você provavelmente vai ter uma inclinação daquela pessoa para escolher algum produto ou serviço diretamente da sua loja. Este tipo de ação com certeza faz toda a diferença no longo prazo.

Principalmente quando levamos em consideração a possibilidade de que seu blog foi lido várias vezes por aquela pessoa em si.

Algumas até podem se sentir mais seguras pagando por um produto idêntico mais caro em sua loja exatamente porque você mostrou que entende do assunto e que é realmente uma autoridade.

Entretanto, isto significa investir bastante tempo pesquisando os problemas dos seus clientes e as melhores soluções possíveis. E claro,  você também vai ter que gastar um tempinho fazendo textos que tenham uma qualidade gramatical boa e ao mesmo tempo que sejam cativantes para ler.

Além de tudo isso, é possível utilizar este espírito de cumplicidade para entregar uma ação de engajamento por parte dos seus seguidores. Redes sociais também são uma excelente forma de garantir este tipo de ação.

Tente por exemplo fazer com que comprem na sua loja um presente de dia dos pais, ou então faça com que compartilhem uma promoção entre os conhecidos para poderem receber um bom desconto, e por aí vai.

Conclusão

Antes de me despedir é importante dizer que este tipo de trabalho realmente traz uma série de tarefas para serem realizadas. Você consegue os benefícios, mas vai ter que colocar a mão na massa.

Quanto melhor forem dedicados os seus esforços, melhores também serão os resultados colhidos. Então tente aprender de uma boa fonte de cursos online com certificado que vão entregar o conhecimento de uma forma bastante eficaz para o seu sucesso.

Outro ponto interessante que alguns ainda podem estar confusos é que não é necessário transformar a sua loja em um blog, muito menos criar um site à parte. O que você realmente precisa é de um subdomínio, que é basicamente um site instalado dentro de outro.

Normalmente o endereço sai como “blog.nomedasualoja.com”, assim você ganha todos os pontos positivos aproveitando a mesma estrutura de hospedagem de sites.

Então por hoje é isso, espero que estas dicas tenham sido úteis. Qualquer outra dúvida sobre o assunto estou à disposição para te ajudar, ok?

Até a próxima!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Leave a Comment

15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira

Quais são as profissões que lidam com madeira?

Há bastante dúvida em relação às profissões que utilizam a madeira como instrumento essencial para o trabalho. No entanto, este conteúdo contém informações muito interessantes sobre essas áreas. Então, fique ligado!

 

Engenharia Florestal

Sendo a primeira do quadro de profissões que lidam com madeira, a Engenharia Florestal é um segmento da engenharia. Nesse segmento, é abordado muitas questões em relação à florestas, indo desde o entendimento sobre ecologia, passando pela conservação de recursos, como água, solo, até o uso destes.

Antes de entrar, de fato, na especialização para ser engenheiro florestal, a pessoa fará um ciclo básico que vai conter disciplinas básicas, porém, se diferenciando de outros tipos de Engenharia, a Engenharia Florestal apresenta a biologia como uma de suas matérias.

O Engenheiro Florestal pode atuar na área de gestão ambiental, silvicultura, tecnologia de produtos florestais, entre outras áreas. Esse tipo de engenheiro influencia bastante a sociedade, principalmente em produtos de origem florestal.

A Carpintaria

A carpintaria é uma técnica que utiliza madeira maciça, estado natural. Em construções civis e navais, o uso de madeiras em estado natural é muito recorrente. 

Por isso, a carpintaria é uma área difícil, pois os carpinteiros precisam ter conhecimentos geométricos e bastantes técnicas. Além disso, precisam saber sobre os tipos de materiais específicos para cada tipo de madeira.

A Marcenaria

Sendo derivado da carpintaria, o marceneiro trabalha com fabricação, reparação e conservação de móveis. Além disso, ele pode trabalhar na área de decorações de objetos a base de madeira.  

Devido a isso, a área de marcenaria é atribuída mais para o lado artesanal e delicado, quando comparado a carpintaria. Como dito anteriormente, a marcenaria se derivou da carpintaria. O que resultou em novas adaptações de técnicas para a melhoria do tratamento e desenvolvimento do trabalho. 

Conheça as 15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira

1. Graminho

O Graminho só pode ser usado em função de produções de linhas paralelas as extremidades e bordas das peças. O que o torna uma das ferramentas mais precisas para marcar a superfície da madeira.

2. Esquadro

O esquadro tem o formato igual ao da letra “L”, sua função é medir e averiguar os aspectos verticais dos objetos. Para conferir ângulos, sua utilização é essencial.

3. Trena e régua

A trena e a régua não poderiam ficar de fora dessa lista. Com a trena é possível conferir e comparar medidas de áreas e peças, o que possibilita, também, a verificação e medição de distâncias. 

Basicamente, ela é uma fita métrica, enquanto a régua é um outro instrumento de medição, muito utilizado na escola. Além disso, traçar traços com a régua é bem simples e prático.

4. Riscadores

Os riscadores realizam marcações na madeira, sem ser necessária a utilização de canetas ou lápis para isso, o que deixará a madeira limpa e livre de tinta.

5. Plaina

Na hora de dar um bom acabamento à madeira, utilizar a plaina é essencial. Pois, ela retira rebarbas e realiza desbastes, dando um melhor alinhamento a madeira.

6. Formões

A função do formão é recortar e aparar pedaços de madeiras. Além disso, suas lâminas podem variar de tamanho e formato, tudo isso dependerá da extensão do corte a ser feito.

7. Grampos

Esta ferramenta pode prensar, firmar ou proteger objetos. Tal ação, vai impedir o movimento ou a separação das peças durante o trabalho.

8. Serras

A serra é um equipamento essencial para quem trabalha com madeira, ela possui diversos tipos.

A serra bancada, por exemplo, tem como objetivo o corte de materiais resistentes, como madeiras maciças e estratificadas.

Já, a serra circular é muito versátil, pois apresenta 4 versões, sendo indicada para diversos tipos de cortes, dependendo, somente, da lâmina que será usada.

A serra tico-tico é indicada para ser utilizada em cortes de madeira, metais, azulejos e plásticos. Essas serras são pequenas, porém isso abre a possibilidade de alcance de diversos detalhes durante o seu uso.

Compondo a lista de tipos de serras, a serra mármore é destinada a cortes de mármore, pisos, pedras, azulejos, entre outros materiais.

9. Lixadeira

Assim como a Plaina, a lixadeira é uma ótima ferramenta para a finalização do trabalho. Sua função é suavizar a madeira, em especial, suas bordas. O seu uso, também, pode proporcionar uma aparência mais “jovem” ao objeto que está em processo de restauração.

10. Furadeira

A furadeira é uma ferramenta extremamente precisa e faz o seu trabalho de forma excelente. Com certeza, tê-la como equipamento será essencial para um bom trabalho.

11. Malho

Sendo ótima para quebrar objetos, o malho é um martelo produzido com cabeça em ferro fundido, preso, normalmente, em um cabo de madeira.  

12. tupia

 Utilizando a Tupia, cortes arredondados e retos, entre outros detalhes, vão poder ser realizados de forma prática e precisa.

13. Nível

O nível é um instrumento utilizado para avaliar e ajustar o nivelamento das madeiras. Sendo uma ferramenta indispensável para qualquer marceneiro

14. Martelo

Podendo ter diversos tipos de tamanhos e formatos, o martelo é uma ferramenta utilizada para golpear objetos.

15. Parafusadeiras

Por último, porém tão importante quanto todas as outras ferramentas apresentadas. A parafusadeira tem a capacidade de fixar, apertar e desenroscar parafusos. Sendo, também, um equipamento essencial para quem trabalha com madeira. 

Neste artigo mostramos 15 ferramentas essenciais para quem trabalha com madeira, se ficou com dúvidas,comente abaixo, responderemos em breve.

Leave a Comment

Energia Solar: Dificuldades para a expansão no Brasil

A partir de junho de 2017, aconteceu a inauguração no país de duas grandes empresas de energia solar – as maiores da América Latina. Uma delas está localizada na região do Piauí e outra em Minas Gerais. As empresas do exterior conquistaram o direito da implementação e operação das usinas, logo que venceram leilões disponibilizados pela Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica. 
No mês de janeiro do ano passado, a Absolar – Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica – fez o anúncio de que o Brasil ultrapassou a marca de 1 gigawatt de toda a sua capacidade em instalação de projetos de energia solar.

Energia solar começa a prosperar

Conforme a entidade, só 30 países globais conseguiram atingir a marca. Isso representa uma capacidade de energia para o abastecimento de 500mil domicílios, todos os anos. A inauguração e a marca fazem a sugestão de que a energia solar tem início a prosperidade no Brasil, após anos sendo conhecida, juntamente da eólica, como algo de extravagância e secundária. Além disso, essa era uma visão também dos governos que revelavam as hidrelétricas de porte grande como um paradigma que gera energia.
De acordo com estatísticas do ano de 2015, só 0,01 % de toda a energia em geração no país vinha da fonte solar, tratando-se, então, de uma opção com menor consumo entre aquelas que se identificam como renováveis.

Contexto do país

Os especialistas revelam que o contexto brasileiro está favorável para as opções renováveis, fazendo a inclusão do esgotamento do modelo de hidrelétricas gigantes, de que o governo federal está se afastando. Além disso, está vigente o Acordo de Paris, um compromisso com assinatura por 195 países com o intuito de fazer a redução de emissão de gases que atuam na contribuição para o acontecimento de aquecimento global.
As empresas que estão no exterior conseguem dominar projetos bem maiores, porque já participam de operações internacionais de escala grande e apresentam acordos para fornecer volumes de compras gigantes, e assim, permite-se o alcance de preço aprimorado para as energias finais em geração pelos competidores do país em leilão.

A potência da energia solar

O ambiente para que esse setor se expanda é enorme, com base na mensuração de sol irradiado pelo Brasil, ou insolação, que fica atrás somente do país australiano, globalmente.
Ao ser comparado à Alemanha, que é um país referência em relação a incentivos à geração de energia solar, o país perde: o país da Europa apresenta índices de irradiações que equivalem a 900 até 1.250 KWh por m², todos os anos. Esse cálculo aqui no Brasil é estimado entre 1.500 a 2.400 KWh m² por ano. 

De acordo com o diretor da Aneel, o “pior” sol brasileiro, presente na região do Paraná, irradia entre 1500 KWh m² por ano, maior que o melhor sol alemão.
O nosso país, de acordo com Rodrigo Sauaia, o presidente da Absolar, sofre um atraso de 15 anos quando comparado à área fotovoltaica de demais países. O primeiro programa federal de energia renovável, o Proinfa, com lançamento em 2002, selecionou somente os projetos que se referiam à biomassa, centrais hidrelétricas e energia eólica, deixando de lado a solar. Só em 2014 é que se realizou o 1º leilão, contemplando as iniciativas fotovoltaicas.

Retrocesso do governo

Não existem propostas ou estratégias amplas relacionadas à energia solar que venham do governo ou Congresso. Em oposição a isso, houve no ano de 2017 o registro de iniciativas em direção contrária. No mês de agosto, foi aprovada uma medida provisória com edição pelo presidente Michel Temer, em que concedia vantagens tributárias, parcelamento de dívidas e suspensão de cobrança de impostos das empresas responsáveis por petróleo, atuantes no Brasil.

Dentre os votantes, o deputado Heráclito Fortes do PSB-PI fez a proposta, em 2016, sobre uma emenda na constituição que instituísse cobranças em royalties da geração de energia eólica. O deputado defende que essas taxas devem ser ampliadas para o setor de energia solar também. 
De acordo com Sauaia, isso é um retrocesso. O presidente da Absolar menciona o fato de termos parlamentares tributando vento e sol e fazendo a isenção dos impostos aos combustíveis fósseis. Indignado, Sauaia lembra que esse setor já tem uma carga de tributos maior em relação aos seus equipamentos.

Leave a Comment

Quanto custa um seguro automóvel para Honda Fit?

Quanto custa um seguro automóvel para Honda Fit? Essa é uma pergunta que todos os anos os proprietários do modelo, ou aqueles que desejam compra-lo fazem.

Seja para a renovação do seu seguro, ou para a contratação de um seguro novo, é importante pesquisar os preços. E hoje vamos mostrar através de uma tabela. Quanto custa um seguro automóvel para Honda Fit.

Quanto custa um seguro automóvel para Honda Fit

O seguro de um veículo da marca Honda Fit varia muito de região para região. Outro fator decisivo na hora de analisar o preço do seu seguro, é verificar qual o perfil do motorista.

Para você que está em busca dos melhores preços é muito importante saber quanto custa um seguro automóvel para Honda Fit, para não ter maiores surpresas.

Logo abaixo você vai encontrar uma tabela com os preços do seguro Honda Fit. Os preços são de São Paulo e Rio de Janeiro: 

Tabela seguro automóvel para Honda Fit

Honda Fit EX/S/EX 1.5 Flex/Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 1.490,00
Honda Fit EXL 1.5 Flex/Flexone 16V 5p Aut 2019 Rio de Janeiro R$ 1.500,00
Honda Fit Personal 1.5 Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 1.250,00
Honda Fit Personal 1.5 Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 1.530,00
Honda Fit LX 1.5 Flexone 16V 5p Aut. 2019 Rio de Janeiro R$ 1.230,00
Honda Fit LX 1.5 Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 1.360,00
Honda Fit LX 1.5 Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 400,00
Honda Fit EXL 1.5 Flex/Flexone 16V 5p Aut 2019 São Paulo R$ 1.300,00
Honda Fit EXL 1.5 Flex/Flexone 16V 5p Aut 2019 São Paulo R$ 1.200,00
Honda Fit EX/S/EX 1.5 Flex/Flexone 16V 5p Aut. 2019 São Paulo R$ 1.280,00
Leave a Comment

Como conquistar uma mulher

Hoje é o dia em que você vai aprender como conquistar uma mulher sem perder sua dignidade, achatando sua carteira ou simplesmente se sentindo um idiota.

Siga os 3 mandamentos da sedução e sua vida amorosa mudará radicalmente a partir do momento em que você fizer isso.

Mandamento nº 1: mostre a ela o que ela tem a perder

A primeira e mais importante coisa que gostaria que você fizesse, é uma mudança radical de mentalidade.

A maioria dos homens vive suas vidas tentando obter o afeto das mulheres.

E é por isso que eles NÃO PODEM obtê-lo!

Não é irônico?

Afinal, você foi informado de que, se você é simpático, educado e gentil, então vai pegar a garota.

Não há nada de errado com esses comportamentos, porque polidez e bondade são traços de um cavalheiro.

No entanto, a maioria dos homens tende a confundir ser um cavalheiro com um filhote.

Ambos são gentis, simpáticos e educados.

No entanto, a diferença está nos detalhes.

Por um lado, o filhote é um seguidor e, por outro lado, o cavalheiro é um líder.

Daí porque as mulheres desprezam e rejeitam os homens com a mentalidade do filhote.

A mentalidade do filhote é: “Farei o que for preciso para te fazer feliz, mesmo que às vezes não goste. Só porque te faz sorrir.

Não é isso que um filhote de cachorro faz?

O cachorro está sempre tentando agradar seu dono e fazê-lo feliz.

Acorde!

Enquanto um filhote de cachorro real pode fazer isso e é realmente muito fofo, é repulsivo para uma mulher ver um homem se comportando dessa maneira.

Aqui está a diferença:

  • Filhotes de homens agem como se a mulher fosse o prêmio que eles têm para ganhar.
  • Homens de verdade agem como se fossem o prêmio que a mulher tem a chance de ganhar.

Meu amigo, se você não se vê como o preço, então você nunca terá a chance de conquistar uma mulher e levá-la para a cama.

Você é o prêmio que ela tem que ganhar. Não o contrário.

Você tem que acreditar que, se ela não quer estar com você, então ela é a única a perder uma tremenda oportunidade, enquanto você não tem que perder nada.

Se ela não quiser você, você pode sempre passar para o próximo.

Essa vibração deve ser transmitida através de suas ações e comportamento não-verbal. Você não vai dizer isso a ela, mas é assim que deve se programar para pensar.

Mandamento nº 2: fazer o mundo girar em torno de você (por exemplo, ser mais egoísta)

Priorize você e suas necessidades. NUNCA coloque as necessidades de outra pessoa antes da sua.

E isso inclui qualquer mulher, mesmo que essa mulher seja sua mãe, sua ex, sua namorada, sua esposa, sua irmã ou até mesmo a santa trindade.

Você faz o que quer com sua vida sem desculpas e sem arrependimentos.

Se você quiser sair à noite com suas amigas, saia e não se desculpe por isso.

(Nota: mantenha a sua integridade e auto-respeito altos, porque isso não significa que você pode desrespeitá-la e enganá  -la pelas costas. Outra coisa é se divertir com seus amigos enquanto demonstra respeito por sua namorada, e outra é ser um idiota, traindo-a com a primeira oportunidade que você recebe.)

Se ela quer que você saia sozinha, mas prefere ficar em casa e trabalhar na sua empresa, fica em casa e não pede desculpas pela sua escolha.

Lembre-se da regra nº 1.

Você é o prêmio. Não é o cachorrinho.

Homens de verdade não se desculpam por serem eles mesmos , enquanto os filhotes obedecem a vontade de seu mestre sem hesitação.

Como um homem de verdade, você deve fazer o mundo inteiro girar em torno de você, incluindo ela.

Isso não significa ser um idiota, desrespeitoso ou qualquer coisa. Isso significa que suas necessidades vêm em primeiro lugar e você não deve desculpas a ninguém por priorizar sua  vida.

“Mas eu vejo muitos homens sendo legais e tendo bons relacionamentos.”

Bem, as aparências enganam às vezes.

Você pode tentar ser o cara legal que não é egoísta e não pode soletrar a palavra “não” para sua namorada sem suor na testa e seu ritmo cardíaco subindo, bombeando sangue como um louco.

Pare de ser um cachorrinho simpático e obediente.

Priorize-se. Faça o que você quiser. Se ela não quiser ficar, a porta está sempre aberta.

Você deve ter medo de que ela possa te deixar por outro homem?

Não. Afinal, você é o prêmio. Ela é quem perde no momento em que ela deixa você e será instantaneamente substituída.

(Feministas podem, neste momento, ficar loucas, chorar e reclamar pelo que eu disse!)

Claro, as mulheres não devem ser substituídas como se fossem um carro ou um objeto sem alma.

Mas se uma mulher é desrespeitosa e não a trata da maneira que você quer ser tratada, então não há razão para ela estar em sua vida.

Obviamente, outra mulher assumirá seu lugar. Você não vai se tornar um mórmon.

Mandamento  nº 3: Nunca aceite fazer trapaça

Um homem que respeita a si mesmo não tolera qualquer comportamento de trapaça e não dá nenhuma segunda chance.

Se ela te trai ou fica lendo contos eroticos, você simplesmente diz “adeus”.

Uma mulher que te traiu não te respeita . Se ela não respeita você agora, ela nunca irá.

Nenhuma promessa de mudança deve fazer você recuar em suas palavras. Você deveria ser uma rocha. Se você der a ela uma segunda chance, ela provavelmente irá traí-lo novamente.

Se isso acontecer uma vez, é provavelmente porque ela é uma puta e não é sua culpa. Se isso acontecer duas vezes, a culpa é sua e você é o otário meu amigo.

Sem Segundas Chances

Deixe isso claro desde o começo. Se a conversa for para trapacear, deixe claro que você não a tolera por qualquer motivo.

Você deve ter medo de que ela o deixe para outra pessoa?

Bem, seu manequim, se ela te traiu, ela já tinha te deixado.

Tudo somado, se você tiver a mentalidade certa que eu falei em # 1, você não deve ter medo de que ela vai deixar você.

Se você tem a mentalidade de prêmio, ela é a única a perder deixando você.

Você não tem nada a perder.

Continue ousando e conquistando.

Até a próxima vez,

Leave a Comment

locação de impressora colorida

Meu empreendimento necessita de aluguel de impressora colorida, devo investir?

impressora colorida

Existem alguns tipos de negócios que requer o aluguel de impressora colorida, como lojas de designer, lojas de fotocópias, arquitetura, escolas, empresas de publicidade entre outras.

São casos em que a necessidade de aluguel de impressora colorida é imprescindível, quando o cliente não pode receber uma ilustração que não seja somente em uma cor.

Nestes casos é sempre importante investir em impressoras que tenham uma qualidade boa e que não gerem tanto custo.

Algumas impressões podem demorar em secar e borrar todo o projeto, assim como pode gerar um custo muito alto com cartuchos de tinta para impressora.

Justamente por isso, o aluguel de impressora colorida se torna algo cada vez mais interessante do que aquisição de um equipamento.

Afinal, você estará sendo orientado em qual aluguel de impressora é o mais adequado e ainda terá um plano de cartuchos com alta qualidade.

Não seria vantagem para a empresa que presta serviço de aluguel de impressora investir em máquinas ruins e cartuchos que não duram tanto, pois isto geraria um custo desnecessário para a empresa.

Por outro lado, se você fosse comprar hoje uma impressora colorida, pelo o que você optaria, pela qualidade ou pelo preço?

Com os recursos financeiros muito apertados devido à crise financeira que esta permeando todo o país, provavelmente você iria optar pelo custo menor.

A empresa que presta serviço de aluguel de impressora colorida tem em mente oferecer equipamentos que tem alta durabilidade no mercado!

Portanto, ao invés de comprar uma impressora colorida para a sua empresa, procure antes saber quais os benefícios e os serviços que uma empresa de aluguel de impressora colorida pode oferecer para você.

Afinal, um dia sua impressora colorida ficará obsoleta e você terá que comprar outra, por outro lado, a empresa que oferece aluguel de impressora irá oferecer uma troca por um modelo novo sempre que for necessário.

Esperamos que você tenha gostado do artigo. Deixe logo abaixo seu comentário, ok?

Leave a Comment

A Moringa é uma árvore muito boa

A moringa – Moringa oleifera – às vezes é chamada de superalimento. Este é um termo promocional sem definição científica, usado para promover vários produtos vegetais, especialmente aqueles que as pessoas realmente não gostam muito. Mas também, às vezes, esse termo pode esconder alguns dos benefícios de certas plantas; pode fazê-los soar como um alimento saudável para a saúde, com benefícios não comprovados e alegações duvidosas. No caso da moringa, “superalimento” é uma espécie de undersell; É uma planta com muitos benefícios nutricionais, mas também é fácil de cultivar e, talvez mais importante, pode ser cultivada em locais onde a comida é escassa. (Haverá mais desses lugares em breve.)

Primeiro, alguns antecedentes. Moringa é uma árvore de crescimento rápido; pode chegar a 12 metros de altura, mas tem galhos caídos e finos, geralmente e, com sorte, pesados com vagens longas, que parecem um feijão verde espesso e ondulado. É nativa do sul da Ásia, mas agora é cultivada em todo o mundo, incluindo a América Latina, o Sudeste Asiático e a África Ocidental.

De modo algum é a moringa uma nova planta. Tem sido comumente consumido no sul da Ásia há centenas de anos, e algumas pessoas parecem se divertir um pouco com o manto de superalimento da moda, um pouco como aqueles de nós do norte dos EUA se sentem sobre os blueberries sendo rotulados como tal, com o acrescentou fetichização de uma planta “tradicional” de algum lugar distante. O marketing é tudo muito bobo, mas a planta não é.

Quase toda a árvore é comestível. As folhas são cozidas como espinafre. Os seedpods são comestíveis quando jovens, geralmente fervidos. As sementes são comestíveis quando imaturas ou maduras; eles se parecem com pequenas bolas de futebol. As sementes também podem ser pressionadas pelo seu óleo. As raízes são comestíveis, com um sabor picante reminiscente de rábano.

A composição nutricional de todas essas partes é impressionante. As folhas contêm 27% de proteína em peso seco, incluindo uma gama completa de aminoácidos que os humanos precisam; isso é mais alto que quase qualquer planta além de leguminosas. Carrie Waterman, da Universidade da Califórnia, em Davis, vem estudando a moringa há anos e atesta os altos níveis de vitamina A, vitamina C, vitaminas B e manganês da planta .

Há muitos usos não alimentares também; as folhas têm “atividade antimicrobiana significativa”, de acordo com este estudo , e às vezes são usadas em ou como sabão. As sementes, quando secas, podem fazer parte de um tratamento eficaz de águas residuais . Em áreas com muito vento e longos períodos de seca, pode prevenir a erosão do solo.

Talvez mais importante, a moringa prospera exatamente no tipo de condições sombrias que provavelmente serão cada vez mais comuns no futuro . Prefere solo seco e arenoso, e é altamente tolerante à seca. É fácil germinar. Não tem problemas significativos de pragas. Para uma árvore, ela cresce muito rapidamente, produzindo muitos seedpods no segundo ano.

Porque moringa tem tantas possibilidades, várias pequenas empresas começaram a cultivar e comercializá-lo. A mais conhecida é provavelmente a Kuli Kuli, uma empresa americana dirigida por Lisa Curtis, de 30 anos, na Califórnia, que vende barras energéticas e suplementos em pó em lojas como a Whole Foods e enquanto Kuli Kuli valoriza as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da moringa, que a planta certamente tem, outros que trabalham com a moringa estão mais interessados na capacidade que a planta tem de fornecer nutrição àqueles que de outra forma não conseguiriam.

O projeto Kariba Redd, no norte do Zimbábue, treina e ajuda as comunidades locais a cultivar a moringa, naturalizada há algumas décadas. Dezenas de agricultores agora cultivam moringa lá, principalmente como uma cultura comercial. A Iniciativa de Desenvolvimento Rural, outro grupo, tem plantado moringa na Zâmbia desde 2013 , especificamente para o povo zambiano. A desnutrição é um problema sério na Zâmbia , com 40% das crianças com menos de 5 anos tendo um crescimento retardado e 53% sofrendo de anemia. O projeto de IDI agora tem milhões de árvores moringa plantadas, com dezenas de agricultores usando a moringa tanto como safra comercial quanto colhendo folhas e sementes para uso da comunidade.

Nas ilhas Tristão da Guiné, na África Ocidental, uma organização chamada Partenariat Recherches Environnement Medias (PREM) treinou mulheres para plantar e colher moringa, e forneceu estações de secagem movidas a energia solar para preservar o excesso de folhas, seja para uso local ou para ser pulverizado e vendido. É especialmente valioso em lugares onde o alimento primário – milho, arroz – não é muito denso em nutrientes.

Moringa é um projeto de estimação em todo o mundo. E apesar do marketing superalimentado, realmente tem algumas possibilidades incríveis para pessoas com insegurança alimentar, especialmente em regiões quentes e secas.

Leave a Comment