Skip to content

Acekard2 Posts

Criptomoedas que valem o investimento

Desde a alta do Bitcoin, investidores buscam outras criptomoedas que realmente valem o investimento e que possuem grandes chances de ter alta no mercado

Atualmente, o mercado de criptomoedas está sendo cada vez mais procurado por diversas pessoas que pensam em arrecadar milhões com um simples investimento nas moedas virtuais.

Desde a estreia do Bitcoin, em meados de 2009, surgiram diversas outras criptomoedas que buscam atingir a taxa de valorização que o Bitcoin, considerado o “padrinho” das outras criptomoedas, atingiu.

Algumas moedas, como por exemplo o Ethereum (ETH), possuem um potencial latente, que pode ser que supere o Bitcoin um dia, e a prova viva disso é a sua alta valorização em tão pouco tempo.

Estima-se que a cada minuto que passa uma nova moeda virtual pode surgir, e as chances de se dar bem com um investimento sobre elas podem ser consideradas uma faca de dois gumes — o que é notável, por conta da grande quantidade de criptomoedas que apenas se desvalorizaram com o passar do tempo.

Tendo isso em vista, diversos investidores buscam cada vez mais adquirir conhecimento sobre as melhores criptomoedas no mercado para saber quais realmente valem o investimento.

Criptomoedas em alta nos dias atuais

Conhecer as criptomoedas que podem trazer grandes retornos com pouco investimento se tornou o sonho de diversas pessoas, inclusive dos brasileiros que investem seu precioso dinheiro na valorização dessas moedas virtuais.

Então, como parte da estratégia de investimento, saber quais são as criptomoedas que andam subindo no mercado se tornou essencial.

DogeCoin

A DogeCoin é a criptomoeda que se tornou a queridinha do bilionário Elon Musk, mas ainda assim ela não é considerada uma das principais criptomoedas que atualmente valem o investimento, isso porque existem opções mais rentáveis no mercado, como a ETH e a Bitcoin, por exemplo.

A opção que tem mais potencial de crescimento

Muitas pessoas buscam saber se existe a probabilidade de uma grande valorização repentina do ETH, como aconteceu com o Bitcoin, e o mais interessante é que sim. Por conta de toda sua utilidade, essa valorização pode se tornar real.

Um pequeno exemplo de sua grandeza no mundo tecnológico é que o ETH tem a capacidade de conseguir auxiliar na construção e desenvolvimento de aplicativos descentralizados.

Além de trazer à tona a possibilidade de realização de transações perfeitas com diversos usuários sem a necessidade de uma autoridade central.

Isso por si só é um grande motivo para que cada vez mais essa moeda virtual se valorize, tornando-a, além de bastante útil, muito lucrativa.

Bitcoin é a moeda que mais vale o investimento no momento

O Bitcoin já foi considerado a moeda dos milagres, e não há uma única pessoa ao redor do mundo que não pense que deveria ter comprado essa criptomoeda quando teve a oportunidade em seu surgimento.

Mas, ainda assim, nos dias de hoje, essa moeda se desvalorizou um pouco, e seu valor, que já chegou a atingir números exuberantes, segue na marca dos R$ 105.736,30 neste momento, trazendo, então, uma nova oportunidade de investimento para aqueles que acreditam que ela possa atingir a marca dos R$362.393,00 novamente.

Uma pequena luz no fim do túnel

A Big Eyes Coin está aparecendo novamente no mercado de criptomoedas após começar a renovar as moedas dos memes, e estima-se que já arrecadou mais de 8 milhões de dólares apenas em sua pré-venda.

Então, uma nova oportunidade de crescimento vem por aí, será essa a nova moeda que poderá superar o BTC, ou realmente a única que possui esse potencial é o ETH? Isso só o tempo poderá dizer.

No entanto, contra os números não há argumentos. Após um breve levantamento, a conclusão é de que o ETH e a Big Eyes Coin podem ser uma boa opção de investimento para aqueles que acreditam em todo o potencial dessas moedas, mas ainda assim o BitCoin é a moeda que mais tem chances de se reerguer e atingir valores incríveis, tornando o sonho de diversos brasileiros realidade.



Leave a Comment

Como incentivar uma criança a comer mais legumes e verduras?

Conseguir fazer com que as crianças comam verduras e legumes, muitas vezes parece ser uma missão impossível para os papais e, até mesmo, para as professoras da escolinha. O número de crianças que comem esse tipo de alimento tranquilamente é bem menor que as que não comem, isso faz com que os pais se desesperem e percam a paciência em vários momentos.

Tentar fazer com que seu filho coma os alimentos saudáveis pode parecer uma guerra sem fim. Então, se você enfrenta esse tipo de situação com seu pequeno, fique calma, pois ao longo deste artigo vamos te dar várias dicas de como fazer com que o seu filho comece a comer mais legumes e verduras.

Muitas mamães já testam essas dicas, e muitas delas obtiveram muito sucesso, quem sabe você pode ser a próxima a alcançar esse milagre aí na sua casa. 

Nos primeiros anos de vida do pequeno essa tarefa parece ainda ser um pouco mais complicada, pois é o período em que as crianças estão descobrindo novos paladares, mas é essencial que ela prove novos sabores para conseguir formar melhor seu paladar e, claro, se manter saudável. 

Os adultos já estão habituados a comer alimentos como verduras e legumes, então tenha em mente que tudo é uma questão de criar hábitos e isso vai se construindo com o tempo. 

As crianças trocam facilmente uma alimentação saudável com verduras e legumes por um chocolate e muitas vezes os pais e mães acabam sendo vencidos pelo cansaço, e é por isso que no início pode parecer bem complicado fazer com que os filhos comam os alimentos ricos em vitaminas e que fazem bem para sua saúde.

Então, tenha um pouco de calma e, com a ajuda de alguns truques, gradualmente você pode ir introduzindo estes alimentos na rotina alimentar do seu filho, sem que pareça que vocês estão em uma guerra infinita.

Logo abaixo, listamos uma série de sugestões que você pode ir tentando aí na sua casa até que uma delas dê certo, e sua criança comece a comer alimentos saudáveis sem espernear e chorar.

Utilize os temperos corretos

As pessoas têm paladares diferentes, então não tem como saber de qual tempero as crianças gostam mais. Então a única maneira de saber, é testando vários temperos diferentes, e cabe aos pais prestarem mais atenção em qual será o mais aceito pelos pequeninos. 

Algumas combinações geralmente fazem muito sucesso entre as crianças, como por exemplo, brócolis com alho, salada de folhas com tempero de limão ou gengibre com cenoura.

Faça com que a criança prove o alimento mais de uma vez

Pesquisas feitas apontam que quando a criança experimenta um alimento e não gosta, normalmente começa a aceitar esse alimento depois de ter experimentado de 7 a 10 vezes.

Isso acontece porque é um alimento novo com sabor novo e, depois de algumas vezes que ela experimentou, o gosto começa a ficar mais familiar e ela passa a comer sem problema algum.  

Faça receitas assadas

Assar os legumes e vegetais, além de ser uma maneira bem prática de prepará-los, pode tornar esses alimentos mais atrativos para as crianças, isso porque o cheiro fica mais gostoso e a textura também muda, fazendo com que a criança tenha mais aceitação. 

Leve a criança ao supermercado

Calma, sabemos que muitas vezes não é nada fácil levar uma criança ao supermercado, mas por outro lado, pode ser uma solução para os seus problemas, você pode deixá-la escolher as verduras e legumes que ela gostaria de comer.

Fora que isso pode ser um bom incentivo para a criança ser independente. E quando você for colocar os alimentos em seu prato, a criança vai se lembrar que foram aqueles que ela escolheu, dando mais possibilidade dela comer os alimentos sem chororô.

Faça um espaguete de vegetais

Essa é mais uma incrível forma de tentar fazer com que seu filho coma os alimentos que fazem bem para sua saúde e desenvolvimento. 

As crianças gostam muito de macarrão, isso é fato, então, porque não ralar os vegetais em formato de macarrão? Você pode cortar com a própria faca ou usar algum equipamento que dê esse aspecto para o vegetal. 

Cenoura, abobrinha e beterraba são alguns alimentos que você pode fazer de macarrão.

Disfarce os vegetais em outros alimentos

Caso seu filho goste bastante de alguns alimentos que são mais gordurosos e pouco saudáveis, você pode esconder alguns legumes e vegetais nesses alimentos. Por exemplo, você pode fazer uma omelete de queijo com legumes e ainda colocar alguns pedacinhos de bacon por cima.

Dessa forma a criança vai estar comendo o que ela gosta de uma forma mais saudável. Quer outro exemplo? Se o seu filho é um pouco relutante em comer grãos, você pode preparar um delicioso mingau de fubá de milho e dar para ele comer, com certeza ele vai adorar.

Convide a criança para cozinhar com você

Quando os adultos inserem as crianças em atividades culinárias elas se sentem mais motivadas a provar, e a comer os pratos que elas mesmas prepararam, o que significa que convidá-las para preparar alguns pratos mais saudáveis com legumes e verduras, pode motivá-las a comê-los. 

Por exemplo, você pode convidá-las para preparar uma torta de vegetais bem colorida, permitindo que elas escolham os vegetais que querem colocar na torta e deixando que elas misturem a massa.

Frutas também se enquadram aqui, e você pode chamar as crianças para fazer uma deliciosa salada de frutas, ou então picolés de frutas frescas. 

A verdade é que não importa muito o que você vai escolher preparar com os seus filhos, o mais importante mesmo é fazer com que eles participem, pois acredite, isso vai incentivá-los muito a comer mais legumes, verduras e todos os tipos de alimentos mais saudáveis que são extremamente importantes para o crescimento e desenvolvimento das crianças.

Essas são ótimas maneiras para fazer seus filhos irem se acostumando com os legumes, frutas, verduras e grãos e, gradualmente, tenha a certeza de que eles vão esquecer os alimentos menos saudáveis.

Leave a Comment

Como fortalecer o cabelo?

O cuidado envolve tanto o uso de produtos quanto dar atenção à alimentação e evitar o estresse

Manter as madeixas saudáveis é um processo que começa na alimentação e continua nos cuidados diários. O uso de químicas, chapinha e secador já é parte do dia a dia de muitas pessoas, mas, mesmo assim, é possível manter os cabelos sempre bonitos. Confira agora dicas simples e fáceis de seguir para fortalecer seus fios.

Use produtos com colágeno

Produtos com colágeno ajudam a fortalecer os fios e protegê-los das agressões rotineiras. O ativo deve estar presente na fórmula e o melhor é evitar as receitas caseiras. Inclusive, o colágeno aliado com queratina costuma apresentar um resultado muito positivo.

Traga a queratina para os cuidados capilares

Quando se fala em tratamentos capilares, a queratina é uma das principais substâncias utilizadas. Ela age recuperando a fibra capilar e ajuda a tratar os danos causados por químicas ou pelo uso de chapinha e secador. Pode ser encontrada líquida ou aliada a outros produtos, como shampoos, condicionadores e máscaras.

Cuide da sua alimentação

A alimentação também interfere na saúde das madeixas. Assim, ter um cardápio equilibrado e beber bastante água vai resultar em cabelos mais bonitos. Inclua em sua dieta alimentos ricos em vitamina A, B e C. Além disso, traga também frutas para sua rotina.

Prefira deixar o cabelo solto

Penteados que tracionam os fios podem machucar o couro cabeludo e deixar o cabelo mais fraco. Isso significa que, você pode, sim, usar uma trança ou rabo de cavalo, mas evite fazer isso todos os dias. Sempre que possível, prefira deixar os fios soltos naturalmente.

Siga um cronograma capilar

O cronograma capilar é a salvação dos fios danificados. Ainda assim, mesmo madeixas saudáveis devem fazer o tratamento. O ideal é organizar as 4 semanas do mês e dividir 3 dias da semana para hidratação, nutrição e reconstrução. A hidratação é a etapa mais importante e a que mais se repete.

Lave os cabelos com frequência

Lavar os cabelos em excesso, assim como não lavá-los com frequência, faz mal, assim, é preciso buscar um equilíbrio. Tente adotar a rotina do dia sim, dia não, para dar tempo do couro cabeludo se recuperar. Dessa forma, os fios ficam limpos e recebem os produtos necessários para fortalecê-los.

Não durma com o cabelo molhado

Um erro grave e muito cometido pelas mulheres, dormir com o cabelo molhado favorece o surgimento de fungos e outras infecções, além de danificar os fios. Caso tenha lavado o cabelo perto da hora de dormir, o ideal é passar um protetor térmico e usar o secador.

Evite procedimentos químicos seguidos

Mudar a cor do cabelo, alisar e passar por procedimentos químicos enfraquece os fios. Você até pode investir nessas mudanças, mas evite fazê-las com muita frequência. Dê um tempo para as madeixas se recuperarem e não se esqueça de hidratar, nutrir e reconstruir.

Lave os cabelos com água morna

A dica pode parecer desafiadora no inverno, porém, seus fios agradecem. O ideal é lavar os cabelos sempre em água morna ou fria, para não danificá-los. No verão isso é fácil, mas, nos dias mais frios, vale aquecer o banheiro e baixar a temperatura do chuveiro para o morno.

Cuidado com o estresse

Além da alimentação, outro fator externo que interfere na saúde dos cabelos é o estresse. Procure não levar trabalho para casa e inclua em sua rotina atividades que ajudem a distrair a mente. Vale sair para caminhar, andar de bicicleta, meditar, fazer ioga ou pilates. Até dançar está permitido.

Use produtos para o seu tipo de fio

Usar os produtos errados também é prejudicial para as madeixas. Antes de comprar, verifique qual a curvatura dos fios, que vai de 1A a 4C. Se possível, também dê preferência para shampoos e condicionadores livres de sulfatos e parabenos. Seus fios agradecem o cuidado!

Leave a Comment

Roupas masculinas para andar de bicicleta

O uso da bicicleta como meio de transporte tem se tornado cada vez mais comum em diversos lugares do mundo, inclusive aqui no Brasil. E isso não é à toa, já que esse veículo é altamente sustentável e tem um baixo custo a longo prazo.

Seja para quem deseja pedalar no dia a dia ou mesmo para os profissionais, além da técnica, dos equipamentos básicos de proteção e de uma bicicleta adequada, também é preciso usar roupas que sejam confortáveis e apropriadas.

Nesse sentido, hoje você vai conhecer as principais roupas masculinas usadas para andar de bicicleta, além de alguns cuidados básicos para se ter na hora de sair por aí pedalando.

Roupas de ciclismo: flexibilidade e conforto

Você provavelmente já deve ter visto algum ciclista profissional passando por alguma rodovia ou via pública movimentada de onde você mora. Em um grupo grande, pequeno ou individualmente, os ciclistas profissionais se diferenciam pelo tipo de bicicleta, pelos equipamentos e, é claro, pelas roupas usadas.

Uma peça que faz parte desse tipo de vestuário é a bermuda de ciclista. Ela é feita de um material superleve, que facilita o ato de pedalar, sem o risco de a peça acumular suor ou de grudar no selim, já que é ventilada. Além disso, a bermuda conta com um forro acolchoado, evitando assaduras e aliviando a pressão onde se apoia o selim.

Há também modelos de calça próprias para ciclistas, tendo os mesmos benefícios com um comprimento maior nas pernas. Assim como essas peças, as camisetas usadas também são mais ajustadas ao corpo, de modo a favorecer a aerodinâmica e deixar o ciclista ainda mais veloz.

No caso da jaqueta, existem três modelos. O primeiro é a chamada jaqueta corta vento, que é superleve, mas não chega a aquecer o corpo. Para baixas temperaturas, a indicada é a jaqueta para frio, que tem o material mais pesado. Já nos dias chuvosos, tem a jaqueta capa de chuva, protegendo o corpo contra a água.

Faixas refletivas e bolsos são itens usados nesse tipo de roupa como uma espécie de sinalizador, de modo a garantir uma maior visibilidade dos motoristas em relação aos ciclistas — oferecendo a estes mais segurança no trânsito, especialmente em horários de menor visibilidade.

Roupas masculinas para andar de bicicleta

Acima, nós trouxemos as principais roupas usadas por quem é ciclista profissional, sendo indispensáveis durante a prática esportiva dentro ou fora de competições. Agora, quando se trata do dia a dia, quais são as roupas mais indicadas? Com certeza aquelas que, assim como as dos profissionais, oferecem flexibilidade e conforto.

No caso dos homens, as camisetas usadas para a prática de exercícios físicos são superindicadas, já que são feitas de tecidos leves e transpiráveis. Esses fatores são relevantes, pois melhoram a performance na bike.

O uso de bermudas mais ajustadas ou calças também é uma boa pedida, desde que o modelo em questão seja leve e flexível, sem correr o risco de rasgar com facilidade. Peças de malha são uma excelente opção nesses casos.

O calçado também precisa ser considerado, pois vai dar mais segurança durante as pedaladas. De modo geral, tênis esportivos ou casuais são os mais indicados, até porque estão presentes no armário da maioria dos homens.

Cuidados ao pedalar

Por último, mas não menos importante, é preciso de alguns cuidados extras antes de começar a pedalar. Confira o estado da bicicleta e se é preciso fazer algum ajuste, como encher os pneus ou ajustar a altura do selim. Lembre-se de fazer um alongamento antes de pedalar para deixar o corpo previamente “aquecido”.

Se o trajeto for mais longo, vale a pena usar luvas de proteção nas mãos para evitar machucados e bolhas. Porém, independentemente do tamanho do trajeto, o uso do capacete de proteção é indispensável.

Leave a Comment

Como escolher o carro certo para família

Com tantas opções, como você pode escolher o carro certo para sua família?

O primeiro ponto é entender que cada família tem um modo de vida diferente e, portanto, precisa de um carro que seja específico para suas necessidades. Será mais simples escolher o carro certo depois disso.

Se você prestar atenção a alguns pontos, você pode escolher o melhor modelo. Caso você precise de uma loja de autopeças, indicamos a loja Clássicos e Raros Hammsty.

Afinal, o que levar em consideração ao escolher um carro para família

Se você fez alguma pesquisa básica sobre carros familiares, você encontrará muitos modelos diferentes.

Se você quiser descobrir qual carro é melhor para você e sua família, verifique os pontos de comparação abaixo.

Tamanho

Deve-se prestar atenção ao tamanho do carro e ao espaço disponível para cada pessoa ao comprar um carro familiar.

Um carro de 2,65 m tem 1.325 m de espaço para o motorista e a mesma quantidade de espaço para os passageiros dos bancos traseiros.

Cada pessoa em um carro com 7 assentos tem menos espaço para as pernas do que a pessoa no assento do motorista, mas o carro pode acomodar mais pessoas.

A primeira poltrona do carro tinha mais espaço que outras poltronas. É adequada para pessoas com adolescentes ou crianças. A relação entre o tamanho e o número de cadeiras no carro é importante.

Consumo

De acordo com o relatório, os brasileiros gastam em média quase 5% de sua renda em alimentos. O consumo do seu carro é uma parte importante da sua saúde financeira.

O modelo com o maior número de quilômetros por litro é o carro com maior eficiência energética. Ele economizará dinheiro quando você for trabalhar, quando você levar seus filhos à escola e quando for para a aula.

Índice de manutenção do carro

O custo do combustível é uma dos principais itens a considerar ao selecionar um carro para sua família. O índice classifica os carros em uma escala de 10 a 60, sendo 10 o mais barato e 60 o mais caro.

Considere o IMV ao calcular o custo financeiro de cada veículo. É possível que um carro com um investimento inicial maior tenha custos de manutenção mais baixos a longo prazo.

Comodidade e segurança

Segurança e conforto são duas das coisas mais importantes a serem consideradas em um carro familiar.

Escolha um modelo que tenha opções convenientes, como controle de estabilidade, mas não limitado às características de segurança padrão.

Tenha em mente o conforto de sua família no carro, prestando atenção ao espaço para as pernas, ao acabamento do assento e ao ar condicionado.

Outros itens padrão

Outros itens padrão serão definidos pelo estilo de vida da família e seu uso do carro.

Ao selecionar, você deve prestar atenção ao que escolher. É possível que você e sua família gostem de viajar muito. Você deve se concentrar em pontos de carregamento para TVs, rádios, celulares e tablets se quiser se deslocar de um estado para outro.

Há um carro com um centro multimídia gps que pode ser útil. Você pode usar o sistema de estacionamento automático em um apartamento com uma garagem estreita.

Dependendo de como você e sua família o utilizam, o essencial para seu carro ideal será diferente. É importante pensar no que torna sua vida mais fácil antes de tomar uma decisão.

Potencia do motor

A potência do motor é geralmente a parte mais importante de um carro, mas para carros familiares é necessário um banco traseiro.

Não importa se o motor é suficientemente potente para lidar com todo tipo de situações ou não, ele não precisa quebrar recordes de velocidade e aceleração. Não há necessidade de um carro com mais de 120 cavalos de potência.

Qual é o melhor carro familiar do mercado

Nem todos os segmentos de automóveis no mercado compacto são adequados para famílias em crescimento.

O equipamento básico, energia e espaço necessário para uma família com 2 filhos não está disponível em carros compactos ou comerciais.

Compilamos uma lista dos melhores carros familiares, o que o ajudará a rotular as muitas opções do mercado.

Sedã

Os Sedans são uma escolha popular para as famílias devido a sua atraente gama de opções. Graças à sua configuração, o sedan oferece mais espaço interior, um porta-mala maior, motores com mais de 100 cavalos de potência e várias outras opções no mercado mais amplo.

Em média, os carros familiares com o menor investimento inicial e o menor IMV são os carros familiares.

Minivans

As minivans são maiores que o padrão do mercado e podem transportar até nove pessoas, dependendo da configuração do assento.

São indicados para famílias grandes porque transportam mais pessoas, têm melhor uso interno e um bom consumo de combustível.

SUVs

Um SUV é um veículo para aqueles que precisam de energia.

É conveniente e mais seguro. Eles têm uma carroceria longa e sólida com mais características de segurança e um motor mais potente.

Carros Electricidade

Os veículos elétricos são a tendência do futuro. Os SUVs e carros elétricos se destacam por sua economia de combustível. O Brasil ainda possui uma pequena rede de postos de gasolina que limitam longas distâncias.

Os veículos elétricos são a tendência do momento e do futuro. São geralmente SUVs, mas também em versões esportivas, e os carros elétricos se destacam por sua economia de combustível. O Brasil possui uma pequena rede de postos de gasolina que dificultam as viagens de longa distância.

Agora que você já sabe como escolher um carro familiar, basta colocar em prática o que aprendeu e selecionar alguns modelos para testar antes de cerrar um negócio.

Leave a Comment

1 em cada 4 cervejas vendidas no mundo é AB InBev

Transnacional também é dona da maioria das marcas cervejeiras no Brasil

Seja em festa de aniversário, no happy hour com os colegas depois do trabalho, no churrasco de domingo, na feijoada com a família ou ainda enquanto se assiste a um jogo de futebol, não importa o evento, ela vai estar presente. Estamos falando de uma das bebidas alcoólicas mais consumidas no mundo.

Você acertou se pensou na cerveja. Aqui no Brasil, há uma diversidade de marcas, cada uma com um sabor diferenciado — Brahma, Original, Skol, Bohemia, Caracu, etc. Só que, além dos ingredientes para sua produção (como cevada, malte e lúpulo), elas compartilham também o selo da AB Inbev.

Essa transnacional é dona de mais de 100 rótulos presentes em diversos lugares do planeta, incluindo o Brasil. Basta dizer que, de cada 4 cervejas vendidas no mundo, 1 é da AB Inbev. Hoje você vai conhecer esta que é uma das gigantes no mercado de cervejas e quais de suas marcas podem ser adquiridas em solo brasileiro.

Um pouco mais sobre a história da cerveja

Homem bebendo cerveja

Não é segredo nenhum que a cerveja é uma bebida superpopular no mundo inteiro, mas você sabe como e quando ela surgiu? O processo de fermentação, indispensável para a produção da bebida, surgiu há mais ou menos 10 mil anos. É nesse período que surgem as primeiras bebidas alcoólicas.

O detalhe é que, no caso da cerveja, sua produção foi iniciada em um ambiente um tanto quanto peculiar: as padarias. Foram os padeiros que, usando, de forma artesanal, leveduras e cereais para a fabricação de bolos e pães, que acabaram dando um pontapé inicial na criação da cerveja.

Evidências indicam que o surgimento dessa bebida está associado aos povos sumérios, há 6 mil anos, na antiga Mesopotâmia — que hoje corresponde aos territórios do Irã, Iraque e Jordânia. Os egípcios também adotaram a cerveja como parte da sua dieta, sendo muito escura e forte.

A expansão da bebida pelo mundo acontece, porém, com o Império Romano sob o governo de Júlio César. O nome “cerveja” está associado a Ceres, tida como a deusa da fertilidade e da agricultura.

Com o passar do tempo e com o desenvolvimento de novas tecnologias, a bebida foi se tornando cada vez mais aprimorada, ganhando a textura e o sabor que hoje é tão conhecido e apreciado por milhares de pessoas.

Mais sobre a AB InBev

Em 1989, os empresários Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Herrmann Telles se uniram para comprar a cervejaria Brahma. Uma década se passou até que a Antarctica também fosse adquirida pelo grupo. Surge, então, a empresa brasileira de nome Ambev.

No ano de 2004, uma nova expansão fez com que a Interbrew, da Bélgica, fosse fundida, criando a Inbev. Ela já era a maior cervejaria do planeta em volume produzido. Em seguida, é comprada a cervejaria norte-americana Anheuser-Busch, formando-se, então, a AB Inbev.

A transnacional é dona de uma fatia imensa do mercado de bebidas alcoólicas no mundo inteiro, sendo, atualmente, considerada em nível internacional a maior tanto no volume produzido quanto nas vendas.

A AB Inbev investe pesado em marketing e publicidade, além de buscar adquirir marcas que agregam enorme valor à empresa. Hoje, a transnacional não se limita à produção de cervejas, produzindo bebidas engarrafadas ou enlatadas, como refrigerante, sucos, bebidas mistas e até chás, como você verá a seguir.

Cervejas

  • Adriática
  • Andes
  • Antarctica
  • Beck’s
  • Berrió do Piauí
  • Bohemia
  • Brahma
  • Budweiser
  • Caracu
  • Cervejaria Colorado
  • Corona
  • Esmera de Goiás
  • Franzizkaner
  • Goose Island
  • Hoegaarden
  • Kona
  • Nossa de Pernambuco
  • Original
  • Patagonia
  • Polar
  • Serramalte
  • Serrana
  • Skol
  • Spaten Munich
  • Stella Artois
  • Três Fidalgas
  • Walls

Refrigerantes e sucos

  • Baré
  • Citrus
  • Do Bem
  • Ginger Ale
  • Guaraná Antarctica
  • H2OH!
  • Pepsi
  • Soda
  • Sukita
  • Tônica Antarctica

Bebidas mistas

  • Beats
  • Isla
  • Mike’s

Vinhos

  • Blasfemia
  • Dante Robino
  • Somm

Energéticos

  • Fusion



Isotônicos

  • Gatorade

Água e chás

  • Ama
  • Lipton
Leave a Comment

Benefícios da caminhada diária para a saúde

Praticar exercícios físicos regularmente é muito importante para se ter uma saúde equilibrada, melhorando a qualidade de vida e proporcionando uma sensação de bem-estar físico e mental.

Já é do conhecimento de todos que para se ter uma vida saudável, praticar exercícios físicos é indispensável. O sedentarismo, condição de quem não pratica nenhuma categoria de atividade física, é prejudicial para a saúde.

Ser sedentário pode ocasionar doenças como má circulação e maiores chances de desenvolver doenças no sistema cardiovascular e acidente vascular cerebral, o famoso AVC. 

Por outro lado, embora para muitos seja sacrificante sair do sofá ou da cama para realizar alguma atividade física, os benefícios desta ação sobrepujam qualquer sentimento de falta de coragem ou preguiça.

Muitas são as opções de exercícios físicos e também a variedade de benefícios que estes trazem, desde que orientados e acompanhados por um profissional de saúde e de educação física.

Nunca realize nenhum esforço sem antes conhecer os seus limites. Um profissional de saúde avaliará as suas condições e te dirá quais são as melhores práticas físicas recomendadas, conforme o seu nível de saúde.

Entre os exercícios físicos, a caminhada é o mais indicado para todas as pessoas. Sem fazer muito esforço e nem gastar dinheiro com mensalidades em academia, é possível caminhar e melhorar a saúde.

A caminhada

A caminhada é uma atividade física do grupo dos aeróbicos, ou seja, das atividades que precisam de oxigênio para produzirem energia. Sem muito esforço, qualquer pessoa, independente da idade ou das condições do corpo, pode caminhar.

É possível caminhar em ambientes naturais, como parques ou em estradas apropriadas para isto. Além de ser uma atividade física benéfica para o corpo, caminhar faz bem para a mente.

Isto porque, as pessoas podem esquecer os seus problemas e diminuir o estresse enquanto caminham e contemplam a natureza ou se comunicam com outras pessoas. A caminhada tem muitos benefícios a proporcionar para a saúde humana!

Caso seja preferência, também é possível caminhar em esteiras, escolhendo a velocidade conforme o que é possível suportar, aumentando gradualmente, com muito cuidado, para não forçar o corpo.

A caminhada com esteira pode ser feita por pessoas que queiram ficar em sua casa, ouvindo suas músicas, de uma maneira mais privada, mas mesmo assim, sentir os benefícios da atividade física aeróbica.

Benefícios

Fazer caminhada regularmente, ou seja, com frequência (pelo menos diariamente da semana), ajuda ao organismo a funcionar melhor e na prevenção de várias doenças, sendo bastante indicada para todas as pessoas.

Saúde do coração

Caminhar faz bem para a saúde do coração. Enquanto estamos caminhando, o nosso corpo em movimento está trabalhando vários músculos. Para isso, é preciso ter energia. 

O corpo passa a exigir mais oxigênio, que vai sendo adquirido por nossa respiração. Esse processo ajuda a melhorar a circulação de oxigênio no nosso corpo, a regular os batimentos cardíacos e a nossa respiração.

O sistema cardiovascular é fortalecido com a caminhada. As veias e artérias são beneficiadas pelas menores chances de acontecerem depósitos de gordura, o que poderia provocar doenças como infarto. 

Benefícios para os músculos

Fazer caminhada envolve quase todos os músculos do corpo trabalhando. No ato de caminhar, os músculos trabalham em grupo, fazendo com que eles se fortaleçam, importantes para a saúde do corpo físico.

Bem-estar

Fazer caminhada também ajuda a promover o bem-estar. Durante a caminhada, os hormônios que ajudam a promover a calma e a alegria, como a serotonina, são liberados.

Isso é importante para evitar que doenças psicológicas, como a depressão e a ansiedade, atinjam as pessoas. Caminhar ajuda a relaxar e a descarregar os níveis de estresse do corpo.

Aproveite para fazer caminhada em locais naturais e com amigos. Enquanto caminha, converse e socialize com as pessoas. Aproveite para cuidar não só do seu corpo, mas também da sua mente!

Emagrecimento

Para perder calorias e consequentemente o excesso de gorduras no corpo, caminhar é uma ótima opção. Enquanto essa atividade física está sendo praticada, o corpo está consumindo energia.

O estoque de energia do nosso organismo está nas gorduras. Estas são queimadas quando realizamos algum exercício físico. A caminhada é um deles. Caminhar ajuda a queimar calorias, e, assim, a perder peso.

É importante ter em mente que a caminhada deve ser feita de maneira que o corpo seja respeitado. Isso significa dizer que não adianta caminhar muitos quilômetros visando emagrecer, se outras partes do corpo serão prejudicadas.

Comece caminhando distâncias curtas e com velocidades pequenas. Gradualmente, aumente esse espaço e também a frequência dos passos. Isso ajudará a emagrecer, mas de uma maneira segura, sem pressionar o corpo.

E para ajudar mais no emagrecimento fica a recomendação desse artigo aqui (red silver é boa). Você vai entender como essas panelas podem te ajudar a fazer pratos de forma mais saudável.

Diminuição da retenção de líquidos

Para quem sofre com o excesso de líquidos no corpo, caminhar ajuda a colocá-los para fora. A circulação sanguínea é melhorada enquanto caminhamos de maneira regular. Isso ajuda a retirar o excesso de líquidos corporais.

Recomendações ao fazer caminhada

Para fazer caminhada, alguns pontos devem ser seguidos. Em primeiro lugar, o corpo deve ser respeitado. Não se deve andar muito e com velocidades maiores, se não há costume.

Isso faz com que o coração acelere, sendo perigoso caso você tenha algum problema cardíaco. Sempre tenha moderação quando for fazer qualquer exercício físico, respeitando suas condições físicas.

Em relação ao tempo, é recomendado que a atividade seja praticada pelo menos diariamente, em torno de vinte a trinta minutos por dia. Caso o objetivo seja emagrecer, o tempo pode ir aumentando de maneira gradual.

Em dias quentes, é recomendável que o horário da caminhada seja pela manhã, antes das dez horas ou no fim da tarde, para evitar as temperaturas altas e os altos índices de raio ultravioleta advindos do sol.

Sempre é importante ter em mãos uma garrafa com água, para que durante a atividade, a hidratação do corpo aconteça. Beba água com frequência, pois o esforço da caminhada pode levar a desidratação, especialmente em dias quentes.

Por último, escolha roupas adequadas para caminhar. Vestuários mais frios e leves, além de calçados mais confortáveis ajudarão na prática dessa atividade tão benéfica para a saúde.

Leave a Comment

Dicas de como tratar e remover os calos 

Os calos são inchaços duros ou áreas ásperas da pele nos dedos dos pés, sola e calcanhar que podem ser amarelas ou rachadas e que podem doer muito. 

Os calos podem ser sensíveis ao toque e causar dor ao usar calçados femininos. Eles não são perigosos, mas podem causar desconforto ou dor, devido à irritação ou inflamação causada pela pressão na pele subjacente. Para se livrar do desconforto, é importante tratá-los.

Como tratar os calos?

Os calos menores geralmente desaparecem por conta própria simplesmente eliminando a pressão que os causa. Se um calo causar irritação ou dor, existem várias maneiras de aliviar a pressão e tratá-la. 

Uma vez que o tratamento é iniciado, geralmente leva cerca de 2 a 4 semanas para que os calos desapareçam. De qualquer forma, pode ajudar a cuidar dos pés lavando-os e secando-os bem e hidratando-os regularmente.

Se sua pele estiver dormente devido à má circulação, diabetes ou danos nos nervos, você deve consultar seu médico antes de começar a tratá-los.

Lixar os pés

No caso de um calo que cause irritação, ele pode ser suavemente limado com uma pedra-pomes para aliviar a pressão. É altamente recomendável certificar-se de que a pele foi hidratada e suavizada primeiro. Mergulhe os calos em água quente por 10 minutos para amolecer a pele. 

Mergulhe a pedra-pomes na água e remova suavemente a pele morta em movimentos circulares ou laterais. Tenha cuidado para não remover muita pele, pois pode causar sangramento e infecção. Remova apenas pequenas quantidades e repita a ação regularmente até que o calo desapareça.

Prevenção é a chave!

Esses tratamentos aliviam rapidamente a pressão e farão com que o calo desapareça em 2-4 semanas. No entanto, o calo geralmente retorna se a fonte de pressão que o causa permanecer. Portanto, é importante identificar a causa da pressão e removê-la. 

A solução muitas vezes é mudar o tipo de calçado, escolhendo um modelo mais confortável ou usar acolchoamento, priorize o conforto em vez da moda do calçado. Em alguns casos, palmilhas podem ajudar. Em casos raros, pode ser necessária intervenção médica.

Quando devo consultar meu médico?

Embora os calos não sejam perigosos, eles podem causar irritação, inflamação ou até ulceração. Em casos de inflamação ou dor severa, consulte o seu médico. Quando você não tiver certeza se é um calo, é recomendável que você consulte um médico.

Os aparecimentos frequentes podem ser causados por anormalidades do pé, como deformidades, anormalidades ósseas estruturais, mau alinhamento ósseo ou marcha anormal. 

Em caso de calos frequentes e persistentes, é aconselhável consultar um médico ou um podólogo para identificar as causas. Nesses casos, uma almofada ou palmilha específica pode ajudar a evitar que os calos retornem. Em casos raros, a cirurgia pode ser necessária.

Leave a Comment

Qual a importância de ter um blog para o seu ecommerce? 

A importância de se ter uma loja virtual já não é mais uma situação desconhecida. Você não só encontra hoje vários estabelecimentos que tradicionalmente investiam em vendas presenciais migrando pela internet, mas também alguns que já iniciaram nesta modalidade.

Entretanto, com o aumento da concorrência há sempre a necessidade de se criar um ambiente ainda mais interessante para os negócios. Principalmente no que diz respeito a métodos que façam com que a sua loja apareça primeiro nas indicações do Google.

Este tipo de técnica é chamada de SEO, e para obter estes resultados com certeza é importante investir um tempo aprendendo com bons cursos online.

E uma das dúvidas que as pessoas realmente mais comentam hoje é sobre a importância de ter um blog para o seu ecommerce. Afinal de contas, o que você quer é ganhar dinheiro com vendas, e não criando conteúdos para anunciar algo.

Esta dúvida é bem razoável, e mostra que a pessoa em si está pensando na melhor maneira de investir em seu negócio pessoal. Entretanto, para que você saiba todas as vantagens e a melhor maneira de trabalhar este tipo de informação, eu resolvi trazer um pequeno guia sobre o assunto hoje.

Assim você pode se manter informado e colher benefícios de verdade ao mesmo tempo, vamos conferir?

Qual a importância de ter um blog para o seu ecommerce?

Primeiramente é crucial dizer que existem vários motivos para adotar esta prática, todos eles possuem seus pontos fortes e fracos. Assim, se você realmente quiser garantir um bom resultado, verifique toda a lista que eu vou trazer aqui para você, ok?

Em geral também estou à disposição para te ajudar nos comentários com dicas adicionais ou mesmo respostas para algo que não ficou muito claro aqui, ok?

1 – Ajuda no SEO

O primeiro ponto é de longe melhorar o seu relacionamento com o Google, mostrando que o seu site é completo, possui conteúdo, e tem como objetivo ajudar o consumidor final a encontrar exatamente o objetivo que ele deseja.

Isto acontece tanto por conta do número de páginas que falam sobre alguns assuntos específicos, como também pelo fato de que você pode receber backlinks e compartilhamentos em redes sociais.

Em geral isso afeta a autoridade do seu domínio, que é quando o Google entende que seu site deve receber a preferência na ordem dos resultados de busca.

Claro, criar um blog por criar não resolve muita coisa. É necessário que você tenha uma dedicação especial para fazer uma seleção cuidadosa dos conteúdos que irão aparecer lá.

2 – Possibilita a captura de leads

Um dos pontos mais interessantes desta ação é a criação do marketing de conteúdo. Marketing de conteúdo é uma das maneiras mais importantes que você tem para atrair pessoas interessadas no nicho de sua loja para o seu site.

Digamos que você tenha uma loja de roupas sociais, ao publicar um artigo viral sobre como se vestir em determinadas ocasiões importantes, provavelmente terá como ganhar alguns pontos positivos para formar uma lista de pessoas interessadas.

Capture estes contatos através de uma isca digital, como por exemplo um cupom de desconto ou mesmo um ebook mostrando as melhores maneiras de se combinar uma camisa e uma gravata.

Depois, basta você se comunicar com a pessoa através da forma que ela escolheu para entregar o contato. Seja por email marketing ou whatsapp, são todas opções interessantes que rendem bastante no longo prazo, caso você crie uma estratégia inteligente.

3 – Permite engajar seus leitores

Algumas pessoas podem entrar em contato diretamente com o seu blog ao invés de sua loja. E isso não necessariamente é ruim.

Se você está sempre postando conteúdos relevantes, e que provavelmente irão ajudar a pessoa a resolver algum tipo específico de problema, o que você está fazendo é cativar o seu possível comprador.

Com uma orientação bem feita você provavelmente vai ter uma inclinação daquela pessoa para escolher algum produto ou serviço diretamente da sua loja. Este tipo de ação com certeza faz toda a diferença no longo prazo.

Principalmente quando levamos em consideração a possibilidade de que seu blog foi lido várias vezes por aquela pessoa em si.

Algumas até podem se sentir mais seguras pagando por um produto idêntico mais caro em sua loja exatamente porque você mostrou que entende do assunto e que é realmente uma autoridade.

Entretanto, isto significa investir bastante tempo pesquisando os problemas dos seus clientes e as melhores soluções possíveis. E claro,  você também vai ter que gastar um tempinho fazendo textos que tenham uma qualidade gramatical boa e ao mesmo tempo que sejam cativantes para ler.

Além de tudo isso, é possível utilizar este espírito de cumplicidade para entregar uma ação de engajamento por parte dos seus seguidores. Redes sociais também são uma excelente forma de garantir este tipo de ação.

Tente por exemplo fazer com que comprem na sua loja um presente de dia dos pais, ou então faça com que compartilhem uma promoção entre os conhecidos para poderem receber um bom desconto, e por aí vai.

Conclusão

Antes de me despedir é importante dizer que este tipo de trabalho realmente traz uma série de tarefas para serem realizadas. Você consegue os benefícios, mas vai ter que colocar a mão na massa.

Quanto melhor forem dedicados os seus esforços, melhores também serão os resultados colhidos. Então tente aprender de uma boa fonte de cursos online com certificado que vão entregar o conhecimento de uma forma bastante eficaz para o seu sucesso.

Outro ponto interessante que alguns ainda podem estar confusos é que não é necessário transformar a sua loja em um blog, muito menos criar um site à parte. O que você realmente precisa é de um subdomínio, que é basicamente um site instalado dentro de outro.

Normalmente o endereço sai como “blog.nomedasualoja.com”, assim você ganha todos os pontos positivos aproveitando a mesma estrutura de hospedagem de sites.

Então por hoje é isso, espero que estas dicas tenham sido úteis. Qualquer outra dúvida sobre o assunto estou à disposição para te ajudar, ok?

Até a próxima!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Leave a Comment

Quanto em média um afiliado pode ganhar durante um mês?

Ter uma empresa hoje em dia é algo que exige muito dinheiro, conhecimento específico na área e contatos importantes. Até porque a maioria das pessoas hoje está extremamente focada em criar algo para sair ganhando.

Por isso, o mercado de afiliados está se tornando uma opção viável e com riscos muito menores do que a maioria dos empreendimentos. Principalmente pelo fato de que você não precisa iniciar com nenhuma espécie de estoque.

Cursos online sobre o tema estão sendo produzidos em larga escala, principalmente porque sempre existem retornos para quem está estudando o tema.

Hoje em dia, esta é uma opção válida de empreendimento e que tem perspectivas de crescimento enormes. Então, entender mais sobre o tema é sempre um ponto positivo se você deseja entrar de cabeça.

Gostaria de dar algumas orientações básicas neste post falando principalmente sobre o quanto um afiliado consegue ganhar em média durante um mês.

Vamos conferir?

Quanto em média um afiliado pode ganhar durante um mês?

Primeiramente é importante dizer que é realmente difícil traçar uma média de ganhos, porque a esmagadora maioria desiste antes de ver os primeiros resultados. Isto acontece porque o trabalho até a primeira venda é um pouco grande demais, e muitos se desmotivam.

Depois disso, com uma estrutura pronta e uma lista de leads, não é que tudo vira um completo mar de rosas. Mas com certeza os desafios reduzem a intensidade e o grosso do trabalho feito fica imóvel por algum tempo.

Voltando ao foco, se levarmos em consideração somente os que pagam o preço e ganham resultados, a média de ganhos mensais gira em torno de R$5000,00. Claro, existem algumas despesas e outros fatores que podem variar este número.

Assim como o fato de que a garantia de ganhos deste nível em um mês não é a certeza de vitória em outros meses. Além disso, existem outras centenas, senão milhares de pessoas que extrapolam este valor, chegando a centenas de milhares de reais todos os meses.

Mas para explicar todos os fatores envolvidos, gostaria de listar cada um deles e aprofundar separadamente no tema.

O que muda o valor que o afiliado recebe?

Aqui está a lista dos principais fatores que fazem variar o valor que um afiliado recebe, mas vale dizer que eles não são uma regra fixa. Sempre existem aqueles que conseguem resultados mesmo nadando contra a maré, enquanto outros são ruins até com tudo a favor.

Mas vale a pena levar estes pontos em consideração.

1 – Valor do produto em geral

Uma coisa que poucos sabem é que realmente é difícil vender um produto acima de R$1000,00, mas a dificuldade não muda tanto para um produto de R$500,00. Às vezes a opção mais cara vai te dar o mesmo trabalho de uma muito mais barata, porém sem lucro.

Iniciantes se sentem confortáveis vendendo ebooks de R$30,00 a R$50,00. Entretanto, esta é a mesma dificuldade para vender algo perto de R$200,00.

Digamos que você faça com uma campanha a venda de 10 ebooks de R$30,00. Provavelmente você faria a venda de 7 cursos de R$200,00 com o mesmo esforço e investimento. Mas em qual opção você ganharia mais?

Então, quando for escolher o produto a se afiliar, escolha algo que tenha uma comissão ao menos acima de R$100,00.

2 – Veja a própria comissão

Outro ponto que não podemos esquecer é a dificuldade de se vender um produto que tenha uma comissão muito baixa. Vender algo de R$1000,00 que só vai te pagar R$150,00 não é tão boa ideia quanto vender um de R$150,00 que te pague R$70.

Claro, este foi um exemplo absurdo, mas algumas pessoas caem em problemas absurdos assim, acredite.

3 – Qualidade da sua copy

Muitos pensam que você precisa somente prospectar um público e simplesmente jogá-lo na página de vendas. Mas dificilmente isso será o necessário para alcançar um bom número de vendas.

Até porque os conteúdos de páginas de vendas costumam ser muito extensos. Então, o melhor a se fazer é sempre entregar o cliente o mais empolgado possível para fazer aquela aquisição.

Claro, não existe uma bala de prata para resolver tudo, mas quanto melhor for trabalhada a persuasão no seu texto, maiores as chances de sucesso.

4 – Funil de vendas

Entregar uma propaganda para uma pessoa diretamente nem sempre é a melhor saída. Até porque um dos diferenciais do marketing digital é conseguir trabalhar o diálogo com o cliente.

Se você não criar um funil de vendas que irá trabalhando e qualificando as leads, provavelmente irá gastar muito tempo com propagandas que não levam a lugar nenhum.

Isto sem contar o seu tempo, esforço e até dinheiro que vão em ações que não trazem resultados.

É muito melhor trabalhar um advertorial para leads não qualificados enquanto você entrega algo mais direto para aqueles que estão realmente interessados e procurando um produto para resolver seus problemas.

Afinal de contas, com um advertorial você pode criar uma necessidade que aquelas pessoas não sabem ainda que possuem.

Considerações finais

Provavelmente você achou este um material bastante atrativo. Mas não se jogue de cabeça e peça demissão do emprego porque você acha que esta é a melhor opção.

Tudo deve ser feito com muito carinho, estudo e orientação profissional. É por isso que fazer uma boa série de cursos com certificados online acaba sendo um dos pontos principais para garantir o sucesso de qualquer pessoa na área.

De maneira geral, os resultados demoram algum tempo para aparecer com frequência. Principalmente quando tentamos criar algo que tenha uma posição mais sustentável no longo prazo.

Afinal de contas, fatores como a produção de conteúdo, domínio de público alvo de tráfego pago e até mesmo o SEO são difíceis de dominar. Mas quando se obtêm um resultado interessante, você também pode garantir um sucesso em praticamente qualquer área.

No mais é isso, espero que estas dicas tenham sido úteis para você. Qualquer dúvida basta entrar em contato para tentarmos te ajudar, ok?

Até a próxima dica!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Leave a Comment