Skip to content

Acekard2 Posts

Graduação Online: Como fazer graduação Online?

O Ensino a Distância (EAD) é uma das modalidades de ensino que tem feito muito sucesso nos dias atuais. Porém, ainda há muito receio e gera muitas dúvidas quando o assunto é graduação online. Muitas pessoas se sentem atraídos pela flexibilidade de horários, praticidade e baixo valor de mensalidade, mas as vezes acabam não se matriculando por dúvidas e medo quanto a aceitação de seu diploma no mercado de trabalho. Por ter essas dúvidas que separamos para você algumas informações sobre o ensino a distância.

Certificado EAD

O certificado de uma graduação online tem a mesma validade que o certificado de um curso presencial, mas para isso, a instituição de ensino precisa ser reconhecida pelo MEC. Se o curso tiver esse reconhecimento pelo Ministério da Educação, você não terá problemas quando o assunto for certificado.

Aceitação no mercado de trabalho

Você que tem a preocupação do seu curso de graduação online não ter aceitação no mercado de trabalho, você deve ficar tranquilo. Cada vez mais o ensino a distância vem conquistando credibilidade, muitas empresas hoje já consideram as pessoas formadas nessa modalidade. Isso porque, eles sabem que quem faz um curso online, possui algumas habilidades importantes.

Mas onde fazer uma Graduação Online?

Se você já está convencido de que a Graduação online é uma ótima alternativa para você que quer cursar uma faculdade, agora só falta escolher o curso e instituição. O curso, nós deixamos por sua conta, mas a instituição, separamos abaixo algumas das melhores instituições de ensino que oferecem cursos de graduação online, veja a seguir:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Universidade de Franca (UNIFRAN)
  • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Para se matricular, basta você escolher o curso, a instituição e fazer a sua matrícula pelo próprio site. Você precisa preencher as informações, inserir os documentos necessários e fazer o pagamento da matrícula, após isso, você já estará matriculado.

Leave a Comment

Veja tudo sobre o seguro viagem Itália

Viajar para um país diferente é uma situação que exige alguns cuidados. Com o seguro viagem Itália, por exemplo, o viajante tem mais tranquilidade e garante que sua estadia no país seja a mais proveitosa possível.

Além da tranquilidade, o seguro viagem Itália é obrigatório para ingressar no país.

Neste texto, vamos abordar os principais aspectos sobre o seguro viagem Itália.

Seguro viagem Itália: o que é?

O seguro viagem Itália é um tipo de seguro especial que garante a cobertura financeira de diversas situações repentinas que podem ocorrer durante a viagem.

Dentre a cobertura do seguro viagem Itália, podemos destacar a ajuda financeira com despesas médicas e hospitalares, despesas com farmácia, despesas jurídicas, extravio de bagagens e em casos mais extremos, ajuda financeira com o translado do corpo quando ocorre um falecimento.

Além disso, o seguro viagem Itália é exigido no momento do desembarque do aeroporto.

Seguro viagem Itália: é recomendado?

Se tratando da Itália, o seguro viagem Itália não é apenas recomendado, mas é obrigatório.  Devido a legislação do continente europeu, é necessário que se tenha um seguro viagem com cobertura de no mínimo 30 mil euros.

As autoridades no momento da imigração poderão solicitar a apólice do seguro viagem Itália. Caso o viajante não possua, ele poderá ser deportado e perder todo o planejamento da viagem.

Seguro viagem Itália: é seguro?

Existem diversas empresas que oferecem o seguro viagem Itália. Mas antes de escolher uma destas empresas, é recomendado que o viajante faça uma pesquisa pois há diferenças nos valores de seguro e áreas de cobertura.

Em todas as companhias renomadas no mercado, o seguro viagem Itália é totalmente seguro, sendo um dos documentos principais para garantir a entrada no país europeu.

Você sabia destes detalhes sobre o seguro viagem Itália? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto?

Leave a Comment

O Que Faz Um Corretor De Plano De Saúde?

Na hora de contratar uma operadora de saúde, antes é comum que passemos pelo corretor de plano de saúde(Saiba mais clicando aqui).

Afinal de contas, ele é quem fornece um serviço de busca do plano de saúde ideal. Ou seja, ele atende cada consumidor de acordo com suas necessidades e objetivos.

Desse modo, de forma a fornecer as melhores opções e com os melhores preços possíveis.

Em geral, eles são importantes para mostrar um comparativo de planos. O que torna a decisão do consumidor muito mais fácil!

Portanto, para entender mais a função do corretor de plano de saúde, continue lendo e tire suas dúvidas.

O Que Um Corretor De Plano De Saúde Faz?

O corretor de plano de saúde é um profissional que atua dentro do mercado de vendas e da saúde ao mesmo tempo.

Isso porque o seu papel é a prestação de serviços a terceiros! Ou seja, ele faz a mediação entre operadores de saúde – as empresas que oferecem determinados planos.

Com o público consumidor, assim sendo, as pessoas que desejam contratar um plano independentemente de ele ser:

  • Individual;
  • Familiar;
  • Empresarial.

Desse modo, ele atua juntamente a uma concessionária que está autorizada a comercializar os planos de saúde de uma ou mais operadoras do mercado.

Bem como, também pode atuar de forma totalmente freelancer. O que caracteriza sua atuação como autônoma as concessionárias.

Em geral, o corretor de plano de saúde atua sem horário fixo e como home office, que é quando ele não precisa atuar dentro de escritórios.

Quem é freelancer trabalha assim, pela falta de vínculo empregatício. Mas, em algumas concessionárias o mesmo acontece pela questão da economia com locação para ambiente de trabalho.

Com isso, é muito comum que o horário de trabalho seja flexível e permita ao corretor ter outra atividade remunerada.

De modo que seja possível aumentar ainda mais seus ganhos mensais. no entanto, se dedicar mais tempo apenas a essa função também é muito lucrativo.

Como O Corretor de Plano de Saúde Atua?

O corretor de plano de saúde é um profissional que recebe comissões pelas suas vendas, assim sendo, quando alguém contrata um plano com ele.

Portanto, quanto mais ele vende, mais ele ganha. O que se torna ainda mais importante com o profissional freelancer que não possui um piso.

É por isso que ele deve ter um excelente atendimento e dar total assistência aos consumidores.

Afinal de contas, ninguém quer ser mal atendido, certo? Provavelmente, alguma vez você já deixou de comprar algo por isso.

Dessa forma, ele aborda o cliente interessado da aquisição de um plano, conversa para entender exatamente:

  • Necessidades;
  • Objetivos;
  • Faixa etária;
  • Condições financeiras.

Ou seja, tudo aquilo que ele deseja ter em um plano de saúde por um valor que ele possa pagar.

Com isso, ele analisa o perfil do cliente e oferece as melhores opções para ele. Em geral, apresentadas em uma tabela de preços comparativa.

Por fim, ele ainda auxilia o consumidor no preenchimento das propostas que serão levadas as concessionárias para fechamento de contrato.

Logo, em seguida, acontece a revisão desse e sua implementação. Após confirmação, o corretor de plano de saúde recebe pelos serviços prestados – e mediados.

Vantagens de Ser Um Corretor de Plano de Saúde:

O corretor de plano de saúde tem então, diversas vantagens em sua atuação. Mas, podemos citar as principais delas sendo:

  • Lucro exponencial: ou seja, ele não possui um limitante de ganhos já que tudo depende do quanto trabalha suas vendas.
  • Desenvolvimento pessoal: por ter uma rotina desafiadora na qual, precisa trabalhar seu atendimento com persuasão e carisma. Isso gera um maior desenvolvimento pessoal (habilidades) que agreguem valor à sua vida pessoal e profissional.
  • Flexibilidade: quando trabalham home office, eles possuem flexibilidade de horário, na atuação e até mesmo para ter outra atividade se desejar.

Conclusão

Neste artigo, vimos o que faz um corretor de plano de saúde, sendo essa uma prática bastante vantajosa e lucrativa.

Afinal de contas, ela oferece uma boa chance de ganhos. Já que esses não possuem limitações, sendo definidos pelo total de vendas comissionadas.

Por isso, é muito importante ser carismático e persuasivo, para oferecer um atendimento excelente e que converta vendas!

Gostaria que mais pessoas se beneficiassem desse conteúdo? Compartilhe-o nas redes sociais.

Leave a Comment

5 Lojas De Bijuterias Que Vendem Pela Internet – As Melhores Opções!

Seja para uso pessoal ou para revender, criando seu próprio negócio, hoje a melhor opção é comprar em lojas de bijuterias online.

Isso porque você adquirir o que deseja do conforto de casa. Ou seja, na palma da mão você tem acesso a diferentes opções de forma facilitada.

Além disso, você irá comprar as melhores bijuterias com segurança e entrega garantida.

O que possibilita que você consegue uma renda extra ou fixa. Pois, esse é um negócio bastante lucrativo com potencial de crescimento.

Tudo isso, com uma boa margem de lucro se você investir em qualidade. Quer conhecer as melhores para você? Continue lendo!

Lojas De Bijuterias Online

Seja para complementar a renda e pagar despesas ou para realizar sonhos pessoais, revender bijuterias é uma ótima oportunidade de negócio.

É possível afirmar, que revender acessórios sempre foi um negócio lucrativo. Hoje em dia, isso é ainda mais, pois, você encontra facilidades na internet.

Afinal de contas, você não vai precisar se deslocar até determinados locais, muitas vezes limitados, para comprar seus materiais.

Você pode fazer isso do conforto de sua casa. O melhor de tudo? Com total segurança e diversas opções, basicamente, ilimitadas para você escolher.

Outro ponto positivo é que na internet você consegue preços mais atrativos, pela grande concorrência e competitividade.

Portanto, o que você precisa é apenas aprender como escolher bem seus produtos. Nesse sentido, separamos para vocês as melhores opções.

Bem como, iremos dar aqui algumas breves dicas de como escolher, para que você consiga lucrar muito e quem sabe criar um negócio próprio!

  • Como escolher peças: leia a descrição sobre o material do produto no site, veja qual sua classificação (bijuteria barata ou finas, folhados, semi joias, etc) e se ela é a ideal para seu público.
  • Preço: analise o custo-benefício antes de escolher, ou seja, a quanto você compra e o preço justo para revender. Com isso, qual a sua margem de lucro?

Melhores Lojas De Bijuterias Online

Então, agora que você já sabe um pouco mais sobre como escolher suas peças nas lojas de bijuterias, vamos conhecer as melhores?

1. Bela Bijuterias:

Irei começar a lista, com a Bela Bijuterias(clique aqui), a melhor de todas as lojas de bijuterias online que separamos.

Nela, você encontra diversas opções de acessórios incríveis. O melhor de tudo, é que ela não se limita a bijuterias comuns.

Como também, vende peças mais elaboradas, as bijuterias finas cravejadas com zircônias e algumas com pérolas (imitação).

Além disso, você também encontra peças artesanais e folheados. No site, você pode comprar no varejo ou no atacado diferentes peças, tais como:

  • Anéis;
  • Brincos;
  • Colares – maxi também;
  • Chokers;
  • Pulseiras;
  • Tiaras.

Tudo isso, a preços acessíveis para você comprar tanto para uso pessoal, quanto para revenda!

2. Le Briju:

A Le Briju é uma loja online de bijuterias que oferece uma gama variada de opções, sendo elas:

  • Anéis;
  • Brincos;
  • Colares;
  • Pulseiras.

Mas, ela tem o diferencial de se aventurar em outras opções. Tais como, a venda de broches, tiaras, elásticos de cabelo, bolsas e clutchs.

Com isso, suas opções são diferenciadas e os preços possuem um menor custo-benefício para quem deseja revender.

Ou seja, essa é uma das melhores lojas de bijuterias online. Porém, sendo mais indicadas para compra pessoal e não para revender.

3. Rei do Brinco:

Gosta de novidades com frequência, a Rei do Brinco costuma atualizar seu catálogo constantemente.

Em seu site, você entra diversas opções soltas, por coleção e kits para revenda. O site faz envio de seus produtos com frete de apenas 20 reais para todo o Brasil.

Dessa forma, a loja tem uma venda bem mais direcionada ao atacado realmente. Na qual, você encontra bijuterias como:

  • Brincos;
  • Pulseira;
  • Colares;
  • Anéis.

Por fim, você ainda pode conferir os folheados, chaveiros, maquiagens, acessórios de cabelo, mochilas e bolsas.

4. Mil Bijus:

Minha quarta dica de lojas de bijuterias online, oferece preços de varejo e de atacado para clientes com cadastro no site.

Assim sendo, o site oferece opções de anéis, brincos, colares, pulseiras e tornozeleiras. Bem como, de semi joias, os chamados folheados.

No entanto, o site possui opções limitadas, voltada mais a um estilo específico de peças, que pode limitar as vendas a um público específico.

Contudo, a revenda de bijuterias é mais lucrativa quando se volta a públicos variados. Ou seja, atendendo a todos os tipos de gostos.

5. Erikas:

A Erikas é uma das lojas de bijuterias que iremos indicar, com opções mais simples de acessórios.

Isso porque o seu foco principal são os brincos, que possuem diversas opções. Em sua maioria com materiais mais simples, mas, com um belo design.

Você ainda encontra alguns acessórios, sendo eles, poucas opções de colares e algumas peças em aço inox.

O aço inox é uma ótima opção de revenda que se volta a um público específico. Pessoas que procuram peças hipoalergenicas – antialérgicas.

Além disso, no site você encontra opções de peças folheadas a ouro, para revender atacado!

Conclusão

Vimos neste artigo, cinco opções de lojas de bijuterias online para revender e criar uma renda extra, ou até mesmo para uso pessoal.

Cada uma delas possui um diferencial e oferece ao público diversas opções. Mas, a Bela Bijuterias é aquela que possui o melhor custo-benefício.

Afinal de contas, ela trabalha com peças para vários públicos, o que permite que você aumente suas vendas e tenha muito mais lucro!

Esse artigo foi útil para você? Deixe sua opinião nos comentários e compartilhe nas redes sociais e com suas amigas!

Leave a Comment

Reforma Trabalhista na Prática: o que mudou?

Um dos temas que mais gera polêmicas e debates na atualidade são as mudanças na lei trabalhista. Há quem concorde e as veja como uma mudança positiva para o Estado e o trabalhador, e há, ainda, aqueles que considerem as perdas muito maiores do que os ganhos.

Desde 2017, quando a nova a reforma trabalhista entrou em vigor, algumas mudanças foram realizadas e ajustadas para encontrar um consenso entre ambas as partes. Em suma, uma grande parte destas alterações foi realizada por pressão de sindicalistas e trabalhadores em geral.

Você provavelmente já fez ou conhece alguém que tenha feito um acordo ao ser demitido, não é? Pois saiba que esta é uma mudança que foi formalizada com a nova reforma e que antes não existia. Agora, além de poder fazê-lo legalmente, o trabalhador que formalizar o acordo ainda pode movimentar 80% do seu FGTS.

Algo que também pode ser percebido com as mudanças é a queda brusca no número de processos trabalhistas. Atualmente, quando um funcionário processa o empregador, caso perca, terá de pagar às custas do processo e honorários advocatícios à empresa. Se eventualmente for constatado que o funcionário agiu de má-fé, este ainda deverá indenizar a outra parte. O resultado disso foi uma diminuição de 45% do total de processos no primeiro trimestre de 2018.

No mesmo sentido do item anterior, antes não havia um limite para o pedido de indenização de danos morais. Com as alterações vigentes, a solicitação de indenização por danos morais não pode ultrapassar 50 vezes o último salário do trabalhador, bem como, caso constatado má-fé, este deverá pagar multa e indenização.

Um dos temas que gerou maior polêmica e protesto por parte dos sindicatos foi o fim da contribuição sindical compulsória (obrigatória). Antes, o valor referente a contribuição sindical era automaticamente descontado da folha de pagamento do trabalhador. Hoje, as empresas somente podem efetuar o desconto por meio de autorização expressa do funcionário. Como resultado, as contribuições aos sindicados caíram cerca de 80%.

Outro ponto importante foi a possibilidade de parcelar o gozo de férias em até 3 períodos durante o ano. Apesar disto já ser previsto anteriormente na CLT, o mesmo somente era possível em casos excepcionais. Vale ressaltar que, para isso, o primeiro período não deve ser inferior a 14 dias corridos, nem os demais inferiores a 5 dias corridos cada um.

Se fôssemos resumir todas as mudanças que entraram em vigor, a lista seria grande. Como pode ser previsto, ainda geraria bastante polêmica e divisão de opiniões. Pensando nisso, um grupo de advogados entre São Paulo, Minas Gerais, Bahia, advogados Porto Alegre e outros, se juntaram com um único foco: o cidadão. Segundo eles, o objetivo maior é reunir forças em prol da democracia e do Direito do Trabalho, comprometidos com uma sociedade mais igualitária, fraterna e democrática.

No entanto, por se tratar de uma democracia, independente do ponto de vista, conhecer os seus direitos é fundamental. Somente assim você será capaz de identificar situações onde possa estar sendo lesado e saber como agir corretamente, bem como, identificar oportunidades e situações que podem ser sim benéficas a ambas as partes.

Leave a Comment

locação de impressora colorida

Meu empreendimento necessita de aluguel de impressora colorida, devo investir?

impressora colorida

Existem alguns tipos de negócios que requer o aluguel de impressora colorida, como lojas de designer, lojas de fotocópias, arquitetura, escolas, empresas de publicidade entre outras.

São casos em que a necessidade de aluguel de impressora colorida é imprescindível, quando o cliente não pode receber uma ilustração que não seja somente em uma cor.

Nestes casos é sempre importante investir em impressoras que tenham uma qualidade boa e que não gerem tanto custo.

Algumas impressões podem demorar em secar e borrar todo o projeto, assim como pode gerar um custo muito alto com cartuchos de tinta para impressora.

Justamente por isso, o aluguel de impressora colorida se torna algo cada vez mais interessante do que aquisição de um equipamento.

Afinal, você estará sendo orientado em qual aluguel de impressora é o mais adequado e ainda terá um plano de cartuchos com alta qualidade.

Não seria vantagem para a empresa que presta serviço de aluguel de impressora investir em máquinas ruins e cartuchos que não duram tanto, pois isto geraria um custo desnecessário para a empresa.

Por outro lado, se você fosse comprar hoje uma impressora colorida, pelo o que você optaria, pela qualidade ou pelo preço?

Com os recursos financeiros muito apertados devido à crise financeira que esta permeando todo o país, provavelmente você iria optar pelo custo menor.

A empresa que presta serviço de aluguel de impressora colorida tem em mente oferecer equipamentos que tem alta durabilidade no mercado!

Portanto, ao invés de comprar uma impressora colorida para a sua empresa, procure antes saber quais os benefícios e os serviços que uma empresa de aluguel de impressora colorida pode oferecer para você.

Afinal, um dia sua impressora colorida ficará obsoleta e você terá que comprar outra, por outro lado, a empresa que oferece aluguel de impressora irá oferecer uma troca por um modelo novo sempre que for necessário.

Esperamos que você tenha gostado do artigo. Deixe logo abaixo seu comentário, ok?

Leave a Comment

A Moringa é uma árvore muito boa

A moringa – Moringa oleifera – às vezes é chamada de superalimento. Este é um termo promocional sem definição científica, usado para promover vários produtos vegetais, especialmente aqueles que as pessoas realmente não gostam muito. Mas também, às vezes, esse termo pode esconder alguns dos benefícios de certas plantas; pode fazê-los soar como um alimento saudável para a saúde, com benefícios não comprovados e alegações duvidosas. No caso da moringa, “superalimento” é uma espécie de undersell; É uma planta com muitos benefícios nutricionais, mas também é fácil de cultivar e, talvez mais importante, pode ser cultivada em locais onde a comida é escassa. (Haverá mais desses lugares em breve.)

Primeiro, alguns antecedentes. Moringa é uma árvore de crescimento rápido; pode chegar a 12 metros de altura, mas tem galhos caídos e finos, geralmente e, com sorte, pesados com vagens longas, que parecem um feijão verde espesso e ondulado. É nativa do sul da Ásia, mas agora é cultivada em todo o mundo, incluindo a América Latina, o Sudeste Asiático e a África Ocidental.

De modo algum é a moringa uma nova planta. Tem sido comumente consumido no sul da Ásia há centenas de anos, e algumas pessoas parecem se divertir um pouco com o manto de superalimento da moda, um pouco como aqueles de nós do norte dos EUA se sentem sobre os blueberries sendo rotulados como tal, com o acrescentou fetichização de uma planta “tradicional” de algum lugar distante. O marketing é tudo muito bobo, mas a planta não é.

Quase toda a árvore é comestível. As folhas são cozidas como espinafre. Os seedpods são comestíveis quando jovens, geralmente fervidos. As sementes são comestíveis quando imaturas ou maduras; eles se parecem com pequenas bolas de futebol. As sementes também podem ser pressionadas pelo seu óleo. As raízes são comestíveis, com um sabor picante reminiscente de rábano.

A composição nutricional de todas essas partes é impressionante. As folhas contêm 27% de proteína em peso seco, incluindo uma gama completa de aminoácidos que os humanos precisam; isso é mais alto que quase qualquer planta além de leguminosas. Carrie Waterman, da Universidade da Califórnia, em Davis, vem estudando a moringa há anos e atesta os altos níveis de vitamina A, vitamina C, vitaminas B e manganês da planta .

Há muitos usos não alimentares também; as folhas têm “atividade antimicrobiana significativa”, de acordo com este estudo , e às vezes são usadas em ou como sabão. As sementes, quando secas, podem fazer parte de um tratamento eficaz de águas residuais . Em áreas com muito vento e longos períodos de seca, pode prevenir a erosão do solo.

Talvez mais importante, a moringa prospera exatamente no tipo de condições sombrias que provavelmente serão cada vez mais comuns no futuro . Prefere solo seco e arenoso, e é altamente tolerante à seca. É fácil germinar. Não tem problemas significativos de pragas. Para uma árvore, ela cresce muito rapidamente, produzindo muitos seedpods no segundo ano.

Porque moringa tem tantas possibilidades, várias pequenas empresas começaram a cultivar e comercializá-lo. A mais conhecida é provavelmente a Kuli Kuli, uma empresa americana dirigida por Lisa Curtis, de 30 anos, na Califórnia, que vende barras energéticas e suplementos em pó em lojas como a Whole Foods e enquanto Kuli Kuli valoriza as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da moringa, que a planta certamente tem, outros que trabalham com a moringa estão mais interessados na capacidade que a planta tem de fornecer nutrição àqueles que de outra forma não conseguiriam.

O projeto Kariba Redd, no norte do Zimbábue, treina e ajuda as comunidades locais a cultivar a moringa, naturalizada há algumas décadas. Dezenas de agricultores agora cultivam moringa lá, principalmente como uma cultura comercial. A Iniciativa de Desenvolvimento Rural, outro grupo, tem plantado moringa na Zâmbia desde 2013 , especificamente para o povo zambiano. A desnutrição é um problema sério na Zâmbia , com 40% das crianças com menos de 5 anos tendo um crescimento retardado e 53% sofrendo de anemia. O projeto de IDI agora tem milhões de árvores moringa plantadas, com dezenas de agricultores usando a moringa tanto como safra comercial quanto colhendo folhas e sementes para uso da comunidade.

Nas ilhas Tristão da Guiné, na África Ocidental, uma organização chamada Partenariat Recherches Environnement Medias (PREM) treinou mulheres para plantar e colher moringa, e forneceu estações de secagem movidas a energia solar para preservar o excesso de folhas, seja para uso local ou para ser pulverizado e vendido. É especialmente valioso em lugares onde o alimento primário – milho, arroz – não é muito denso em nutrientes.

Moringa é um projeto de estimação em todo o mundo. E apesar do marketing superalimentado, realmente tem algumas possibilidades incríveis para pessoas com insegurança alimentar, especialmente em regiões quentes e secas.

Leave a Comment

4 funcionalidades importantes de um alarme automotivo

A compra de um veículo representa um investimento financeiro significativo e é um investimento que a maioria dos motoristas deseja proteger contra roubo. Adicionando um sistema de alarme de reposição para o seu veículo pode proteger seu carro e seu conteúdo, de ser roubado. Embora os alarmes de carro tenham um propósito valioso, eles podem ser um pouco confusos para os motoristas entenderem.
Aqui estão quatro características importantes com as quais você deve estar familiarizado para garantir que você esteja maximizando a proteção fornecida pelo alarme do seu carro no futuro.

1. REARME AUTOMÁTICO

O recurso de rearme automático no alarme automotivo pode adicionar um nível significativo de proteção ao seu veículo. A maioria dos carros vem com um controle remoto portátil que pode ser usado para travar ou destravar as portas do veículo sem colocar fisicamente uma chave na fechadura.
Quando o alarme do seu carro estiver equipado com recursos automáticos de rearme, o alarme funcionará em coordenação com seu controle remoto sem chave para garantir a máxima segurança. Se você pressionar o botão de desbloqueio no controle remoto, mas na verdade não abrir as portas do carro dentro de um determinado período de tempo, o recurso de rearme automático trancará as portas novamente.
O recurso de rearmar automático protege você de esquecer de trancar as portas do carro e deixar seu veículo suscetível a roubo.

2. SAÍDA ATERRADA

Um ladrão de carros qualificado não precisa ter acesso às suas chaves para levar seu veículo. O interruptor de ignição de um carro pode ser desviado usando fios para acionar o motor de partida. Esse processo é conhecido como conexão a quente. Um sistema de alarme de carro de qualidade deve vir equipado com a capacidade de impedir que um ladrão ligue o seu carro.
O recurso de saída aterrado é projetado para eliminar a ameaça de fiação quando o alarme do seu carro está armado. Uma vez que o alarme é ativado, os fios que vão para o sistema de partida do veículo ficam aterrados. Esse processo de aterramento aciona um relé que elimina a energia de atingir o circuito elétrico ao qual o dispositivo de partida está conectado.
Ter um alarme de carro com uma saída aterrada garante proteção máxima contra roubo de carro no futuro.

3. ARMANDO PASSIVO

Os motoristas costumam se distrair com seus telefones ou outros dispositivos depois de estacionar um veículo. Se o alarme instalado no veículo do motorista exigir arme ativo, pode ser fácil esquecer de armar o alarme, deixando o veículo aberto ao roubo.
Ao comprar sistemas de alarme para proteger seu veículo, certifique-se de que o sistema em que você investe vem equipado com armamento passivo. Este recurso elimina o potencial para você esquecer de ativar o sistema de alarme do seu veículo ao ativar automaticamente o alarme quando as portas do seu veículo estiverem fechadas.
O armamento passivo desempenha um papel vital para ajudar a garantir que seu veículo esteja sempre protegido com um sistema de alarme ativo e armado.

4. BLOQUEIOS CONTROLADOS POR IGNIÇÃO

O sistema de alarme do seu carro deve fornecer segurança adicional não apenas quando você estiver longe do seu veículo, mas também quando você estiver dentro do carro também. Um sistema de alarme que possua travas controladas por ignição pode impedir que passageiros indesejados acessem seu veículo enquanto você estiver ao volante.
Uma vez que a chave é girada e a chave de ignição do veículo é ativada, um sistema de alarme equipado com travas de controle de ignição bloqueará automaticamente todas as portas do veículo. As portas serão destrancadas automaticamente assim que a chave for removida da ignição do veículo para sua conveniência.
Bloqueios controlados por ignição ajudam a proteger você e seu carro contra danos ou lesões corporais no futuro.
Proteger o seu veículo significa ter o sistema de alarme certo instalado. Estar familiarizado com alguns dos principais recursos ajudará você a identificar um sistema de alarme projetado para maximizar sua segurança.

Leave a Comment

Empréstimos negativados: Entenda como funciona empréstimos para negativados

Quem procura solução para problemas financeiros, encontra aqui! Ainda mais se o caso for sobre aqueles que estão com o nome sujo e quer saber sobre os empréstimos para negativados!

Uma das nossas dicas é optar pelo empréstimo consignado, pois nessa modalidade a cobrança das parcelas é realizada direto nos vencimentos a receber.

Mesmo assim, fique de olho! Alguns bancos e instituições podem sim negar empréstimos para negativados… Confira com a gente como você pode solicitar dinheiro e crédito.

Quais os tipos de empréstimos para negativados eu consigo?

No caso dos empréstimos para negativados, ou com nome sujo, a modalidade consignada pode ser a melhor alternativa!

Mesmo com suas restrições, a empresa responsável precisará de uma garantia de que vai receber o valor que você solicitou, fazendo assim um desconto direto de sua folha de pagamento ou seu holerite.

Mas fique tranquilo, pois basta comprovar sua renda que a instituição financeira ou banco pode achar mais fácil aprovar seu crédito!

Empréstimos para negativados: como funciona o consignado

Você já aprendeu com a gente que todo empréstimo consignado é o desconto das parcelas mensais que ocorre direto no seu salário. Isso serve para apresentar mais segurança a quem você deseja solicitar empréstimos para negativados!

A vantagem de você conseguir uma aprovação aqui é a dos juros, que costumam ser mais interessantes, melhores e mais baixos do que nas demais modalidades presentes no mercado.

Nossa dica é utilizá-la para quitar dívidas com juros bem mais altos, como as taxas de cheque especial ou mesmo dos temíveis rotativos de cartão de crédito!

Mas lembre-se: apesar dos juros menores e acessíveis a quem está negativado, não é qualquer pessoa que tem direitos e facilidades a toda essa aprovação! Você precisará ser, no mínimo:

  • Pensionista do INSS;
  • Aposentado;
  • Funcionário público.
Leave a Comment

Seguro Viagem Internacional: O que é seguro viagem Internacional e qual sua utilidade.

Viajar é um momento de descanso, lazer, cultura e prazer. Mas antes que a viagem comece temos que preparar muitas coisas: as malas, roteiro, itens necessários para o local, hospedagem e passagens. Outro item fundamental, mas pouco lembrado, é o seguro viagem. Principalmente em viagens internacionais ele se torna imprescindível, e deve ser colocado na lista da viagem.

Seguro Viagem Internacional – o que é?

O Seguro Viagem Internacional é um serviço com o intuito de auxiliar o viajante em situações de emergências e imprevistos, cobrindo alguns gastos e oferecendo o suporte necessário. De forma geral o Seguro Viagem Internacional cobre despesas que, se fossem feitas diretamente pelo viajante, o valor poderia prejudicar os planos da viagem.

De forma geral, o Seguro Viagem Internacional, cobre despesas relacionadas a saúde, serviços médicos e hospitalares e relacionados a bagagem do viajante. No entanto essa cobertura pode ser expandida, o valor e itens de cobertura são definidos no momento da contratação, estabelecidos em contrato entre seguradora e viajante e os itens são pré-estabelecidos.

Em alguns países é obrigatório ter o Seguro Viagem Internacional, sem apresentar a documentação referente ao seguro o viajante não tem a permissão para entrar no país concedida. Mas, mesmo que não seja obrigatório perante a lei, o Seguro Viagem Internacional é um serviço indispensável para os viajantes que querem estar mais seguros para aproveitarem ao máximo a viagem.

Seguro Viagem Internacional – qual a sua utilidade?

O Seguro Viagem Internacional pode ser útil em vários momentos da viagem. Desde a hora do desembarque bem como caso você precise ir ao médico, até mesmo caso seja necessário realizar o translado antecipado para o retorno ao seu país. Portanto, o Seguro Viagem Internacional pode ser usado e necessário em qualquer momento da viagem.

Caso sua bagagem seja extraviada, o Seguro Viagem Internacional cobre as despesas necessárias para encontrá-la, bem como caso seja necessário comprar uma nova bagagem e novas roupas. Em casos de emergência médica, seja por mal-estar ou casos mais sérios, o Seguro Viagem Internacional também cobre as despesas médicas hospitalares e caso seja necessário ele também cobre as despesas de translado do corpo em caso de óbito do viajante.

Leave a Comment