Skip to content

Acekard2 Posts

Coisas que não sabe sobre o cartão de credito

1. Você não tem que dever!

É perfeitamente possível usar cartões de crédito regularmente e ficar fora da dívida para sempre.

Como? Por cobrar apenas o que você pode pagar quando a conta chega. Use cartões de crédito como ferramenta de pagamento, não como instrumento de dívida rotativo.

Para que esse método funcione, você precisa rastrear as cobranças e o fluxo de caixa.

2. Saber quando empréstimos de curto prazo fazem sentido.

Às vezes, o financiamento de uma compra com cartão de crédito é prudente – desde que o prazo de pagamento seja curto.

3. A dívida é fácil, o reembolso é difícil.

Sem atenção cuidadosa, afundar em dívidas esmagadoras é notavelmente fácil.

Quando os portadores de cartão começam, seu limite de cartão de crédito é geralmente baixo, mas com o tempo ele normalmente sobe, o que torna a sobrecarga tentadora. Pagar dívidas é difícil porque, à medida que o saldo sobe, aumentam os juros e os pagamentos.

Com fundos prometidos para gastos passados, menos dinheiro está disponível para despesas atuais e futuras. Estava tentando aprender como aumentar a dívida do cartão de crédito Bradesco, para poder gastar mais, isso é uma loucura, e não vale a pena.

4. Dívida afeta sua pontuação de crédito.

Não só é aconselhável permanecer livre da dívida para o seu próprio resultado final, mantendo altos saldos afeta negativamente a sua pontuação de crédito.

Pagamentos oportunos também são vitais. Se você ficar para trás e pular um ciclo de faturamento, seu credor reportará a inadimplência após 60 dias para as três principais agências de relatórios de crédito (TransUnion, Equifax e Experian) e sua pontuação diminuirá notavelmente.

Perder mais pagamentos e você verá uma queda dramática na sua pontuação de crédito.

E essas marcas negativas não caem seus relatórios de crédito por um total de sete anos!

5. Desenvolver um plano de reembolso.

Mesmo se você estiver no fundo, você provavelmente pode sair da dívida com compromisso e um plano.

Limite os gastos a necessidades básicas para liberar dinheiro para pagar dívidas.
Pergunte aos credores se eles reduzirão as taxas de juros dos seus cartões.
Priorizar pagamentos por taxas de juros (pagar primeiro os saldos de juros altos).
Suspenda o carregamento no modo de reembolso.

6. não pode fazer um pagamento? Peça por ajuda.

Embora sua empresa de cartão de crédito não tenha a obrigação de aceitar menos que o pagamento mínimo solicitado, não tenha medo.

“Se isso não der certo, trabalhe com um conselheiro de crédito da Fundação Nacional de Aconselhamento de Crédito para elaborar um plano de pagamento”, diz ela.

7. Acomode-se com cautela.

Quer liquidar a sua dívida de cartão de crédito por menos do que o saldo real? É possível, mas você precisa oferecer uma quantia fixa, e a maioria dos credores exige que os devedores estejam pelo menos alguns meses atrasados.

É melhor organizar um acordo desse tipo, pois as empresas que o facilitam geralmente cobram uma taxa substancial e outras não são muito respeitadas. Ainda assim, os assentamentos só devem ser tentados após passos menos radicais para eliminar a falência da dívida, pois podem resultar em danos substanciais ao crédito e problemas fiscais.

“Perdoado dívida é frequentemente relatada como renda tributável”, diz Perlmutter, “e a menos que resultou de uma falência ou seus débitos foram maiores do que seus ativos quando você fez o acordo, você terá que pagar impostos sobre ele.”

8. Você não pode ir para a prisão por falta de pagamento, mas …

Se você está preocupado em gastar tempo atrás das grades por não pagar suas dívidas de cartão de crédito, saiba que não há prisão para devedores nos Estados Unidos. No entanto, existem outras repercussões legais das quais você deve estar ciente.

Um credor pode processá-lo em um tribunal de justiça, e se ele ganhar uma sentença, pode ser capaz de enfeitar seu salário ou aceitar propriedades e bens não-extorquidos.

Viver sem dívidas está dentro da capacidade de todos os titulares de cartão.

A chave é sempre estar ciente da cobrança e dos saldos, e resolver os problemas de crédito imediatamente.

Leave a Comment

Chubb Seguros: conheça a Chubb seguros e suas vantagens

Para quem precisa de segurança pessoal, empresarial e serviços de assistência para toda a família pode contar com o Grupo Chubb Seguros.

Atuante no mercado brasileiro desde 1973, a Chubb Seguros existe há mais de 100 anos e é uma das mais importantes seguradoras do mundo. Em 2012, a empresa registrou mais de U$ 60 bilhões entre ativos e receitas, e foi considerada a maior empresa norte-americana.

A Chubb oferece uma gama de serviços e produtos, atendendo pequenas, médias e grandes empresas, pessoas de alta renda e outros grupos relacionados às seguradoras de acidente, saúde e vida.

Saiba mais sobre a Chubb Seguros e quais suas vantagens para você fazer uma boa escolha. Acompanhe!

Chubb seguros - conheca a chubb seguros e suas vantagens

 

  • O que é a Seguradora Chubb?

 

A Chubb é uma Companhia de Seguros dos Estados Unidos, fundada em 1882. É uma Seguradora de propriedade e responsabilidade civil (empresarial e pessoal), seguro de vida, saúde suplementar, resseguros e seguro de carro.

Com vasta experiência na administração de sinistros e operações locais e globais, e uma ampla oferta de serviços, a Chubb Seguros tem alta solidez financeira e grande capacidade de distribuição.

 

  • Vantagens da Chubb Seguros

 

Como mencionado, o Seguro da Chubb oferece vários produtos e serviços de acordo com as necessidades de cada cliente. São inúmeras vantagens para os beneficiários dessa Seguradora, que faz jus ao posto de melhor empresa do ramo.

Dentro das vantagens da Chubb, estão incluídos os seguintes seguros:

  • de vida;
  • de Quebra de Ossos (proteção aos idosos);
  • de Viagem;
  • de carro;
  • de Acidentes Pessoais e Acidentes de Passageiros;
  • de Internação Hospitalar;
  • de Desemprego Voluntário;
  • de Residência;
  • de Roubo e Furtos de Portáteis;
  • de Roubo e Furto de Bolsa ou Mochila;
  • de Cartão de Crédito.

Quem deseja o Seguro Residencial, por exemplo, terá cobertura em caso de roubo, furto, danos elétricos, pagamento de aluguel (caso uma situação obrigue o inquilino a deixar o imóvel), incêndio e danos a terceiros.

Além disso, a Chubb Seguros não deixa você na mão caso precise de uma assistência em casa (encanador, eletricista, baby sister, etc), assistência pet e descarte ecológico.

 

  • Seguro Chubb para empresas

 

Outra grande vantagem da Chubb Seguros é a sua alta cobertura a diversos tipos de empresas – multinacionais, pequenas ou médias – e a sua especialidade em assumir riscos.

Com tantas responsabilidades e problemas que possam surgir, você, como empreendedor sabe que o mercado vai continuar a todo vapor.

Danos pessoais e/ou materiais a clientes, funcionários e ao meio ambiente podem acontecer no mundo todo, por isso, é importante ter um seguro que faça frente a esses problemas.

É pensando nisso que a Chubb oferece um seguro com muitos diferenciais, como flexibilidade em criar soluções e produtos, indenização por danos causados por contaminantes lançados no meio ambiente e custos judiciais de defesa, apenas para citar algumas.

Não é à toa que a Chubb Seguros é uma das maiores e mais importantes seguradoras dos Estados Unidos e está há mais de 40 anos no Brasil.

Ela tem o plano ideal para cada cliente, independente do tamanho da empresa, faz cobertura a uma extensa lista de situações emergenciais e com boa oferta de proteção.

Não espere muito para proteger seu patrimônio. Se a Chubb Seguros é para você, contrate!

Leave a Comment

Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais

Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais é importante, pois todos estes fatores danificam a pintura e ainda ressecam o verniz, provocando micro rachaduras. Confira como proteger o seu carro e evitar gastos para recuperar o veículo, no futuro.

Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais. Confira!

Se você não tem uma garagem para guardar seu carro, saiba que alguns cuidados são essenciais na hora de manter a pintura e peças do seu carro em boas condições.

Os índices ultravioleta estão, a cada anos, mais intensos, principalmente, no verão. Se o seu carro fica exposto aos reios UV, ao sereno e chuva, é bom começar uma rotina de cuidados. Confira algumas Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais.

Capa de Proteção

A capa de proteção sobre o veículo pode ser uma forma prática para quem costuma deixar o carro desprotegido, ao relento.

É, sem dúvida, uma opção mais prática para proteger a pintura do carro, mas, ainda sim, é preciso de alguns cuidados na hora de cobrir o carro.

No caso de o carro estar molhado, de a capa possuir rasgos é preciso ter atenção, pois pode aparecer manchar na lataria.

Aplicação de cera

Outra forma eficiente de proteger a pintura do veículo é aplicando cera. O produto protege contra os efeitos dos raios solares. A cera também é eficaz na proteção de dejetos de pássaros, já que evita que a sujeira fique fixa no veículo.

No entanto, para conseguir a proteção, é preciso escolher o tipo de cera ideal. Além disso, é preciso aplicá-la da forma correta.

Cristalização

Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais também podem ser feitos com a cristalização. A técnica aplica resina protetora sobre a pintura.

É uma opção que garante que a pintura ganhe mais durabilidade. O verniz original do carro também fica protegido.

Mas para garantir uma cristalização eficaz é preciso que seja feita por profissionais qualificados.

A cristalização é uma forma segura de proteger a pintura do carro. Pode ser feita com mais frequência do que o polimento e não traz qualquer tipo de dano ou risco para o automóvel.

Envelopamento

Envelopamento é uma técnica que protege o carro dos rádios UV. Na mais é do que a aplicação de um plástico forte e resistente sobre a lataria, o que impede os danos dos raios solares e arranhões.

O envelopamento também é feito com adesivos de alta resistência. Podem ser transparentes, fator que não altera a aparência do carro, mas também tem a opção pelos coloridos.

Protetor e painel e outras dicas

O protetor de painel é uma das maneiras de impedir que os raios ultravioleta danifiquem a parte interna do veículo.

Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais também é usar um papelão para proteger o painel. A medida é importante, pois, com o tempo, o sol danifica o painel e pode provocar ainda rachaduras e quebras.

O protetor é uma medida simples, mas é possível usá-lo para evitar os gastos futuros para resolver os danos causados pela falta de proteção.

Outras dicas importantes para evitar manchas no carro é lavar o carro sempre com sabão neutro ou xampu, mas de marcas específicas. Ainda é indicado secá-lo manualmente, em vez da forma natural. São medidas que ajudam a preservá-lo.

Evite usar produtos químicos, como sabão em pó e querosene. São produtos que podem manchar a pintura, assim como a lavagem for feita sob o sol.

Mas atenção, shampoos automotivos funcionam para carros com cores claras, mas não são indicados para os carros pretos.

Os produtos são mais densos e produzem muita espuma, será preciso de mais água para retirar o produto.

Aproveite para manter a proteção em dia com algumas dessas Dicas para proteger o carro contra sol, chuva e outros efeitos naturais.

Leave a Comment

Como combater o Alcoolismo

O alcoolismo pode dar uma surpresa, se não tiver cuidado. Quando sua vida social gira em torno de bares ou em festas todos os fins de semana, é difícil manter as coisas sob controle. Mudar a sua rotina e fazer um plano sério para reduzir o seu consumo é uma boa maneira de começar. Se chegar o momento em que você acha que passou de beber álcool casualmente a abusar dele, é hora de procurar ajuda externa. Se você seguir alguns passos simples, você pode aprender mais sobre como restringir o seu hábito antes de que o alcoolismo se torne uma realidade.

Mantenha o álcool fora de sua casa. É muito mais fácil do que o álcool se transforme em um hábito diário e insidioso se sempre o mantenha ao seu alcance. Se o seu armário de bebidas alcoólicas está sempre abastecido, você pode se sentir tentado facilmente. Se há uma garrafa de vinho meio beber ou um pacote de seis cervejas em seu refrigerador, será difícil não beber. O primeiro passo para evitar o alcoolismo é manter o álcool fora de sua casa, quando não tenha uma finalidade social imediata. Se você não quer deixar de beber, mas simplesmente diminuir o seu consumo de álcool a uma quantidade saudável, não se cercar de que ele é um bom ponto de partida.

Atende a sua cozinha com outras bebidas saborosas que possa substituir o álcool quando quiser algo reconfortante para beber. O chá, água com gás, a limonada, a cerveja de raiz e os refrigerantes são melhores para a sua saúde do que o álcool.

Se você tem uma festa e há muito álcool de sobra, dá-o aos seus amigos. Se ninguém o quer, deita pelo ralo. Não se sinta obrigado a terminártelo só porque não quer que se jogue fora.

Não bebas quando se sentir mal. Beber quando você está entediado, sozinho, estressada, triste, ou sob a influência de qualquer outra emoção negativa pode provocar uma dependência do álcool. Devido a que o álcool é um depressor, na verdade, pode piorar ainda mais as coisas. Bébelo apenas em ocasiões sociais, quando todos estiverem transferindo-se bem e tenha uma razão para comemorar.

Não caia na armadilha de fazer com que cada dia seja um dia para comemorar. Certifique-se de guardar a bebida para ocasiões realmente especiais, quando alguém tiver algo digno de celebrar.

Diminui a velocidade de seus sorvos. Se tiendes a beber bebidas, é mais provável que bebas demasiado em qualquer ocasião. Diminui a velocidade sorver seus bebidas lentamente, tomándote mais tempo para terminar cada uma. Você pode ajudar nisso pedir suas bebidas sozinhas, de forma que o sabor doce das bebidas para misturar não disfarce o álcool e te faça pensar que você não está bebendo nada. Também deve beber um copo de água ou um refrigerante para cada bebida alcoólica que consumas.

Beber água irá ajudá-lo a llenarte e vai mantê-lo hidratado. Será menos provável que beber álcool em bebidas, se você está adequadamente hidratado e se sentir mais cheio.
Não se involucres em concursos de beber cerveja ou em qualquer atividade que envolva beber quantidades excessivas de álcool drinques em um curto período de tempo.

Pára de ir a bares tão frequentemente. Devido a que o propósito dos bares é vender bebidas alcoólicas, automaticamente você vai se sentir pressionado para comprar uma. As baixas luzes, o cheiro de álcool misturado com perfume ou colônia, e a vibe sexy que todos os paroquianos exalam apresentam uma atmosfera que pode ser difícil de resistir. Devido ao fato de todo o ambiente está focado na bebida, é melhor evitar completamente os bares quando você está tentando reduzir o seu consumo.

Se você é convidado a uma função social que será realizada em um bar, como a “hora feliz” com seu chefe e seus colegas, é de pedir água com gás ou qualquer outra bebida sem álcool. Se o lugar tem um menu de comida, pede algo para que de todas as formas sentir que você está dando um gosto.

Quando você vai a bares, escolha lugares que ofereçam mais do que apenas bebidas. Por exemplo, vá para um lugar com mesas de bilhar e bocha de forma que o foco não seja apenas a quantidade de álcool pode beber. É possível que te seja mais fácil beber menos quando há distrações.

Conheça também o único remédio realmente eficaz contra o alcoolismo. É o Life Drink. Clique no link e saiba tudo!

Leave a Comment

Saiba porque a Obesidade está ligada às emoções

Certamente, você já conhecido alguma pessoa que sofre de obesidade Pode ser simpático ou a simpática do grupo ao qual fazia parte. Em muitas ocasiões suas faces expõem um grande sorriso, mas com olhos de muita tristeza.

As pessoas obesas podem aparentar ser feliz –e sem problemas na interação social–, mas, ao mesmo tempo, ter sentimentos de inferioridade, dependência e grande necessidade de ser amados.

Apesar de que muitos estereótipos difundir a imagem de que as pessoas “llenitas” são engraçadas e joviales, o certo é que costumam estar sujeitas a constantes críticas, piadas pesadas, pressões e expressões ofensivas por parte dos que os rodeiam, de modo que podem experimentar sentimentos de angústia, tristeza e depressão leve, mesmo em idades muito precoces.

Sabe-Se que a obesidade favorece o aparecimento de câncer, diabetes, hipertensão, infartos cardíacos e cerebrais, distúrbios no sono e desgaste de articulações, mas não sempre se fala das conseqüências desfavoráveis que gera na saúde emocional e auto-estima do indivíduo.

A obesidade é a causa e a consequência de inúmeros problemas psicológicos. O excesso de peso tende a provocar transtornos como a depressão ou a ansiedade, é um problema que dificulta a forma de vestir, o exercício diário, ou até mesmo, o simples fato de sentar-se. Altera a auto-estima e qualidade de vida das pessoas, as quais muitas vezes são discriminadas.

De acordo com relatórios emitidos pela Organização Mundial de Saúde, a obesidade é um dos 10 principais desafios que deve enfrentar a ciência médica em todas as nações, por causa que desencadeia doenças potencialmente mortais e, acima de tudo, o alarmante avanço que teve nas últimas décadas.

Muitas pessoas cedem ao impulso de comer desaforadamente e de forma compulsiva quando são submetidas a situações de raiva, stress ou falta de auto-estima. Se você come emocionalmente, se engorda irremediavelmente. Para controlar seu peso, “a pessoa deve controlar seus sentimentos, em vez de alimentar o ego com a comida que encontre em seu caminho”, observam os especialistas.

Comer em resposta a estímulos emocionais pode aliviar a tensão. Mas esta reação se torna perigosa para o peso corporal e a saúde quando se torna hábito, leva a comer em excesso e escapa ao controle do afetado.

Por que nos levamos a comida na boca quando nossas emoções desbocan? As raízes estão nos hábitos aprendidos na infância, quando se lhe dá de comer ao bebê que chora ou se dá um doce ao pequeno que sofreu um risco para consolá-lo, relacionando a comida com o alívio do desconforto.

Se uma pessoa come alimentos quando está alterada, inconscientemente trata de aumentar os seus níveis de serotonina, uma substância produzida pelo organismo que regula os estados de ânimo.

Quando se come muito para distrair, disfarçar ou ignorar os sentimentos se originam sentimentos de culpa, vergonha e raiva consigo mesmo por ter abusado da comida como um recurso. Também surgem o vazio e a frustração, porque as necessidades de afeto, comunicação, confiança, liberdade, sucesso ou de ser correspondido, não se vêem satisfeitos com a comida (com o que se cria uma nova tensão e um desejo de voltar a comer).

Os pacientes obesos ou com excesso de peso sustentam mitos como: “eu tomo um copo de água e engordo”, “é um problema glandular”, “eu faço dieta e perda de peso”, “não jantar”, “toda a minha família é pequena e por isso eu também”, etc., o que os leva a considerar-se vítimas de seus sofrimentos e circunstâncias e não lhes permite controlar o problema.

O seu excesso de peso representa a necessidade de proteção. Procuramos proteção de feridas, provocações, crítica, maus-tratos, etc., A obesidade reflete o nosso medo da vida. Quando sentimos que nos falta de afeto, quando depositamos nosso amor e a nossa confiança e nos sentimos traídos decepcionados ou não correspondidos, aparece a obesidade.

Quando temos a sensação de que a vida não nos responde como queremos, começamos a sentir-nos desprotegidos e isso se reflete no nosso corpo que cria uma proteção falsa: a gordura.

Agora, entendemos que os alimentos podem ter uma forte carga emocional e por que para a pessoa que sofre de obesidade é difícil abrir mão de uma de suas mais importantes fontes de prazer.

Por isso, coloca-se a necessidade de abordar psicologicamente esse problema com uma abordagem completa, ou seja, tendo em conta as variáveis cognitivas (crenças), afetivas (tratamento de estados emocionais displacenteros) e as variáveis ambientais (costumes, hábitos familiares, etc.). Caso contrário, qualquer tratamento ou cirurgia tenderá a fracassar e a obesidade vai voltar pouco depois.

Leave a Comment

Aprenda com os Jogadores Como Alcançar seus Objetivos

O que pode sentir um jogador em um estádio cheio, com cerca de 40.000 pessoas que lhe fazem a barra ao time adversário? Qual é o impacto emocional de jogar o mundial pela primeira vez? O que pensa Ospina, o goleiro da Colômbia, quando estão de pé um pênalti contra?

Em época de mundial, tirar proveito desses admiráveis jogadores para aprender com eles. Um futebolista de alto-nível deve render-se exclusivamente a seu objetivo, não se distrai, embora tenha um estádio completo abucheándole e dizendo que não pode. A confiança é a aptidão psicológica decisiva nesse momento, já que, sem ela, um jogador de futebol bem treinado fisicamente, só rende 50% de seu potencial.

Frequentemente, observa-se como formadores dirigem para seus jogadores, afirmações do tipo: “você Tem que dar o máximo do que você tem”, “vamos por todas”… Estas afirmações levam-nos a uma abordagem positivista da motivação do sujeito e a favorecer a auto-confiança.

A auto-Confiança é definida como a crença de que se pode realizar com sucesso uma tarefa sem a ajuda de fatores externos. As vantagens que proporciona a auto-confiança, são numerosas e, em momentos chaves, fazem com que o atleta faça a diferença.

A motivação também é um dos pilares fundamentais para que um jogador possa dar 100% no final dos anos noventa minutos de um jogo. Pep Guardiola, que foi o treinador do Barcelona, um renomado time espanhol, renunciou quando sentiu que já não era capaz de motivar a sua equipe. É primordial que o jogador desenvolva uma motivação intrínseca (interna–auto-motivação), para o qual é um fator de grande peso, o conhecimento do por que e para que faz as coisas. Esquematicamente, a motivação torna-se uma resposta dirigida à satisfação de uma necessidade, seja objetivo e/ou meta proposta.

Assim mesmo, a concentração é um fator comportamental importante a considerar no decorrer de um jogo de futebol, especialmente no que diz respeito ao parâmetro temporal. A concentração consiste em chamar a atenção sobre os aspectos mais determinantes do exercício que estamos fazendo, e por sua vez, manter este foco de atenção durante o tempo que durar a tarefa, mas é evidente que este foco de atenção pode flutuar em momentos pontuais.

E, finalmente, a disciplina como qualquer outra habilidade necessária para manter um alto desempenho. Como bem sabe, os jogadores de futebol têm treinos físicos permanentes, praticam a técnica e o conhecimento de seus adversários e cuidados na alimentação. Embora sejam os melhores do mundo, mantêm a disciplina diária. Sempre são conscientes de que podem melhorar, por isso, nunca paramos para continuar com seu objetivo.

Lembre-se dessas chaves, para que sejas de desempenho na consecução de seus objetivos:

– Escolha um objetivo, algo que você quer em um futuro próximo, deve expressar um sentimento forte em relação a algo que você deseja alcançar intensamente. Escreva uma breve descrição de seu objetivo.

– Confia em ti e nas tuas capacidades para o conseguir.

– Acredita em pessoas que te rodeiam e fazem parte de sua equipe.

– Motívate com os resultados que quiser alcançar e repítelos permanentemente.

– Concentre-se no seu objetivo e não perder de vista tudo o que você deve fazer para obtê-lo.

– Volta-te surdo e cego para os comentários de pessoas que te dizem que você não pode.

– Gera um plano para atingir seu objetivo e seja muito disciplinado todos os dias para alcançá-lo.

– Treine-se em tudo o que precisa para ser melhor neste caminho que você está traçando.

– Nos momentos em que você sente que não tem forças, lembre-se que você pode conseguir, que tudo na vida requer um esforço, que você está preparado e que é muito importante para você conseguir isso.

Leave a Comment

10 Benefícios de Praticar Atividade Física

Muitos são os benefícios que se obtêm quando se realiza de forma constante algum tipo de atividade física, o exercício não só afasta do sedentarismo, além disso, aumenta a qualidade de vida e saúde.

Uma pesquisa realizada na cidade de Bogotá diz que 12 de cada 100 pessoas que fazem algum tipo de exercício ao ar livre ou em academias de ginástica, mas também há que mencionar que a cada dia são mais as pessoas que procuram tempo para fazer exercício, graças a programas de conscientização e motivação para gerar espaços de atividade física.

O conceito de atividade física é muito amplo e variado, já que qualquer movimento produzido pelo nosso corpo é a atividade física, mas a atividade mais saudável é a que se realiza dirigida e consciente, que é em um espaço adequado e com o objectivo de ir mais além de um gasto de energia e consumo calórico corporal.

Além de que sempre vai existir um benefício físico, há outros como o mental e emocional, já que é uma forma natural de combater e enfrentar os sintomas de ansiedade, stress geral e até a depressão, melhora a qualidade do sono e a partir disso a lista de benefícios é muito extensa.

Abaixo listamos 10 benefícios da atividade física:

1-. Aumenta a massa muscular, melhorando a postura corporal: ajuda a ter consciência corporal de nossos movimentos e posturas.

2-. Reduz o risco cardíaco, diminui a tensão arterial e os níveis de colesterol.

3-o. Promove a imunidade.

4-. Ajuda a produzir hormônios do bem-estar: dopamina, serotonina e endorfina.

5-. Previne o aparecimento de diabetes, que regula os níveis de glicose no sangue.

6-. Favorece o aumento da potência cerebral, reduzindo a depressão e aumenta a confiança na imagem corporal.

7-o. Mantém e melhora a flexibilidade: músculos elásticos e movimentos mais livres.

8-. Previne problemas respiratórios e melhora a asma  brônquica, ajuda a aumentar a capacidade pulmonar e a condição física em geral.

9-. Reduz o peso e melhora a digestão, complementado com uma alimentação saudável e balanceada ajuda a evitar quadros de prisão de ventre.

10-. Melhora a calcificação dos ossos, prevenindo a osteoporose e a osteopenia

Há que se lembrar sempre que se for realizar algum tipo de atividade física, que é importante uma alimentação balanceada, acompanhada de uma hidratação constante. Também há que contar com o equipamento adequado para cada tipo de atividade física. Para colocar o corpo ativo! “Mente sã em corpo são”.

Leave a Comment

7 Vegetais para Incluir na sua Dieta

Por seu aporte nutricional e seus baixos níveis de gordura, recomenda-se que os vegetais estejam sempre presentes em uma dieta diária. Mas, para além desta recomendação, vegetais como as acelga, alho, brócolis, espinafre, aspargo, o gengibre, a cenoura, são considerados imprescindíveis.

Entre os grandes benefícios dos vegetais é necessário destacar o baixo consumo calórico e a escassa presença de colesterol. Além disso, auxiliam na formação de glóbulos vermelhos por ácido fólico conteúdo, incluem quase todos os tipos de vitaminas como a A, C, etc., e mantém a pele fresca e saudável.

Também contém fibras que ajudam a diminuir os níveis de colesterol e regular a glicose, diminuindo a possibilidade e o risco de morte por doenças do coração, melhoram a atividade digestiva, etc…

A seguir, apresentamos os benefícios listados por cada um dos vegetais citados anteriormente:

Acelga: é um vegetal muito benéfico abundante em folatos e beta-caroteno, com propriedades antioxidantes.

Alho: família da cebola, rico em alcina (um composto de enxofre), contém vitamina B, C, rico em cálcio, potássio, ácido fosfórico, zinco e cobre. Considerado pela ciência moderna como um “superalimento”.

Brócolis: é muito conhecido e importante por suas propriedades anti-cancerígenas, contém vitamina A, C e e, rico em aminoácidos, zinco e potássio. Contém carboidratos muito baixos e facilmente digeríveis.

Espinafre: fornece poucas calorias, zero de gorduras com talos são ricos em fibra, mais ainda do que suas próprias folhas, destaca-se o seu conteúdo em fósforo, magnésio, potássio, cálcio, ferro, vitamina A, C, E, K e vitaminas do grupo B (B1, 2, 6) um ótimo antioxidante.

Espargos: contêm ácido folico e vitamina B12, de grandes benefícios, como o fortalecimento do cérebro, um alimento de grande sabor que se consome em todo o mundo.

Gengibre: é utilizado para melhorar a absorção de nutrientes no organismo, previne a prisão de ventre e promove uma melhor digestão, acelera o metabolismo, regula os níveis de colesterol e é um ótimo antioxidante. Elimina a tontura e a vertigem.

Cenoura: com grandes qualidades benéficas para a saúde e a estética, melhora a visão e ajuda a prevenir a presbiopia, diminui o colesterol no sangue, rica em potássio e vitamina B, fortalece o cabelo e as unhas. Tem um rico conteúdo de antioxidantes e beta-caroteno, excelente para o bronceo.

Em um novo estudo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de 5 porções diárias -que, segundo a organização – ajudam a prolongar a vida. A soma total é de cerca de 400g por dia. Outra pesquisa do University College London assegura que sete porções por dia reduz o risco de morrer de doença cardíaca ou câncer.

Estes vegetais podem ser consumidas cruas ou cozidas, já que em ambas as opções adicionam um sabor especial, colorido e textura diferente dos nossos alimentos do dia. Recomenda-Se também acompanhar sempre os pratos de uma boa hidratação com água natural, e para obter melhores resultados digestivos que se refletirão na saúde.

Um conselho: antes de preparar seus vegetais, enjuágalos com água abundante.

Leave a Comment

Como Combater a Preguiça?

A preguiça é algo que todos nós já sentimos em algum momento de nossa vida. É algo natural, mas, quando nos afasta de nossos objetivos, pode se transformar em um problema.

A preguiça faz com que o desempenho em qualquer área de nossa vida seja pobre e medíocre. Faz-Nos sentir frustrados por nosso pouco rendimento, pode gerar ansiedade e depressão ao ver que não somos capazes de fazer o que gostaríamos.

Em alguns casos, a preguiça pode ser até mesmo uma defesa: quando sentimos que não temos a capacidade ou que não podemos fazer algo, não é de estranhar que a preguiça se manifeste com força, como uma desculpa…

A preguiça mais perigosa é aquela que condiciona o nosso comportamento e nos impede de levar uma vida normal. Nossa vida pessoal e profissional pode ser afetada pela filosofia do “deixa para amanhã o que você pode fazer hoje”. Adiar, adiar, procurar desculpas para não fazer o que deve ser feito, são umas das formas de se manifestar.

A disciplina é a cura para a preguiça. Parece fácil, mas exige um esforço e uma determinação para que a preguiça deixar de dominar as nossas vidas. A disciplina é, basicamente, a capacidade de passar para a ação, mesmo que não tenhamos motivação, fazer o que deve fazer, quando deve fazê-lo, tanto se me apetecer, como se não.

Hoje quero compartilhar contigo os exercícios que você pode começar a praticar, para que a preguiça desapareça de sua vida pouco a pouco:

-Se você se esquece constantemente de suas metas, ou se não conseguir visualizar a imagem, por culpa da preguiça, escreva os seus objetivos a cada semana. Coloque a lista em todos os lados. Ponte “notas” na tela de seu telefone ou seu computador. Cria metas diárias, mensais e até anuais para que mudem a cada dia, como um protector de ecrã.

-Tenta a técnica do 40/5. Isto é: 40 minutos de trabalho (chamadas, trabalho com o computador, limpar, estudar…) e 5 de descanso. A do 60/10 é a mesma, mas mais difícil ou desafiador.

-Estabelecer tempos: O mais difícil é começar. Se você olhar uma hora para fazer alguma coisa, que seja essa e sem pensar. Também podemos estabelecer um tempo para realizar a atividade. Por exemplo: “Trabalharei no relatório de 8 a 10”, “Purificarei durante quinze minutos”, Estudarei meia hora”. Uma vez, entrando na matéria, o que vem depois é mais fácil.

-Não se aproxime do sofá, até que não se merezcas um descanso. Se você se sentar para descansar, estabelece um limite máximo de tempo para o retorno ao trabalho ou outras atividades. A autodisciplina requer fazer o que deve ser feito, quer você goste ou não se goste.

-Come de forma saudável. A comida rápida não dá a seu corpo os nutrientes que ele precisa para ser ativada. Um organismo com pouca energia se torna preguiçoso com mais facilidade e você se sente apático. Uma boa idéia é visitar o médico para que lhe faça um check-up geral e verifique o que acontece com a sua falta de energia.

-Evite os alimentos com açúcar. Os açúcares artificiais podem dar-lhe uma descarga de energia no momento, mas mais tarde produzem uma queda em picado do açúcar no sangue e fazem você se sentir cansado e com fome. A má alimentação estimula os comportamentos negligentes.

-Tomada de água fria quando você se sentir preguiçoso. A água estimula o cérebro e aumenta o seu desejo de atividade e de terminar as coisas.

-Faça exercício. Sal a correr ou caminhar pelo seu bairro várias vezes por semana, assim você conseguirá melhorar a sua aparência e o seu estado de espírito. Exercitá-las fisicamente, te dará muita motivação e evitará que você se sentir preguiçoso. Se você nunca fez exercício, lembre-se aquecer primeiro com movimentos suaves, e depois começar devagar. Se intestas fazer muito exercício ao princípio, no dia seguinte sentirá tanta dor em seu corpo que você poderia abandonar. Assim que começa calma e aumenta a quantidade de exercício gradualmente.

-Faz a cama em quanto te e ao levantar-te: por que começamos por isto? Que preguiça de fazer a cama nada mais se levantar! Pois, precisamente por isso, para começar a condicionar o nosso cérebro, o nosso estado interno, a entrar em um modo de disciplina, um modo de ação. Há que fazer o que tem que fazer, e quanto mais cedo o fizer, melhor. Há uma razão pela qual os soldados se lhes instrui para fazer a cama em forma perfeita: porque condiciona o seu cérebro a entrar em um modo de disciplina.

-Indica o seu objetivo: Por exemplo, quando toca de ir ao ginásio, você pode pensar de uma destas duas coisas:

1) “Que preguiça me dá ir ao ginásio, com o bem que eu estou deitado / assistindo tv / jogando no computador”

2) “Que bom corpo se vai ficar e que saúde de ferro eu vou ter se eu continuar indo ao ginásio, como até agora”.

Visualizar o objetivo atingido nos dá aquela motivação extra que às vezes nos faz falta, principalmente quando o objetivo é a longo prazo (recompensa diferida), é uma forma de “trazer” o resultado do futuro e que nos motive como se tivéssemos diante.

Quando estiver duvidando em se fazer ou não uma tarefa, pensa para si mesmo: “Vou fazer o que tenho que fazer, então posso fazer o que eu quero fazer”.

Leave a Comment

Bem-vindos ao meu Blog!!

Hoje o nosso site está no ar!! Nele ireis vendo progressivamente, as soluções para as mais diversas coisas da vida que nos dão mais comuns e também um guia para ser
feliz todos os dias !!E pouco a pouco, conseguiremos.

Convidamos-vos a navegar por nosso site e conhecê-lo em profundidade. Você pode consultar nosso fórum, olhar para as origens de notícias RSS que selecionamos especialmente para você, e se você se inscrever até mesmo inserir seus próprios contidos neste site; participar no nosso fórum ou conhecer a parte lúdica da nossa página.

Nosso site é totalmente aberta, Participe!!!

Leave a Comment